user-agent*search O que deixa um homem apavorado no primeiro encontro - SIGNIFICADO DOS SONHOS magos da luz

pesquisa magos da luz

Pesquisa personalizada

Pesquisar este blog

Carregando...

Translate

30/09/2009

O que deixa um homem apavorado no primeiro encontro

O que deixa um homem apavorado no primeiro encontro

Antes que você bote para correr aquele partido incrível, veja o que faz qualquer homem não ligar nunca mais




Foto: Getty Images

Saiba que situações evitar para não assustar os rapazes

Saber como agir e o que conversar no primeiro encontro é sempre o grande dilema da situação. Você pode até repassar alguns assuntos com as amigas ou encenar na frente do espelho, mas quando é a hora do cara a cara, tudo foge do controle. Para não escorregar na paquera e perder o (quem sabe) próximo amor da sua vida, confira o que faz com que os homens queiram riscar você da lista de contatos.

Ex, amargo ex
Falar do ex é proibido – e você já devia saber disso! “Troquei emails com uma mina que conheci na balada e marcamos um encontro num bar perto do meu trabalho. Eu estava empolgado e a fim de estender a conversa. Mas ela entrou na onda de falar do ex-namorado, de contar porque terminou, do que ele fez com ela. Nunca mais liguei. Falar de ex não dá. Fica claro que ela ainda está mal resolvida”, conta o auxiliar administrativo Andrei Carlos Santos, 26 anos.

É uma falta clássica, com direito a cartão vermelho e expulsão. “Os homens não gostam de serem comparados com outros como ex-namorados, ex-ficantes, ex-maridos”, explica Sérgio Savian, terapeuta e consultor de relacionamentos. Se o assunto já é desagradável quando você está mergulhada numa relação, imagina no dia do primeiro encontro.

Conversa fiada
Ter assunto é fundamental. “Saí com uma mulher que passou o encontro todo falando da doença do cachorro dela. Fala sério!”, conta o professor Antônio Ramires Horta, 38 anos.

Hora de acionar a memória e dar um Google em você mesma. Nada de ficar muda ou falar sobre os acontecimentos da novela. “Não dá pra não saber o que falar. A primeira impressão realmente é o que importa. E isso é o que trará sucesso”, explica Daniel Madeira e Fernando Pavanelli (www.personalpaquera.com.br), pesquisadores de sedução e relacionamento amorosos, além de ministrares workshops e palestras em Marketing Pessoal.

Encontro a três
Não esqueça: o encontro é com você e não com as suas amigas. “Imagina marcar um primeiro encontro com aquela mulher especial e ela aparecer com uma amiga? Se já é difícil acertar o entrosamento com uma, imagina ter atenção para as duas. Ela tem que entender que, no primeiro encontro, vai ter que ir ao banheiro sem companhia”, ri o web designer Felipe Tarturo, 31 anos.

Encare o desafio sozinha. “Nessas horas cai bem a frase ‘um é pouco, dois é bom e três é demais’. Imagina ter que lidar com a garota desejada e ao mesmo tempo com a melhor amiga dela? Apavora”, explica Daniel Madeira. Além disso, vai que ele se interessa por ela? Melhor nem arriscar.

Lugar errado
Sacar que tipo de lugares o cara frequenta é primordial na hora de marcar o primeiro encontro. “Eu morro de medo de me convidarem para sair e o convite ser para um daqueles bares porcos, só com batata frita e coxinha no cardápio. Tem que caprichar”, conta o advogado Roberto Gusmão, 42 anos.

Portanto, cuidado: se o cara adora um boteco e odeia fazer pose em restaurantes do momento, não adianta marcar o primeiro encontro num bistrô três estrelas. “Cinema, barzinho, parque? Antes de escolher, lembre-se que o homem também precisa se sentir à vontade”, lembra o especialista.

Beijar ou não beijar
Vale a pena tomar a iniciativa. “Eu sempre me apavoro com a hora do beijo. Um vez, fui pra cima da mulher e quase levei um tapa. Quem tem que demonstrar alguma coisa é ela. Porque a gente sempre quer beijar no primeiro encontro, no segundo, no terceiro”, ri o tecnólogo da informação Marcelo Oliveira, 28 anos.

Para não deixar o pretendente em saia justa, tente dar um sinal para mostrar se você está louca por um beijo – ou se acha melhor adiar essa parte. “Muitas vezes, eles não sabem a hora certa de beijar ou se têm o aval dela para isso. Se o beijo não rola, eles logo pensam que são frouxos. E se tentarem e garota resistir, vem um mal estar. Isso deixa qualquer homem apavorado”, conta o pesquisador de sedução.

Análise sexual
Sexo no primeiro encontro já não é mais o monstro do tempo da vovó. O que você não pode esquecer é que ‘é o primeiro encontro’. Nada de fazer um levantamento detalhado da performance dele na cama e comentar com o pretendente que ele deixou a desejar.

“Já foi o tempo em que ter uma noitada no primeiro encontro era sinal de mulher sem vergonha. O que não dá pra aturar são aquelas que já saem criticando, dizendo que a noite foi meia bomba. Se for pra falar bem, ótimo. Se não gostou, guarda pra você ou dá outra chance pro rapaz. Falar demais espanta. Eu não ligaria no dia seguinte”, garante o vendedor Otávio Antunes, 34 anos.

“O maior terror para um homem é ser criticado por seu desempenho sexual”, alerta Sérgio Savian. Guarde esse comentário para fofocar com as amigas. Só cuidado para não deixar isso cair no Orkut, no Twitter, no Facebook...

O grande bolo
Se confirmar, apareça. “Não é só a mulherada que sente um frio na barriga pensando se o a pessoa vai aparecer ou não. Quando marquei o primeiro encontro com a minha namorada, nem dormi pensando se iria tomar um bolo. Fiquei apavorado de chegar lá e dar de cara com as moscas. E, o pior, virar chacota entre as amigas dela” explica o garçom Luiz Pedro Carcelli, 34 anos.

O coitadinho não merece separar um horário do dia e passar horas esperando alguém que não vai chegar nunca. “Eles sempre se perguntam: Será que ela vai furar? Será que vou dar uma de idiota, chegar lá e ela não estar? A dúvida apavora”, conta o especialista Fernando Pavanelli.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Minha lista de blogs