pesquisa magos da luz

Custom Search
------------------- -------------------------------------
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
Mostrando postagens com marcador DEUSES AFRICANOS - Orixás. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador DEUSES AFRICANOS - Orixás. Mostrar todas as postagens

16 de dez de 2011

gostaria que me ajudassem ....(relato)


gostaria que me ajudassem ....

isso acontece desde quando tenho 16 anos ....

quando todos la em casa vao dormir , luzes apagadas , .....
e eu começo a pegar no sono ...tipo assim quando estou quase dormindo ....vem um barulho no meu ouvido que as vezes pareçe batida de asas ou um grande xiado e eu fico praticamente imovel mal consigo abrir os olhos ...minha respiração para e eu tento sair , me mexer e com algum tempo isso para ... dura uns 20 segundos ....... mas com o tempo eu fui percebendo quando ia acontecer quando eu ia dormir e eu ficava mais atento tipo assim eu estava deitado eu quando eu sentia algo estranho eu ja me mexia ou levantava.............. o que deve ser isso ??....me ajudem



envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

15 de dez de 2011

ao bocejar fazer o sinal da cruz

 Pôr a mão diante da boca ao bocejar.
O gesto atual de tampar a boca quando bocejamos não obedece singelamente à intenção de educação de não mostrar o "bocão", esconder a arcada dentária ou ainda o desejo de não espalhar os germes, senão que tem um significado mais profundo. No livro Superstitions, de Sperenza Wilde lê-se que fazer o sinal da cruz diante da boca ao bocejar impedia que o diabo se introduzisse no corpo e estabelecesse nele sua morada. É por esta razão pelo que as mães fechavam a boca do bebê ou faziam o sinal da cruz diante dela quando o viam bocejar. Deste costume ancestral deriva o gesto atual de tampar a boca.






envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

7 de abr de 2011

Quem foi você na vida passada?

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

Saiba quem foi em vidas passadas

Você que tem a curiosidade de saber quem foi numa vida passada, agora tem a oportunidade de saber.
Realize testes de vidas passadas, para saber o que você era numa vida anterior.
varias ferramentas grátis para você

Vidas Passadas - Teste interativo para o autoconhecimento

Teste Interativo de Vidas Passadas do Somos Todos UM

clique aqui para começa o teste 

outro teste
Para saber a resposta, digite o DIA, MÊS, e ANO em que nasceu na vida ATUAL

clique aqui
  
Escola de Magia

clique aqui 

+ um teste gratis para voce
clique aqui

3 ferramentas para voce realizar o teste

clique aqui



3 de mar de 2011

san valentin frases

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui
Frases para namorados, Farses lindas, Dicas para San Valentim, Frases simpaticas de San Valentim

Ver-te é um sopro de ar que me inspira, me alimenta, me excita, me tranqüiliza, me perturba, me mata... tenha pena de mim...

Só lamento não ter te conhecido desde o primeiro dia em que começaste a ser mulher.

Beijar-te é como perder a noção do tempo e do espaço, é ver o céu, as estrelas... é ver a ti.

Querendo ser frio, me derreto apenas de roçar tua pele.

Não trocaria um minuto de ontem contigo por cem anos de vida sem ti.

Tuas mãos me compreendem, me falam, me tocam, me levam, me fazem terna... não deixes de abraçar-me cada segundo.

Queria que me beijasses até deixar-me sem fôlego. Perder o conhecimento, tocar o céu contigo...

Se Deus fizesse Eva outra vez, e ela fosse como tu, se esqueceria de fazer os homens.

Se o amor fosse meu, e o doce fosse teu, juntaria tudo para formar um amor tão doce quanto o seu!

Se a nossa amizade é mais forte que tudo, porque brigamos?


Se a nossa amizade é como uma folha colorida, porque apagar as mensagens que escrevemos?

Se é eternidade, e amigas pra sempre, porque sofrer com inimigos que não são eternos?

Nosso amor tão verdadeiro, com gosto do mel, cor de morango, olhar de diamante. Como é lindo o nosso amor!

Se eu fosse seu, e você fosse meu, roubaria a sua paixão e lhe daria o meu viver!

Hoje pode ser o dia mais feliz para nós dois, com certeza, se você virar a minha cabeça!

Amar não é só olhar nos olhos e dizer 'Eu Te Amo', e sim fixar os olhares em uma mesma direção em busca de um novo horizonte. (Bebê)

"Se eu fosse um anjo da guarda, viveria para te guardar, mas como sou humano, vivo para te amar." (Romeu Tiba)

A cada hora que passa eu fico mais feliz... Sabe por quê?
É uma hora a menos pra eu poder te ver... (Jonathas Hardy)

Lembrar é fácil pra quem tem memória, esquecer é difícil pra que tem coração. (Jonathas Hardy)

Palavras são perdidas, promessas são esquecidas, papéis e cartas apodrecem, mas o verdadeiro amor é o que permanece... (Jonathas Hardy)

Se entre pedras pode haver uma flor, por que entre nós não pode haver amor???
(Jonathas Hardy)

7 de fev de 2011

Bloody Mary

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

Bloody Mary


Bloody Mary
Lucas Rafael Lendas 25/01/2011
0

Em 1978, o especialista em folclores, Janet Langlois, publicou nos Estados Unidos uma lenda que até hoje aterroriza os jovens do mundo inteiro, principalmente da América. Trata-se de Bloody Mary, conhecida também como (A Bruxa do Espelho), um espírito vingativo que surge quando uma jovem, envolta em seu cobertor, sussurra, à meia-noite, iluminado por velas. diante do espelho do banheiro, 13 vezes as palavras Bloody Mary. Segundo a lenda, o espírito de uma mulher cadavérica surge refletido no espelho e mata de forma sangrenta e violenta as pessoas que estão no banheiro.
Há quem diga que Mary foi executada há cem anos atrás por praticar as artes negras, mas há também uma história mais recente envolvendo uma bela e extremamente vaidosa garota que, após um terrível acidente de carro, teve seu rosto completamente desfigurado. Sofrendo muito preconceito, principalmente de seus amigos e familiares, ela decidiu vender a alma ao diabo pela chance de se vingar dos jovens que cultivam a aparência.
Muitos confundem a lenda da bruxa do espelho com a história da Rainha Maria Tudor (Greenwich 1516 - Londres 1558), filha de Henrique VIII e de Catarina de Aragão. Tendo se tornado rainha em 1553, esforçou-se para restabelecer o catolicismo na Inglaterra. Suas perseguições contra os protestantes valeram-lhe o cognome "Maria, a Sanguinária" (Bloody Mary). Em 1554, desposou Filipe II da Espanha. Essa união, que indignou a opinião pública inglesa, ocasionou uma guerra desastrosa com a França, que levou à perda de Calais (1558). Dizem que a Rainha, para manter a beleza, tomava banho com sangue de jovens garotas, mas é um fato não confirmado em sua biografia.
No princípio da década de 70, muitos jovens tentaram realizar o ritual pois era comum nas casas

suburbanas a presença de longos espelhos nos banheiros sem janelas (pouca iluminação). Há um caso famoso de uma jovem nova-iorquina que dizia não acreditar na lenda, mas após realizar a "mórbida brincadeira", levou um tombo (é o que os familiares dizem), quebrou a bacia e foi encontrada em estado de coma. A jovem ainda vive nos EUA, mas sua identidade é um sigilo absoluto.
Por que ainda hoje as crianças racionais continuam a chamar pela Bloody Mary, arriscando a vida diante de uma possível tragédia?
O escritor Gail de Vos traz uma explicação: "As crianças com idade entre 9 e 12 anos vivem numa fase que os psicólogos chamam de síndrome de Robinson. Este é o período em que as crianças precisam satisfazer seus desejos por aventura, arriscando-se em rituais, jogos e em brincadeiras no escuro. Eles estão constantemente procurando um modo seguro de extrair prazer e desafiar seus medos."
È possível que essas crenças em bruxas do espelho tenham a sua origem nos velhos tempos, através das simpatias envolvendo jovens solteiras e futuros maridos. Há muitas variações desses rituais em que as jovens solteiras cantavam rimas diante dos espelhos e olhavam de súbito pois seria possível ver o semblante do homem com quem vão casar.
Já o conceito de espelhos como o portal entre o mundo da realidade e o sobrenatural também veio de épocas remotas. Antigamente, era comum cobrir os espelhos de uma casa em que uma morte tenha acontecido até o corpo ser levado para o enterro. Dizem que se por relance o corpo passar diante de algum espelho, o morto permaneceria na casa, pois o espelho pegaria o espírito dele.

O Fantasma de Einfield

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

O Fantasma de Einfield




Outra foto de Janet levitando no quarto. A irmã, na cama ao lado esta assustada e grita. /\
Objetos pegando fogo ou levitando, ruidos e batidas sem explicação e a possessão de uma criança, que entre outras coisas levitava até o teto. Conheça O Fantasma de Enfield.


A Senhora Peggy Harper e seus quatro filhos moravam em uma casa na localidade de Enfield, Londres-Inglaterra, quando, entre agosto de 1977 e setembro de 1978, coisas estranhas começaram a acontecer.

Objetos pegavam fogo pela casa ou então voavam (uma vez, um brinquedo atravessou a sala e acertou na cabeça de um fotografo). Mas os maiores fenômenos aconteciam com Janet, a filha de 12 anos. A Garota entrava em estados de transe a muitas vezes levitava da cama, muitas vezes parando no teto. Sua voz também mudava durante o transe.
ste caso é interessante porque várias fotos foram tiradas dos fenômenos. Os pesquisadores colocavam câmeras com disparo automático pela casa e assim conseguiram diversas fotos. Com estas fotos eles procuravam provar de uma vez por todas a existência do paranormal, mas isto não foi possível.

9 de jan de 2011

meu filho ve espiritos (relato)

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui


Tenho um primo que morreu a 2 anos atrás, o nome dele era MÁRCIO, éramos como se fôssemos irmãos. Quando ele morreu eu estava grávida de 3 meses e eu estava do lado dele na hora em que ele morreu. Fiquei mal minha gravidez inteira, pensando porque ele não estaria ali para me acompanhar e me dar força durante a minha gravidez.
Um mês se passou após sua morte e eu tive um sonho meio real... Encontrei-me com ele e falei o quanto eu estava triste e o quanto eu queria ele do meu lado. Ele disse que quando eu chorasse era pra eu lembrar dele, pois ele estaria sempre segurando minha mão.
O tempo passou... Meu filho nasceu e dei o mesmo nome, MÁRCIO (sempre achei que fosse uma maneira de sempre ter o meu primo na lembrança e no dia a dia). Muitas vezes achava que o meu filho era a reencarnação do meu primo. O tempo foi passando, meu filho está aprendendo a falar e a mais ou menos 1 mês atrás, peguei ele conversando sozinho no quarto. Fiquei observando por cerca de 7 minutos, até que ele voltou a brincar normal. Deixei pra lá, achei que fosse porque ele estava aprendendo a brincar, mas ontem um fato me intrigou...
Hoje meu filho tem 2 anos e 1 mês e ontem à noite, lá em casa, faltou energia. Estava na sala sentada no tapete com a filha do meu primo que morreu, ela tem 7 anos (minha afilhada), a mulher dele e a sobrinha dela. Estávamos relembrando cenas do meu primo falecido, falando da falta e da saudade quando comecei a escutar meu filho falando sem parar e morrendo de rir lá fora, no escuro, perto do tanque. O chamei uma vez e ele não respondeu, chamei a segunda... ele veio e falou assim:
- Oi.
Perguntei com quem ele tanto falava... Na hora ele respondeu:
- Com o pai da Bia mãe!
Bia é a filha do meu primo, a minha afilhada. Na hora fiquei sem reação, a Bia se agitou e começou a procurar o pai dela, mas não tinha ninguém. Chamei ele e fiquei perguntando, mas ele não respondia mais nada.
Hoje pela manhã liguei para a babá dele e pedi para ela observar o comportamento dele, enquanto eu contava a ela o que aconteceu ele começou a gritar do outro lado:
-JESUS mamãe, Jesus mãe!
Nossa, estou sem saber o que pensar... Será que é meu primo? Será que meu filho está tendo contato com ele?

6 de set de 2010

Beber, Fumar e comer muito é Suicídio

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui
Recebemos uma mensagem de um leitor do nosso site que nos pergunta se uma pessoa que bebe, fuma e come muito até comprometer sua saúde e morrer está cometendo suicídio. Veja a mensagem:
Tenho um parente que faleceu devido a infarto, porem um espírita veio a mim e falou que meu parente veio numa sessão, ele disse que meu parente encontra-se nesse lugar (vale dos suicidas) porque em vida ele bebeu,fumou e comia tudo. Ele sabia que era hipertenso porem continuou  a consumir isso tudo,
Minha duvida. isso chama suicidio ? ele devia ir para esse lugar?
Se você esta ciente de que possui uma doença como a hipertensão você passa a ter duas opções a seguir. Uma é seguir as recomendações médicas que exigirá disciplina, determinação, a amor a vida para superar os vícios e os desejos do corpo. Você aceitará as provas que precisa passar e prolongará sua vida para o cumprimento de sua missão de aprendizagem aqui na Terra. A segunda opção é ignorar a doença e mergulhar no vício (bebida, cigarro, droga) e na satisfação imediata dos desejos do corpo estando ciente de que isso encurtará sua permanência na Terra sem o cumprimento da suas provas e missões.
Quando você faz a escolha por morrer, você está cometendo suicídio. Esta consciência de que você está fazendo uma coisa que vai te matar é o que pode ser classificado como suicídio. Não importa se o suicídio será feito com uma bala de revolver ou com uma garrafa de cachaça.
Todos os suicidas passam por um período de tempo de perturbação e sofrimento por terem interrompido a vida por vontade própria, de forma artificial, antes do tempo previsto. A intensidade e o tempo que dura esta perturbação depende das causas e peculiaridades que levaram a pessoa a esta situação extrema. Sendo assim cada um acaba sofrendo consequências diferentes do outro.
Pode acontecer de um suicida clássico que se utiliza de uma arma ter menos responsabilidade e sofrer menos consequências pelos seus atos do que um diabético que escolhe comer irresponsavelmente até a morte. O primeiro pode ter sido levado ao suicídio por culpa de atos de terceiros (que serão responsabilizados também) que o levaram ao extremo de suas fraquezas emocionais. Já o diabético pode ter total culpa caso estivesse plenamente consciente que seus exageros estariam encurtando sua vida.
Agora uma coisa que precisamos observar que o lugar chamado Vale dos Suicídas também existe aqui na Terra e muitas pessoas estão sofrendo nestes lugares sem que a sociedade de muita importância. Quantas pessoas moram embaixo de viadutos, vivem no meio do lixo e do esgoto porque são alcoólatras ou usam drogas e a família e a sociedade não as aceita mais. São pessoas que não aceitam qualquer tipo de ajuda, não procuram qualquer tipo de ajuda e por isso vivem excluídas da sociedade pelos becos, viadutos e perambulando pelas ruas em busca dos meios para obter mais drogas em uma eterna loucura. São verdadeiros mortos vivos.
Depois da morte, o suicida não consegue cortar os laços que tem com a matéria. É como se estivessem vivos em carne e osso. Isto ocorre porque sua morte não aconteceu devido a causas naturais. Sentem ainda os reflexos do corpo e de suas necessidades físicas (dor, fome, cede, frio, calor, abstinência) e evidentemente isso gera muito sofrimentos. Não conseguem receber ajuda por estarem mergulhados em sentimentos negativos como revolta, raiva, vingança e arrependimento. Vivem em um verdadeiro estado de loucura de forma equivalente a muitos mendigos e andarilhos que podemos ver em grandes cidades. Com o passar do tempo o suicida vai se desprendendo dos vínculos carnais, vai organizando suas idéias até o momento que consegue ver e compreender aqueles que estão a sua volta tentando retirá-lo daquela situação deplorável.
O que nós podemos fazer pelos suicidas? Podemos orar pedindo para que espíritos amigos, espíritos bons e superiores ajudem a pessoa. A força e a fé do nosso pensamento e oração podem interceder e ajudar na recuperação da pessoa. Muitas vezes a sua oração pode ser ouvida pelo espírito do falecido e isto pode lhe trazer o esclarecimento que precisa para poder aceitar a ajuda daqueles que cumprem missões de resgate nos vales dos suicidas.
Recomendo que você e todos aqueles que tem amigos ou parentes que se suicidaram leiam ou escutem o livro “Nosso Lar”. Clique aqui para ver.

29 de jul de 2010

comunico-me com desencarnados através de sonho (relato)

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

enho me deparado e me identificado com situações cotidianas que acontecem com muitas pessoas, mas a grande maioria, por algum motivo, não acredita.
Bom, o que vou relatar ocorreu comigo quando eu tinha por volta dos 15 anos.
Normalmente, comunico-me com desencarnados através de sonho, e isto me acontece desde pequena, não sei precisar com que idade começou, mas sempre conversei com pessoas "invisíveis".
Pois bem, estava dormindo e sonhando com um senhor que estava abatido e pedia socorro. No meu sonho ele estava preso num lugar que não havia luz, água ou comida, havia muito sofrimento e ele batia desesperadamente na porta, chegava a tentar arranhar a porta para sair desse quarto.
No mesmo sonho, lembro que pedi a Deus para ajudá-lo a lhe mostrar a saída, pois também estava aflita com o seu sofrimento.
Foi então que acordei com uma batida forte. Acordei e pensei: "Estou sonhando, já passou." No entanto, houve mais uma batida, olhei em direção à porta e não vi nada. Ouvi mais uma batida, agora acordada tinha certeza que a situação era real.
A batida se intensificava, e agora identificava o som, vinha debaixo da minha cama.
Com medo e com receio, abaixei a minha cabeça para ver o que tinha debaixo da minha cama, e ouvi uma voz desesperada dizendo: "Me ajuda, me tira daqui. Não aguento mais, me ajuda!"
O vulto parecia ser de uma criança acuada, mas na verdade, se tratava de um senhor de baixa estatura e com aparência de desnutrido.
Mais que depressa, ainda em cima da minha cama, roguei a Deus esclarecimento e libertação para aquela alma em oração. Poucos minutos depois o silêncio reinava, foi então que ouvi um suspiro e um...: "Muito obrigado, agora vejo a luz!"
Tranquilizei-me e voltei a dormir, pois a missão havia sido cumprida e mais um resgate concretizado.
Os desencarnados estão misturados aos encarnados, sem consciência da sua condição atual, e às vezes só procuram a luz que você, em oração, pode irradiar.
Brevemente relatarei outros episódios que acontecem comigo.

12 de jul de 2010

o real eo sobrenatural!!! (relato)

o real eo sobrenatural!!!

vou com uma história que aconteceu com um tio meu ja falecido!
bom foi o seguinte ele estava internado no hospital aqui de salvador o hge(hospital geral do estado) ja tinha um um mês é uns dias ele lá ai uma certa noite ele disse que apareceu um rapaz dando aparencia de seus quarenta é tantos anos pra conversar com ele ate ai tudo bem meu tio disse que conversaram sobre tudo ai o rapaz disse pera ai que vou aki no banheiro ai meu tio ficou esperando tava sem sono ai esperou por um tempo é dormiu ai toda noite esse rapaz vinha conversar com meu tio que ficava na cama lendo ai meu tio ficou amigão desse cara teve uma noite que esse rapaz não apareceu pra conversar meu tio estranhou perguntou a enfermeira deu as caracteristicas do cara a infermeira deu risada ela disse esse rapaz que o senhor deu as caracteristicas dele já tem 3 meses de falecido ele morreu na cama que o senhor dorme!
http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=16323512600219765348

envie seu relato sobrenatural

piresvale@gmail.com

28 de jun de 2010

Síndrome de Jonas

Síndrome de Jonas

De todas as manifestações do azar, a Síndrome de Jonas é de longe a mais estranha. Saiba mais sobre aqui.
síndrome de Jonas
De todas as manifestações do azar, a Síndrome de Jonas é de longe a mais estranha; é por meio dela que indivíduos sem sorte se tornam o foco de eventos trágicos, permanecendo pessoalmen­te imunes. Sem ser afetados, eles inexplicavelmente causam aci­dentes, doenças e trazem a morte àqueles com quem moram ou trabalham.
Mary Tifo
http://img695.imageshack.us/img695/2157/mallonmarythm1778456.jpg
A mais infame representante da Síndrome de Jonas foi "Mary Tifo", que, ao que parece, foi a responsável por uma epidemia que aniquilou aproximadamente  quarenta mil pessoas.
A história de sua contaminação começou em 1906, quando membros de diversos lares abastados de Nova York foram ataca­dos pelo tifo. Descobriu-se que uma mulher chamada Mary traba­lhara como cozinheira em todas as residências afetadas e, ao mes­mo tempo em que não conseguiam explicar sua imunidade ao tifo, os inspetores de saúde consideraram-na a causa da dissemi­nação da doença. Ela foi aprisionada por três anos em uma cela isolada.
http://img269.imageshack.us/img269/9503/25typhoidmarylgl1756248.jpg
 Entretanto, durante seu encarceramento todos os testes para comprovar a opinião dos inspetores tiveram resultados nega­tivos, e Mary foi por fim posta em liberdade com a condição de jamais trabalhar como doméstica novamente. Quis o destino que ela não cumprisse tal recomendação. Cinco anos depois, numero­sas pessoas ficaram doentes de uma hora para outra no hospital-maternidade do município de Sloanne. O tifo foi detectado e a desafortunada Mary descoberta trabalhando nas cozinhas sob ou­tra identidade. Ela foi novamente detida, desta vez sem condicio­nal. Mary ‘Tifo’ passou o resto dos seus dias em um confinamento solitário, sofrendo a injúria de ser considerada uma das mais infectantes assassinas de todos os tempos.
O mistério jamais foi elucidado, mas o fato indiscutível é que Mary ‘Tifo’ estava sempre no ‘epicentro’ de to­das as irrupções. Poderia ter sido apenas excessiva falta de sorte de Mary, uma vítima inconsciente de uma força muito mais letal e mis­teriosa do que a febre tifóide?

Fonte: Além do Impossível - Richard lazaru

3 de jun de 2010

O amigo do tabuleiro

O amigo do tabuleiro

Sabrina descobriu o jogo do copo há pouco tempo. Achou fantástica a sensação de poder conversar com alguém que já morreu ou simplesmente receber sinais de entidades desconhecidas. Na verdade, ela não acreditava que as entidades pudessem fazer algum mal a ela, afinal, quem já morreu não pode ultrapassar a barreira do real.

Ela comprou o tabuleiro em uma pequena loja de artesanato. Pediu para que um velho artesão a produzisse com madeira fina e envernizada. Seu orgulho era perceber o copo leve de cristal deslizando pela mesa ao fazer suas perguntas.

Sozinha em casa, ela tinha a certeza de que o movimento do copo não seria falso. Como no filme "O Exorcista", Sabrina tinha um amigo invisível, era João, um adolescente que foi assassinado por seus pais quando esses voltavam de uma festa, bêbados e o confundiram com um bandido.

Toda noite, Sabrina conversava com João:

- Você não se sente sozinho por ai? O que fica fazendo até eu te chamar?

João respondeu:

- Fico pensando em você.

- Mas eu sempre venho conversar com você!

- Tenho medo que um dia você não venha...

- Sempre estarei aqui. Todos os dias!

- Fico feliz em saber...

Sabrina foi dormir. Dormiu, como uma criança. A conversa com João era como histórias para fazê-la dormir.

No dia seguinte, Sabrina acordou cedo e foi para a aula. Passou seis horas no colégio, como de costume. Mas sentia que algo estava errado. Sentia um vazio no peito. Angustia. Vontade de chorar. Queria chegar logo em casa para conversar com João. Mas sentia um frio na barriga como nunca havia sentido.

Ao chegar em casa, Sabrina encontra sua mãe, parada na porta de entrada com um saco preto em suas mãos. Ela temia pelo que podia haver dentro do saco. Ela sabia que lá estava seu tabuleiro. Mas estaria inteiro? Partido ao meio? O desespero toma conta de Sabrina, quando ouve o grito de sua mãe:

- Vai trabalhar, sua vagabunda!

A mãe de Sabrina abre o saco e joga as cinzas da tabua sobre o gramado. A garota não consegue suportar o ódio e derruba sua mãe no chão. Mãe e filha lutam como dois animais, até que Sabrina agarra o pescoço da mãe e a mata asfixiada:

- O que foi que eu fiz?

Sabrina entra em desespero e corre para dentro de casa. Joga no chão os pratos que estavam sobre a mesa e começa a escrever um alfabeto. Com seu copo sobre a mesa, a jovem começa seu ritual para conversar com seu amigo invisível:

- João, você está ai?

O copo não se move:

- Preciso conversar com você. Fiz algo muito ruim!

Nenhum movimento.

Sabrina começa a chorar. De repente, o copo treme. Parecia um sinal. Sabrina tenta novamente o contato com João:

- Você está ai?

O copo se move em direção a resposta "Sim", e em seguida movimenta-se para escrever a frase "estou no banheiro".

A jovem corre desesperadamente para o banheiro, com os olhos inchados de tanto chorar. Ao abrir a porta, uma densa nuvem de vapor deixa o banheiro praticamente irreconhecível. O chuveiro estava ligado. Aos poucos a fumaça vai desaparecendo, deixando a mostra uma mensagem escrita com os dedos no box de vidro: "estou no espelho".

Sem reação a aquela cena estranha, Sabrina corre até o espelho e fica olhando sua imagem refletida. Depois de poucos segundos sua imagem se transforma na face de João, chorando e com a boca cheia de sangue:

- Porquê você fez isso? Pergunta o espírito:

- Não sei! Ela me deixou fora de controle! Não sei o que fazer!

- Ela está aqui comigo! Ela está me machucando! Ajude-me Sabrina!

Essa foi a última frase de João antes de desaparecer no espelho. Desesperada, Sabrina bate no espelho, na parede e na porta para descarregar seu ódio. Em sua cabeça, ela só consegue imaginar sua mãe estrangulando o pobre João.

Em um momento de desespero final, ela grita:

- Vou te buscar, João!

Sabrina pega uma navalha de seu pai e passa em seu pescoço. O sangue jorra pelo banheiro inteiro, manchando o box, o piso e o espelho. Mas Sabrina está calma. Ela sabe que tudo isso é pelo seu amigo João. Mas antes de morrer Sabrina vê algo que a deixa apavorada. Seu último movimento é a tentativa de um grito, de desespero e angústia. Algo mais estava escrito naquele box.

O choro de João aumenta nos ouvidos de Sabrina, mas o som do choro se transforma em uma gargalhada macabra. Seus olhos estão vermelhos, sua pele pálida está coberta de sangue e não há mais nada que ela possa fazer, a não ser esperar pelo seu momento final.

Seu corpo dá seus últimos espasmos pelo chão. O sangue se espalha por todo o banheiro, até sair pela porta. O pai de Sabrina vê o piso do corredor cheio de sangue que sai do banheiro e abre a porta para ver o que aconteceu. A fumaça começa a se dissipar e ele encontra a filha estendida no chão, com a navalha em uma das mãos e a outra mão apontando para o box, que tinha os dizeres "estou no espelho".

Ao pegar sua filha nos braços, e chorando como uma criança, ele olha para o espelho sujo de sangue para tentar entender o que havia acontecido. Olha para o rosto de Sabrina, pálido e com os olhos inchados de tanto chorar. Ao abraçar sua filha, o homem descobre que algo mais estava escrito no box, logo abaixo, com uma letra trêmula e menor, os dizeres "minha filha" apareciam quase que escondidos:

- Estou no espelho, minha filha.


por Reinaldo Ferraz

ORAÇÃO AOS ELEMENTAIS

ORAÇÃO AOS ELEMENTAIS

Pequeninos guardiães
Seres de luz infinita
De dia me tragam a paz
De noite os dons da magia
Invisíveis guardiães
Protejam os quatro cantos da minha alma
Os quatro cantos da minha casa
Os quatro cantos do meu coração.
......................................................................
             
ORAÇÃO DE FORÇA E MAGIA PARA A GRANDE MÃE
(para ser pronunciada ao dormir e ao acordar)

Que eu tenha hoje e a cada dia,
A força dos Céus,
A luz do Sol
O resplendor do Fogo,
O brilho da Lua,
A presteza do Vento,
A profundidade do Mar,
A estabilidade da Terra,
A firmeza da Rocha.
Que assim seja!
E assim se faça!
.......................................................................

ilha desaparecida atlântica


debate sobre a existência da Atlântida é bem antigo . Desde os tempos do filósofo Grego Platão, a Atlântida com sua esplêndida civilização , chega aos dias actuais como um enigma que originou a publicação de inúmeros livros .

Teses de carácter geológico, arqueológico e outras tem servido para aguçar o espírito humano na busca da existência do enigmático continente. Irei tratar aqui destas teses , que poderão dar um carácter científico às nossas buscas.

De todas as lendas sobre povos e civilizações perdidas , a história de Atlântida parece ser aquela que mais interesse tem despertado.

A primeira referência escrita deste mito encontra-se nos relatos de Platão . Nos diálogos Timeu e Crítias é narrada a fascinante história da civilização localizada "para além das colunas de Hércules" . É descrita a existência desta ilha continental , bem como os detalhes históricos de seu povo , com sua organização social, política e religiosa , além de sua geografia e também da sua fatídica destruição.

10 de mai de 2010

Xirê dos Orixás

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=MG1YndD-mZE

Shiva Mantra Mahamrityunjaya

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=ClxgIS-_X_g&feature=related
 
 
महामृत्युंजय मंत्र * O Mantra da vitória sobre a morte
त्र्यम्बकम् यजामहे सुगन्धिम् पुष्टिवर्धनम्.
उर्वारुकमिव बन्धनान्मृत्योर्मुंक्षीय मामृतात्.
(ऋग्वेद 7.59.12, यजुर्वेद 3.60)

2 de mai de 2010

A vida do Buda

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=FEshd_Hy2wI

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=9hvVMj3qYKc&feature=related

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=gX6raevt4_M&feature=related

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=wxVJeVAwPP4&feature=related
 

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=TCQOVs5t_1Y&feature=related

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=_mWZoF4NNjg&feature=related

27 de abr de 2010

Assista em seu computador programas Espíritas

TVCEI - A primeira Webtv do mundo

    Assista em seu computador programas Espíritas elaborados com qualidade profissional. Basta clicar no canal.

24 de mar de 2010

quadrados magicos

User-agent: Mediapartners-Google*
Disallow:

 

Para provocar vis�es em espelhos m�gicos ou em bolas de cristal, inscreva o quadrado gnom�tico a seguir num peda�o de pergaminho consagrado e coloque-o sob o vidro ou cristal.
G I L I O N I N
I             I
L             N
I             O
O             I
N             L
I             I
N I N O I L I G


Para proteger contra feiti�arias, encantos e afastar os males do olho-grande, inscreva o quadrado abaixo num peda�o de pergaminho consagrado e use-o como uma corda branca em torno do pesco�o.
L A C H A T
A         A
C         H
H         C
A         A
T A H C A L


Para fazer um esp�rito aparecer diante de voc� sob a forma humana, inscreva as palavras de poder num peda�o quadrado de pergaminho consagrado e, ent�o, pegue o s�mbolo com a m�o direita e diga alto tr�s vezes o nome do esp�rito que voc� quer convocar.
L E V I A T A N
E R M O G A S A
V M I R T E A T
I O R A N T G A
A G T N A R O I
T A E T R I M V
A S A G O M R E
N A T A I V E L


Fonte: 'Wicca - A Feiti�aria Moderna', de Gerina Dunwich

25 de fev de 2010

PEGADAS NA AREIA

User-agent: Mediapartners-Google*
Disallow:

PEGADAS NA AREIA


A vida é um sonho permanente…


Sonhei que andava a passear na praia e, no céu, passavam cenas da minha vida e após cada cena que passava, percebi que ficavam marcadas na areia duas pegadas longas, ao lado das minhas.
Não vi ninguém. Não ouvi ninguém.
Apenas me entrou na alma a voz do Senhor dizendo-me que as pegadas eram Suas, porque seguia comigo em todas as horas.

Quando a última cena da minha vida passou diante de mim, olhei para trás, para as pegadas na areia, e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia.
Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiosos do meu viver.
- Senhor! – gritei com aflição.
Porque me abandonaste?
Tu disseste-me que, uma vez que resolvi seguir-Te, Tu andarias sempre comigo, em todos os caminhos. Contudo, notei que durante as maiores tribulações do meu viver, havia apenas um par de pegadas na areia. Não compreendo porque é que, nas horas em que eu mais necessitava de Ti, Tu me deixa-te sozinha.

O Senhor respondeu-me com amor:
- Minha querida filha, jamais te deixaria nas horas de prova e sofrimento.
Quando viste, na areia, apenas um par de pegadas, eram as minhas. Foi exactamente aí que peguei em ti ao colo para aliviar teu sofrimento e enxugar tuas lágrimas...

E eu continuei a caminhar confiadamente…

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Marcadores

Follow by Email

Recent Posts

Postagens populares

Minha lista de blogs