pesquisa magos da luz

Custom Search
------------------- -------------------------------------
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
Mostrando postagens com marcador Jogo de Búzios. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Jogo de Búzios. Mostrar todas as postagens

7 de fev de 2012

Simpatia para o marido broxar com outra

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui


Simpatia para o marido broxar com outra


Se o seu marido está se comportando meio estranho, está te evitando na cama, saindo muito dizendo que vai ver os amigos e você está com medo de perde-lo, conheço uma simpatia infalível que vai te ajudar!
Essa é a simpatia para o homem broxar com as outras! Fazendo essa magia, você terá seu homem apenas para você. E nem precisa se preocupar se ele sai, pois ele só vai conseguir ter ereção e sentir prazer com você!
Essa eu aprendi com a minha mãe. Ela conhece muitas simpatias poderosas, pois seu casamento com meu pai sempre foi muito conturbado. E minha avó sempre ensinava um feitiço que melhorava as coisas.
Hoje eles são muito felizes, graças a essa simpatia que vou lhes ensinar.
É o seguinte:
Escreva seu nome completo em uma cueca usada do seu marido e enterre num vaso.
Peça a seu Deus que enquanto a cueca estiver enterrada, o (nome do seu marido) não conseguirá ter ereção a não ser que seja com você.

Em seguida urine sobre o vaso em que está enterrada a cueca.
O nome e a urina são seus, então “ele” só vai funcionar com você.
Faça essa simpatia que com certeza o seu marido será só seu e de mais ninguém!
Espero que goste dos resultados e seja muito feliz, pois é uma magia muito forte e realmente vai mudar sua vida para melhor.
Paz e Luz,
Marina Azahar

11 de set de 2011

ORAÇÃO A SEU PENA BRANCA

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

ORAÇÃO A SEU PENA BRANCA
(rezada no Caribe)
Em nome de Deus Todo Poderoso,
Eu invoco o grande Pena Branca,
fiel espírito índio, grande herói,
zelador de meu altar e morada.
A você que me guia e conhece minhas necessidades,
peço proteção e luz.
Livra-me de toda má intenção e inimigos, ocultos ou manifestados.
Vigia meus caminhos e que nenhum feiticeiro ou bruxo malvado,
possa cruzar comigo.
Grande espírito, te ofereço esta vela (acender uma vela verde) e chamo seu nome.
Amém !
RECEITAS TRADICIONAIS
BANHO DE PROTEÇÃO PENA BRANCA
(utilizado no Caribe)
4 litros de água,
Um pouco de erva cidreira,
Um pouco alfavaca,
Algumas pétalas de rosa branca.
Ferver as ervas, esperar esfriar um pouco e acrescentar as pétalas.
Acender uma vela verde antes do banho.
ÁGUA DE PENA BRANCA PARA PURIFICAR A RESIDÊNCIA (receita da Obeah).
1 litro de água mineral,
Um pouco de erva cidreira,
Um pouco de arruda,
Um pouco de verbena,
Sete gotas de essência de almíscar.
Misturar as ervas e ferver. Deixar esfriar e adicionar a essência.
Acender uma vela verde e pedir a Pena Branca para benzer a água.
Depois que a vela acabar, borrifar os cantos da casa, cama e objetos pessoais.
VELA MÁGICA DE PENA BRANCA PARA TRAZER PAZ
(receita do culto Maria Lionza).
Uma vela de sete dias branca,
Um pouco de melaço de cana,
Um pouco de açúcar cândi,
Sete cravos-da-índia,
Sete gotas de essência de rosas,
Sete gotas de essência de verbena.
Misturar em um prato o melaço, açúcar e as essências. Untar a vela (mas não o pavio) e espetar os cravos nela, formando uma cruz (pode fazer os furinhos com a ajuda de um prego fino). A vela deve estar sem a capa de plástico. Acender a vela e pedir a ajuda deste caboclo.
Pontos Cantados
Saravá Seu Pena Branca
Saravá seu abacé
Traz na frente o seu bodoque
Pra defender filhos de fé.

Ele vem de Aruanda
Trabalhar neste abaça
Saravá Seu Pena Branca
Um guerreiro de Oxalá

Sua flecha vai certeira
Vai pegar o feiticeiro
Que fez juras e mandingas
Para os filhos do terreiro

Pega o arco, atira a flecha
Que esse bicho é corredor
Mas deve ser castigado
Ele é merecedor



Um grito na mata ecoou
Foi Seu Pena Branca que chegou
Com sua flecha com seu cocar
Seu Pena Branca vem nos ajudar



Seu Pena Branca puxa a corimba
A sua banda manda chamar
Ajuda Seu Pena Branca
Pra todo mal destes filhos levar



Que penacho é esse que eu vejo brilhar
É Seu Pena Branca que aqui vai chegar
Firma seu ponto ora veja seu cocar
É Seu Pena Branca que aqui vai chegar

Mas que Luz é essa que eu vejo brilhar
É Seu Pena Branca que aqui vai chegar
Firma seu ponto saravá Pai Oxalá
É Seu Pena Branca que aqui vai chegar



Vem oh caboclo
Vem Pena Branca
Vem trabalhar
Vem dar esperança
És caboclo da fé e esperança
Da luz vibrante
Da força branca



Xamanismo
História do Caboclo e Mestre Pena Branca2
Pena Branca nasceu em aproximadamente 1425, na região central do Brasil, hoje, entre Brasília e Goiás, onde seu pai era o Cacique da tribo. Era o filho mais velho de seus pais e desde cedo se mostrou com um diferencial entre os outros índios da mesma tribo, era de uma extraordinária inteligência. Na época não havia o costume de fazer intercâmbios e trocas de alimentos entre tribos, apenas algumas tribos faziam isto, pois havia uma cultura de subsistência, mas o Cacique Pena Branca foi um dos primeiros a incentivar a melhora de condições das tribos, e por isso assumiu a tarefa de fazer intercâmbios com outras tribos, entre elas a Jê ou Tapuia e Nuaruaque ou Caríba. Quando fazia uma de suas peregrinações ele conheceu na região do nordeste brasileiro (hoje Bahia), uma índia Tupinambá que viria a ser a sua mulher, chamava-se “Flor da Manhã” a qual foi sempre o seu apoio. Como Cacique Tupinambá, foi respeitado pela sua tribo de tupis, assim como por todas as outras tribos e principalmente a maior rival, os Caramurus, que após a chegada dos portugueses se uniram aos Tupinambás, nascendo então outra nação indígena, a nação Caramurú-Tupinambá, na qual Pena Branca passou a ser o Cacique Geral, apesar disso, continuou seu trabalho de itinerante por todo o Brasil na tentativa de fortalecer e unir a cultura indígena. Certo dia Pena Branca estava em cima do Monte Pascoal no sul da Bahia, e foi o primeiro a avistar a chegada dos portugueses nas suas naus, com grandes cruzes vermelhas no leme. Esteve presente na primeira missa realizada no Brasil pelos Jesuítas, na figura de Frei Henrique de Coimbra. Desde então procurou ser o porta-voz entre índios e os portugueses, sendo precavido pela desconfiança das intenções daqueles homens brancos que ofereciam objetos, como espelhos e pentes, para agradá-los. Aprendeu rapidamente o português e a cultura cristã com os jesuítas. Teve grande contato com os corsários franceses que conseguiram penetrar (sem o conhecimento dos portugueses) na costa brasileira – muito antes das grandes invasões de 1555 – aprendeu também a falar o francês. Os escambos, comércio de pau-brasil entre índios e portugueses, eram vistos com reservas por Pena Branca, pois ali começaram as épocas de escravidão indígena e a intenção de Pena Branca sempre foi a de progredir culturalmente com a chegada desses novos povos, aos quais ele chamava de amigos. O Cacique Pena Branca faleceu no ano de 1529, com 104 anos de idade, deixando grande saudade a todos os índios do Brasil, sendo reconhecido na espiritualidade como servidor na assistência aos índios brasileiros, junto com outros grandes espíritos, como o Cacique Cobra Coral e Cacique Tupinambá. Apesar de não ter conhecido o Padre José de Anchieta em vida, já que este chegou ao Brasil em meados de 1554, Pena Branca foi um dos espíritos que ajudou este abnegado jesuíta no seu desligamento desencarnatório e por isso Padre José de Anchieta trabalha atualmente em conjunto com Mestre Pena Branca
Referências


9 de ago de 2011

Países que mais acreditam em Deus.

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

Países que mais acreditam em Deus.

Uma sondagem realizada pela empresa Ipsos da Reuters News, com mais de 18 mil pessoas em 23 países concluiu que metade (51%) dos cidadãos globais definitivamente acreditam em uma “entidade divina“.
Também estabeleceu os países que em menor porcentagem de seus habitantes declaram crer em alguma divindade.

Confira como ficou o ranking:


Países que declararam que acreditam em um Ser Supremo:

Indonésia: 93%
Turquia: 91%
Brasil: 84%
África do Sul: 83%
México: 78%
Estados Unidos: 70%
Argentina: 62%
Índia: 56%
Rússia: 56%
Polônia: 51%

Países que declararam que não acreditam em Deus / Ser Supremo

França: 39%
Suécia: 37%
Bélgica: 36%
Grã-Bretanha: 34%
Japão: 33%
Alemanha: 31%
Espanha: 28%
Austrália: 26%
China: 26%
Hungria: 26%
Fonte: Ipsos


E você acredita?

FONTE: http://lista10.org/miscelanea/os-10-paises-que-mais-e-menos-acreditam-em-deus/
Uma sondagem realizada pela empresa Ipsos da Reuters News, com mais de 18 mil pessoas em 23 países concluiu que metade (51%) dos cidadãos globais definitivamente acreditam em uma “entidade divina“.
Também estabeleceu os países que em menor porcentagem de seus habitantes declaram crer em alguma divindade.

Confira como ficou o ranking:


Países que declararam que acreditam em um Ser Supremo:

Indonésia: 93%
Turquia: 91%
Brasil: 84%
África do Sul: 83%
México: 78%
Estados Unidos: 70%
Argentina: 62%
Índia: 56%
Rússia: 56%
Polônia: 51%

Países que declararam que não acreditam em Deus / Ser Supremo

França: 39%
Suécia: 37%
Bélgica: 36%
Grã-Bretanha: 34%
Japão: 33%
Alemanha: 31%
Espanha: 28%
Austrália: 26%
China: 26%
Hungria: 26%
Fonte: Ipsos


E você acredita?


4 de abr de 2011

Oração ou Feitiço de protecção

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui
Olá a todos

  Precisava da vossa ajuda para fazer um feitiço ou oração de protecção para a minha familia. Desde que o meu Avô faleceu e houve partilhas que os meus tios (irmao do meu pai e esposa) não deixam de nos enfernizar a vida, mais ao meu Pai. É processos em tribunal que nunca ganham porque não teem razão, desde provocações na rua, etc.. Eu já estou a ficar cansada da situação e antes que a coisa fique mesmo torta e eu me chateie de vez e faça alguma queria fazer alguma coisa para proteger a minha familia da inveja e rancor deles. Estamos sempre sem energia, constantemente doentes, com alergias que nunca se veem nas análises etc..., só posso depreender que seja da inveja e ódio que eles sentem por nós não ligarmos ás provocações deles e continuarmos a nossa vida em paz.  Por favor ajudem-me.

19 de jun de 2010

Desaparecimento de Charles Ashmore

Desaparecimento de Charles Ashmore

Outro  desaparecimento  incompreensível foi o de Charles Ashmore, em 1878.
Charles tinha dezesseis anos e morava com seus pais e irmã numa fazenda perto de Quincy, Illinois - EUA.
Em 9 de novembro de 1878, Charles saiu de casa para buscar água no poço. Era cerca de 9 horas da noite.
Meia hora depois, como ele não voltava, a familia estranhou.
0 pai, Christian Ashmore, acendeu uma lanterna e, junto com a filha mais velha, Martha, saiu à procura de Charles. Tinha caído um pouco de neve naquela tarde, e as impressões dos pés de Charles estavam bem nítidas.  Chegando  ao  meio  do  caminho para o poço, pai e filha pararam, surpresos: o rastro de Charles, na neve, sumia de repente. 0 resto do caminho até o poo estava intocado, branco. Parecia que o rapaz tinha alçado vôo.
Para não estragar o rastro, ambos  deram uma volta até chegar ao poço.
Lá descobriram outra coisa espantosa: a agua do poço estava coberta por uma fina carnada de gelo, obviamente sem ser perturbada há  horas. Charles não chegara ao poço.
Voltando para casa, notaram que a neve dos dois lados do caminho também estava sem pegadas. Naquela noite Charles não apareceu.
Quatro dias depois, a mãe do rapaz, angustiada, foi ao poço buscar água. Quando voltou à casa, estava chorando sem parar e dizia ter ouvido a voz do filho chamando por ela.
Com a ajuda dos vizinhos, a familia recomeçou a procurar Charles.
Sem resultado. A imaginação e angustia da mãe poderiam explicar esse fenômeno.
Mas, dias depois, os outros membros da familia e até os vizinhos escutaram a voz de Charles chamando.
A partir daí várias vezes essa voz fez-se ouvir, até desaparecer completamente  no verão seguinte.
Este caso foi muito estudado pelo pesquisador Ambrose Bierce, que anos mais tarde, também sumiu de forma misteriosa, sem deixar vestígios, quando visitava o México em 1914.

22 de abr de 2010

Mestres Ascensionados e os 7 raios

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=gcVwxjjY-9w

3 de mar de 2010

A Mente

User-agent: Mediapartners-Google*
Disallow:
               A Mente            
A mente do homem é muito mais poderosa do que se pode imaginar.  Bastou um pensamento do homem para se criar máquinas, aparelhos avançados e até robôs.
A mente humana é capaz de restaurar um órgão com uma perfeição divina. Querer é poder. Se você quer, você pode.
Porém, há uma restrição. Se o querer é egoísta, então, o ‘poder’ se torna nulo. Um pouco de ambição não faz mal a ninguém, desde que não prejudique a terceiros, às vezes, conforme a situação, se torna até benéfico.
Um pedido a um Deus ou a um santo, se feito acreditando que vai acontecer, é bem provável que aconteça. Não estou dizendo que Deus ou  o Santo seja a mesma coisa, ou tenham o mesmo poder. Deus é onipresente, onipotente, todo-poderoso, etc. Mas  o seu pedido pode ter a mesma profundidade tanto para um como para outro. A sua vontade de obter algo  ou a sua crença que vai conseguir é tão forte que, independente do meio que você usa, o seu pedido será atendido.
Quando uma pessoa joga uma mandinga em outra pessoa, essa fica tão impressionada que aceita a praga como verdadeira e acaba sofrendo as conseqüências.
Para a mente, tudo que você acreditar ou aceitar é verdadeiro. E ela (a mente) faz com que aconteça do jeito que você pensou conscientemente.
Portanto, cuidado com os pensamentos. Eles são poderosos. Podem construir um mundo ou destruí-lo.
Faça sempre uma limpeza na mente varrendo o lixo, que por ventura, insiste em dominá-la. Como? Sempre que pensar em alguma coisa inútil, mude o pensamento.
Pense só em coisas úteis e de valor moral. Se você é do tipo que só pensa negativamente, mude agora seus pensamentos. Você verá que sua vida irá melhorar mais, muito mais.

28 de jan de 2010

Jogo de Búzios

User-agent: Mediapartners-Google*
Disallow:

O èrindinlógun popularmente conhecido como Jogo de Búzios no Brasil, trata-se de um oráculo sagrado e preciso; e quando manuseado por um Bàbálóòrìsà ( Pai de Santo) competente é extremamente eficaz na identificação e solução de todos os tipos de problemas, sejam eles de ordem física ou espiritual. Estes são conselhos dos 16 Agbas Odus principais e de seus Orixás de forma aleatória
Para ter orientação sobre o Jogo de Búzios com um Sacerdote real entre em www.jogodebuziosonline.com.br

Concentre-se nos Búzios.
Mentalize sua pergunta e clique nas conchas

18 de out de 2009

inveja

Dentre os sete pecados capitais, a inveja talvez seja o mais comum...e o mais perigoso para os relacionamentos. 73% dos brasileiros já admitiram ter sentido inveja, segundo o Ibope. "A inveja nasce como um desejo de ter o que as pessoas ao seu lado têm, é um sentimento natural. Ele se transforma em inveja quando, em vez de querer algo, você quer evitar que o outro consiga qualquer coisa", explicou o rabino Nilton Bonder, autor de "A cabala da inveja".

De onde surge esse monstrinho verde?

Bonder explica que a inveja é construída em cima de raiva e frustração. "O invejoso se sente fracassado em determinadas áreas da vida e, para não sentir raiva de si mesmo, transfere esse ódio para o outro".

A inveja só aparece em grupos de pessoas que estão próximas, seja uma família ou um escritório. "Sentimos inveja de pessoas que estão ao nosso lado e que nos lembram de uma forma ou de outra que não estamos conseguindo atingir as nossas metas de vida. Logo, não há como sentir inveja de uma celebridade, por exemplo", explicou Bonder.

Para o psicólogo Carlos Byington, devemos ficar atentos à inveja porque ela nos indica uma vocação, um desejo reprimido. Ela só se torna maligna quando não nos esforçarmos para conseguir o que queremos.

Mas achar que os invejados são sempre as vítimas é um erro, alerta a terapeuta Amélia Nascimento. "A inveja nasce de uma relação e muitas vezes, mesmo inconscientemente provocamos este sentimento, seja desmerecendo o esforço do outro, seja irradiando sem parar nossas conquistas".

Os que gostam de provocar inveja geralmente possuem um certo sentimento de inferioridade, explicou o rabino: "Se vangloriar de algo é uma tentativa de se valorizar diante do outro e isso causa inveja".

A inveja é sempre igual?

Segundo Byington, existem três tipos de inveja. O primeiro deles é a inveja autodestrutiva. "É quando nos sentimos inferiores diante da aparência ou conquista de outras pessoas", explicou.

O segundo tipo, o mais grave, é a inveja patológica, aquela que nos faz querer destruir aquele que invejamos. "Mas a inveja patológica como a retratada na novela 'Celebridade', onde a personagem de Claudia Abreu quer destruir a de Malu Mader, é uma coisa completamente diferente de nosso dia-a-dia", avisou Amélia.

Carlos Byington defende um terceiro tipo de inveja, a criativa. O termo ele tirou de uma declaração de Cazuza, que morria de inveja da letra de "Que país é esse?", de Renato Russo. O músico usou esse sentimento para compor "Brasil". "A inveja criativa é aquela que você sente e usa para conquistar o que deseja", explicou o psicólogo.

O que fazer com a inveja que eu sinto?
Transformar a inveja que você sente em algo positivo é mais fácil do que se imagina. Primeiro, tente observar o que você gosta na pessoa que inveja: é a aparência? O cargo? A família? Amigos?

Depois dessa análise, será que você não exagerou na idealização dessa pessoa? "Coloque o alvo de sua inveja em perspectiva. Costumamos idealizar a vida de quem invejamos e quando analisamos friamente a situação, vemos que ela é tão cor-de-rosa assim, que existem dificuldades, problemas", aconselhou Bonder.

É preciso também valorizar mais o que temos. "Quando sentimos inveja, ampliamos a figura da pessoa e diminuímos tudo que temos e conquistamos. É preciso equilibrar isso. Nem a pessoa está em um pedestal e nem você na sarjeta", falou Bonder.

Tente transformar a inveja em admiração. "É muito simples fazer essa mudança. Em vez de odiar o outro pelo que ele tem, tente encará-lo como um exemplo a ser seguido", disse Amélia.

E quando as pessoas me invejam?
Se você acha que é alvo de inveja, deve primeiro observar se não a provoca. E mantenha-se relaxado ao receber alfinetadas. "A inveja é muito mais prejudicial ao invejoso. Se você está seguro que merece o que tem, nada vai te atingir", explicou Amélia.

Mostrar-se amigável é uma boa forma de desarmar os botes do invejoso. "Tente ser mais amoroso com as pessoas, ser menos competitivo", disse Nilton Bonder.

No caso de o invejoso causar algum dano real, uma conversa franca pode ser a solução. "Chame a pessoa para conversar e pergunte por que ela te quer tão mal. Mas só faça isso se realmente ela te prejudicou", aconselhou Amélia.

E nada de acreditar em olho gordo! "O outro pode até fantasiar que te destrói, mas quem atrapalha a sua vida é você! Se inveja atrapalhasse a vida de alguém, Pelé seria um Zé Ninguém hoje", disse a terapeuta.

Finalmente, tenha cuidado também em não inventar inimigos. "Isso acontece muito em escritórios. Você recebe uma promoção ou um aumento, mas não se sente segura de que o mereceu, então tem a impressão de que todos pensam a mesma coisa. Cuidado com a paranóia", alertou Amélia.

Para ler e refletir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Marcadores

Follow by Email

Recent Posts

Postagens populares

Minha lista de blogs