pesquisa magos da luz

Custom Search
------------------- -------------------------------------
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
Mostrando postagens com marcador Magia Wicca. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Magia Wicca. Mostrar todas as postagens

7 de fev de 2011

torres do silencio

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

torres do silencio


As Torres do silêncio são construções em forma de circulo que possuem usos e simbologias funerárias para os adeptos do Zoroastrismo. Eles consideram o corpo de um cadáver impuro, e para não violar a sacramentalidade da terra, recusam-se a enterrar ou cremar um corpo. Em vez disso, depositam o defunto no alto duma construção nas montanhas, onde os abutres vêm e devoram sua carne, logo após os ossos entram em contato com cal virgem, para que possam se desintegrar e depois disso serem jogados num cursor d’água onde seguem em direção ao mar, não tocando assim o solo.

Este costume milenar está se extinguindo. No Irã, a pátria original do zoroastrismo, a última Torre do Silêncio, a de Yazd, foi fechada recentemente por falta de equipamento humano para mantê-la. Agora, se um zoroastriano morre sem antes deixar registrado oficialmente o desejo de ter seu corpo enviado para que cuidem dele na Índia, e a família não pague as despesas, não haverá para ele um funeral que esteja em conformidade com a sua fé

A única Torre do Silêncio ainda em atividade esta localizada em Mumbai, mas mesmo na Índia, as comunidades zoroástricas têm encontrado dificuldades para seguir com seu ritual funerário tradicional, que é dispendioso e dificultado pela desaparição cada vez mais acelerada dos abutres. Teme-se que a Torre do Silêncio um dia suma da face da terra, e com ela a religião zoroastriana.

Nos dias de hoje, a maioria dos zoroastrianos, sejam eles parsis (como são conhecidos na Índia) ou membros de comunidades zoroástricas do Irã, Paquistão, dos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália e em outros países, são cremados após morrer e suas cinzas jogadas ao mar.
As fotos abaixo foram tiradas de uma Torre do Silêncio localizada na Índia, no final dos anos 90.

Cruz do patrão



Conhecida como o local mais assombrado de Recife, A Cruz do Patrão fica onde antes existia um istmo que ligava Recife e Olinda, às margens do Rio Beberibe e servia de baliza para os barcos que chegavam para atracar.
Dizem que foi construída a mando do patrão-mor do porto e que além de marco de navegação, a Cruz tinha outras funções. Lá eram enterrados os negros pagãos mortos durante as viagens nos navios vindos da África. A areia da maré facilitava esses sepultamentos improvisados. A inglesa Maria Graham fez um relato no qual afirmava ter visto pedaços de corpos em volta do marco.
Até o século XIX, no local também eram fuzilados os militares condenados à pena capital.
Segundo o escritor Franklin Távora acreditava-se que todos que passassem pelas imediações da Cruz do Patrão à noite veriam almas penadas ou seriam perseguidos por terríveis espíritos. Além disso, ocorreram fatos trágicos ali, conta-se de um estudante foi encontrado assassinado junto à Cruz. Culpou-se um soldado, que foi preso e mandado para Fernando de Noronha. Tempos depois descobriu-se que o culpado seria outro indivíduo, que cometera o crime animado por um "espírito infernal". Mas a revelação chegou tarde já que o soldado acabou morrendo na prisão da ilha.
Como muita gente preferia o caminho mais longo entre Olinda e Recife para evitar passar pela Cruz do Patrão isso tornou o lugar um ponto ideal para reuniões de feiticeiros praticantes das artes mágicas vindas do continente africano. Os encontros aconteciam principalmente nas noites de São João. Conforme relatos da época, um desses festejos teve como ápice o aparecimento do próprio Exu, figura com olhos de fogo e preto feito carvão. O espírito dirigiu suas atenções a uma moça que participava do culto e a perseguiu até o rio Beberibe, onde ela se atirou. 

O Vicariato de Borley



Conhecida como a casa mais assombrada da Inglaterra, o vicariato de Borley foi construído em 1863 para o Revendendo Henry Dawson Ellis Bull.
Visões de carruagem fantasmas, uma freira e um homem decapitado eram freqüentes na casa, além de objetos que eram arremessados, outros que apareciam e desapareciam, pegadas misteriosas, campainhas que tocavam inexplicavelmente e escritos nas paredes de autoria desconhecida.Uma das filhas de Bull foi acordada com uma bofetada; outra viu um ancião negro e de chapéu alto junto à sua cama. Durante a noite ouviam-se passos e pancadas. Campainhas tocavam e vozes sussurravam. Uma visita habitual da casa viu diversas vezes uma freira.Entre 1930 e 1935 o vicariato esteve entregue ao Revendendo Lionel Algernon Foyster, sua mulher Marianne, sua filha Adelaide. Apareceram mensagens rabiscadas nas paredes e pedaços de papel e frequentemente ouviam-se passos. Uma voz chamou Marianne pelo seu nome e sentiam-se aromas estranhos, especialmente de alfazema. Um dos rabiscos nas paredes, na sua maior parte incompreensíveis, parecia dizer "Marianne, vai buscar auxílio".Edwin Whitehouse passou algumas dias no vicariato com seu tio e sua tia em 1931. Um quarto que não era usado pegou fogo e enquanto as chamas eram apagadas, caiu no chão uma pedra do tamanho de ovo de galinha. Mais tarde, quando o vigário fazia um exorcismo no seu quarto, Edwin e sua tia foram atingidas por pedras.O vicariato ardeu completamente em 1939. 
Na noite do incêndio várias pessoas viram a figura de uma jovem a uma janela do andar superior.
Mas os fenômenos prosseguiram ainda.Um motorista, Herbert Mayes, ouviu o tropel de patas de cavalo aproximar-se e passar por ele nas proximidades do vicariato, alem disso durante o black-out em tempo de guerra, as milícias da Defesa Civil foram convocados algumas vezes devido às luzes que se viam nas janelas.Em 1943 em uma escavação no local, operários encontraram fragmentos da caveira de uma mulher e brincos com símbolos religiosos. Outros pesquisadores do mistério do vicariato de Borley souberam, através de sessões espíritas, que, no século XVII, uma jovem freira francesa, Marie Lairre, fora obrigada a abandonar seu convento para se casar e fora estrangulada pelo noivo no dia 17 de Maio do ano de 1667, num edifico que se erguia no local onde foi construído o vicariato. O seu corpo, segundo as mensgens espíritas, fora enterrado na adega.

A Moça Da Capa Preta


A Moça Da Capa Preta Era Uma Vez uma moça muito bonita que gostava muito de Dançar em Bailes...Certo Dia Um Jovem com péssima aparência chamou-a Para dançar! , E ela não Aceitou Dançar com esse jovem, De repente deu uma vontade de ir ao banheiro, Quando ela saiu o jovem, a esfaqueou, e ela Faleceu... Outro dia um moço foi ao mesmo Baile, Depois de muitos anos da morte da moça... E ele encontrou uma moça muito bonita A qual sempre vestia uma capa preta, Quando chegava no Baile ela tirava e pendurava! , Só usava quando saia! Um dia ela pediu pra ele leva-la em sua casa, Chegando lá ele reparou que sua casa era muito escura e sem energia, Clareada por luzes de velas, Assim que ela chegou em casa tirou sua capa preta, E pendurou como sempre fazia... Eles dois estavam tão cansados que se deitaram e dormiram, Quando foi pela manhã ele acordou e percebeu que estava em um cemitério, E a capa estava pendurada na TUMBA! O rapaz tomou um susto tão grande que Gritou! AAAAAH! , Ele observando a tumba percebeu que ali estava o nome da garota, e a data de sua morte, Já fazia 10 Anos que ela tinha morrido. Mas sua alma inconformada com o que aconteceu continuou indo ao mesmo baile dançando com vários rapazes, infernizando a vida te todos os rapazes, O rapaz inconformado foi na casa a qual ela deu o endereço (A casa Dos Familiares dela), Chegando lá quem atendeu a porta, Foi uma governanta que era muito antiga na casa! E o rapaz perguntou: - Bom Dia, A Senhora conhece uma moça que gosta muito de ir ao Baile, E usa uma capa preta? Assustada a Governanta respondeu: - Olhe ali o

retrato dela faz 10 anos que ela morreu. O Rapaz ficou louco, E assim aconteceu com milhares de rapazes a qual visitavam esse baile. Isso não é Uma simples lenda, Se você quiser tirar duvidas, Venham aqui em Maceió no Cemitério Trapiches da Barra, A Tumba dela está lá junto com uma capa preta... Se não acredita! Olhe com seus próprios olhos...

27 de nov de 2010

Amarração com Lilith

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

Amarração com Lilith

Feitiço para submeter alguém ao seu domínio.

Material necessário:
- um coração de papel vermelho;
- uma vela negra;
- pétalas de rosa;
- uma agulha esterilizada (passe-a no lume);
- incenso.

Como fazer o ritual:
- Quando: fazer este feitiço uma sexta-feira á noite, de preferência numa noite sem lua.
- Como:
Escreva o nome da pessoa a amarrar no coração de papel. Acenda a vela e o incenso, e diga:

“LILITH,
Grande Mãe e Rainha,
Tu que reinas sobre a paixão,
Tu que reinas sobre o desejo e a luxúria,
Estende-me a tua mão.
Dirige-me o teu eterno olhar,
E ajuda-me a F… dominar.
Digna-te a minha prece atender:
Desejo e quero (Fulano…),
Quero-o aos meus pés a rastejar,
Que ele seja o meu escravo submisso.
Concede-me este favor.
Pelo meu sangue a ti me ligo.”

Pique o seu polegar esquerdo com a agulha, e deixe cair 3 gotas de sangue sobre o coração de papel.
Ponha este por cima da chama da vela e diga 3 vezes:

“Pelo poder do sangue,
Pelo poder do fogo,
Que a magia surta seu efeito.”
“F… vais sentir atracção,
F… vais sentir tesão,
Vais sentir o gosto do meu leito.
Não terás outra opção,
Senão ficar na minha mão.
Assim seja feito.”

Queime o coração de papel e as pétalas de rosas, colocando-os num incensório.
Concentre a sua atenção nas chamas e repita:

“Bate por mim, coração mortal,
Vem para mim, a bem ou a mal.
Deseja-me com toda a tua alma,
Sonha comigo quando a noite desce,
Vem para mim, quero-te na minha palma,
Pois estou á tua espera.
Que nada te retenha,
Pois a mim pertences.
Assim seja.”
Continue a concentrar-se mais alguns minutos, e deixe a vela e o incenso consumir completamente.

21 de out de 2010

Oração à São Miguel Arcanjo

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede nosso refúgio contra a maldade e as ciladas do demônio.Ordene-lhe Deus, o pedimos, e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai no inferno a Satanás e a todos os espíritos malignos que andam pelo mundo para perder as almas. Vós, príncipe dos exércitos celestes, vencedor do dragão infernal, recebestes de Deus força e poder para aniquilar, pela humanidade, a soberba do príncipe das trevas. Insistentemente vos suplicamos que nos alcanceis de Deus a verdadeira humildade de coração, uma fidelidade inabalável no cumprimento contínuo da vontade de Deus e uma grande fortaleza no sofrimento e na penúria. Ao comparecermos perante o tribunal de Deus, socorrei-nos para que não desfaleçamos. São Miguel Arcanjo, defendei-nos e protejei-nos. Amém! Amém! e Amém!!!

25 de ago de 2010

[RELATO]Fantasma no carro do meu avô

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

[RELATO]Fantasma no carro do meu avô

Foi no começo do ano passado.
Meu avô tinha comprado um Ford Taurus 1999,semi-novo,menos de 1000 km rodados....
aí meu vô quis dar um churrasco no sítio dele pra comemorar a compra do carro...o churrasco começou às 8 da noite,e já estava td escuro.Como o sítio do meu avô é perto de Caeté e lá tem muitas serras,escurece muito rápido...lá prumas 10 da noite, meu tio começou a passar mal...e meu avô pediu pra eu levar meu tio na farmácia cidadezinha próxima...meu avô me deu a chave do Taurus (uhúú!!!) e fui levar meu tio...são 5 km do sítio do meu avô até essa tal cidadezinha..levei uns 3 minutos pra chegar lá...quando cheguei lá,meu tio ficou na farmácia e disse que ia voltar de ônibus (ele é meio doido..)...ele falou pra eu ir "curtir o carro"...então eu fui...nessa estrada entre o sítio do meu avô e a cidadezinha,existe outra estrada perpendicular, abandonada mas muito boa pra andar de carro...entre pela estrada abandonada e fui dirigindo o Taurus...nisso já deviam ser umas 11 e meia da noite...depois de um tempo, parei o carro e liguei o rádio pra ficar ouvindo...foi quando um vulto enorme atravessou a estrada uns 5 a 6 metros à frente do carro...um vulto gigante,com uns 12 ou 13 metros...podia ser um reflexo de alguma coisa contra a luz dos faróis, pensei eu...liguei os faróis altos...nada...de repente,as árvores da mata à beira da estrada balançaram de uma vez e os passarinhos saíram voando...saí do carro pra ver o q era e deixei a porta aberta (pra quê?)...quando eu já tinha andado uns 12 metros pra frente do carro,a porta bateu...fui ver...quando cheguei lá, tinha uma "névoa" acinzentada dentro do carro,como se fosse fumaça de cigarro...fiquei olhando...essa "névoa"ficava rondando dentro do carro,como se o estivesse observando...abri a porta,mas a fumaça esquisita continuou lá...peguei um livro que estava no porta-objetos e tentei abanar pra dissipar a tal "névoa",mas ela não saía...liguei o carro e abri os vidros...quando fui abanar a tal fumaça,ela simplesmente sumiu, sem mais nem menos..... 
Entrei no carro,fechei os vidros e comecei a manobrar pra voltar pro sítio do meu avô...quando eu tinha andado uns 900 metros,o carro estava a uns 65 km por hora,o vulto gigante atravessou a estrada na frente do carro de novo...pisei no freio,asrodas de trás travaram e o carro fez como q "drift" no meio da estrada,derrapou de traseira e parou de lado na estrada...eu fiquei assim,sem saber o q fazer...manobrei o carro de novo e continuei...de repente,o retrovisor interno começou a embaçar...passei uma flanela pra limpar..naum saiu...aí eu vi q o retrovisor naum estava embaçando,e sim,era a tal "névoa" seguindo o carro...eu tava a uns 30 km por hora...acelerei pra 50 km...a fumaça continou..acelerei pruns 70km....a fumaça ainda tava lá...aí eu dei uma de doido: pisei o máximo q pude no acelerador pra ver se "fugia" da tal fumaça...deu certo...quando cheguei no sítio do meu avô,contei pra ele o q tinha acontecido...ele me chamou prum canto e me disse q o carro era de um americano...o carro era importado e o ex-dono dele tinha morrido dentro do carro num assalto...dois bandidos tentaram roubar o carro, o dono reagiu e levou 3 tiros no peito...morreu na hora,dentro do carro...meu avô me falou só isso....aí, eu pensei q a tal "névoa" fosse o fantasma do antigo dono do carro...como se ele estivesse ligado ao carro...
Só dirigi o Taurus do meu avô de novo uma vez até hj....e de dia, pra não "correr o risco" de ver a tal fumaça d novo....

10 de mai de 2010

Prece Espirita - Allan Kardec - Anjos Guardioes e Espiritos Protetores

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=E_ZPmjmRI2w

homenagem às mamães da net

homenagem às mamães da net e dos membros





Desejamos a todas as mamães da comunidade um Feliz Dia das mães e que essa data não seja apenas uma data consumista e sim uma data para troca de afetos


Parabens mamãessssssssssssssssss


http://www.youtube.com/watch?v=8a7Zf6Z_kls

7 de mai de 2010

Profecias do Vaticano

Acabei de receber uma notificação da Universidade de Arizona que anuncia a inauguração de um novo telescópio chamado "LUCIFER", e que está ocorrendo uma especulação a respeito do porque o Vaticano teria seu próprio observatório estelar.
Alguns acreditam que é com o propósito de monitorar uma advertência apresentada na Bíblia que vem do livro do Apocalipse no Novo Testamento:
"O terceiro anjo tocou a sua trombeta, e caiu do céu uma grande estrela, ardendo como uma tocha, e caiu sobre a terça parte dos rios, e sobre as fontes de águas; E o nome da estrela era Absinto; e a terça parte das águas se tornou em absinto; e muitos homens morreram das águas, porque se tornaram amargas". (Revelação 8:10, 11).Depois de mais que uma década de projetos, fabricando e testando, o novo telescópio chamado de LUCIFER 1, este contém uma ferramenta poderosa para fazer imagens espetaculares no universo. Desde a Via Láctea para galáxias extremamente distantes.
O telescópio LUCIFER, que foi construído por um consórcio de institutos alemães, terá um instrumento idêntico ao que foi utilizado na fabricação do telescópio mais moderno do mundo.
Será que o Vaticano tem a mesma informação dos Maias?
Ambos falam de um evento que ocorrerá no centro de nossa galáxia Via Láctea. Ambos indicam que ocorrerá um evento celestial muito poderoso, mas a pergunta mais importante de todas seria "Quando isso vai ocorrer?"
Não acredito que nenhum cientista ou indivíduo racional possa admitir que todos que fazem ciência espacial e cosmologia têm certa urgência para tal descoberta. Das partículas galácticas carregadas até os novos asteróides encontrados, há um consenso de que acharemos algo assim que for possível.
FONTE- 
http://www.cubbrasil.net/index.php?option=com_content&task=view&id=4132&Itemid=87

17 de nov de 2009

REFLEXÃO --- NELSON MANDELA

User-agent: Mediapartners-Google*
Disallow:

REFLEXÃO --- NELSON MANDELA

Eis um texto que me tocou profundamente e tem tudo a ver com o lema "Sede a luz e o sal da Terra...":
.
Nosso medo mais profundo não é o de sermos inadequados.

Nosso medo mais profundo é o de sermos poderosos além da medida.

É nossa luz, não nossa escuridão, que mais assusta.

Nós nos perguntamos: quem sou eu para ser brilhante, atraente, talentoso, fabuloso?

Na verdade, quem é você para não ser?

Você é uma criança do Espírito.

Você, pretendendo ser pequeno, não serve ao mundo.

Não tem nada de iluminado no ato de se encolher, pois os outros se sentirão inseguros ao seu redor.

Nascemos para manifestar a glória do Espírito que está dentro de nós.

E a medida que deixamos nossa luz brilhar, damos permissão para os outros fazerem o mesmo.

À medida que libertamos nosso medo, nossa presença libera outros.

Autor: Nelson Mandela

14 de set de 2009

Magia Wicca

Rituais

-A Pirita atrai dinheiro

A pirita ou "ouro dos trouxas", um mineral muito bonito de se ver, com estrutura geométrica cúbica e a cor brilhante do ouro. Embora de escasso valor monetário, possui uma incrível capacidade de atrair dinheiro.

Compre uma pirita e mantenha-a por três dias em um copo com sal: dessa forma, as eventuais negatividades serão expulsas.

No terceiro dia, numa hora diurna, pegue a pirita e segure-a por alguns minutos, sem pensar em nada específico, porém considerando-a parte de sua aura. Você sentir a pirita esquentar e vibrar: nesse ponto, diga as seguintes palavras dirigidas ao DEVA (espírito) do mineral:

"Obrigado, Deva da pirita, por teres acolhido ao meu espírito e por ter me doado o teu. Eu, (fale seu nome), peço-te que satisfaça este meu desejo (faça o seu pedido com clareza). Confio a ti e a tua energia, o meu desejo. Obrigado, obrigado, obrigado".

Embaixo da pirita (que não deve ser fechada numa gaveta) coloque uma cédula de dinheiro de qualquer valor. Os resultados surgirão rapidamente. Quando perceber que não tem mais necessidade da pirita, agradeça a ela por tudo o que fez por você e dê de presente a alguém que possa usufruir seu poder.


-Handfasting: o casamento wiccano

A cerimônia de casamento apresentada a seguir é um rito de comprometimento de ligação espiritual, não legal. Antes da cerimônia é importante que toda a área onde será realizado o compromisso seja consagrada com sal, água, e qualquer incenso purificador, como o de cedro, líbano, sálvia ou sândalo

Monte o altar e coloque nele tudo que será necessário para a cerimônia:

· Duas velas brancas.
· Um incensório. ·
· Um prato com sal e terra.
· Um sino de latão.
· Uma vareta.
· Um punhal ou espada cerimonial.
· Um cálice com água.
· Uma xícara com óleo de rosa para consagração.
· Um cristal de quartzo As alianças de casamento.
· Duas cordas brancas.
· Uma vassoura de palha.
· Vinho.
· Bolo de Compromisso.

Supondo que você é uma Alta Sacerdotisa (ou Sacerdote), trace um círculo na sentido horário usando um punhal ou uma espada cerimonial, e após cada convidado ter sido abençoado com saudações e incenso, faça soar o sino do altar para dar início à cerimônia.

O noivo e a noiva devem entrar de mãos dadas no círculo que você confeccionou. Abençoe-os novamente com incenso e saudações e coloque-os de frente para você e o altar (norte), enquanto os convidados para o casamento estarão reunidos em torno do perímetro do círculo, dando-se as mãos para formar uma corrente humana.

De frente para o noivo e para a noiva, levante as suas mãos para o céu e diga:

NESTE SAGRADO CÍRCULO DE LUZ REUNIMO-NOS EM PERFEITO AMOR E PERFEITA VERDADE.
OH DEUSA DO AMOR DIVINO, EU TE PEÇO QUE ABENÇOES ESTE CASAL, O SEU AMOR E SEU CASAMENTO PELO TEMPO EM QUE VIVEREM JUNTOS NO AMOR.
POSSA CADA UM DESFRUTAR DE UMA VIDA SAUDÁVEL, CHEIA DE ALEGRIA, AMOR, ESTABILIDADE E FERTILIDADE.

Segure o prato com sal ou terra diante deles para que os dois coloquem a mão direita sobre o mesmo, enquanto você diz:

ABENÇOADOS SEJAM PELO ANTIGO E MÍSTICO ELEMENTO TERRA.
QUE A DEUSA DO AMOR EM TODA SUA GLÓRIA ABENÇOE-OS COM AMOR, TERNURA, FELICIDADE E COMPAIXÃO PELO TEMPO QUE VIVEREM AMBOS.

Coloque novamente o prato sobre o altar. O casal deverá se voltar para o leste. Soe o sino do altar três vezes e então envolva-os com o incenso e diga:

ABENÇOADOS SEJAM PELA FUMAÇA E PELO SINO SÍMBOLOS DO ANTIGO E MÍSTICO ELEMENTO AR.<
Coloque novamente o incenso no altar. O casal deverá agora se voltar para o sul. Dê a cada um uma vela branca, a qual deverão segurar com a mão direita. Acenda as velas, pegue a vareta do altar e segure-a acima dos dois enquanto diz:
ABENÇOADOS SEJAM PELA VARETA E PELA CHAMA, SÍMBOLOS DO ANTIGO E MÍSTICO ELEMENTO FOGO.
QUE A DEUSA DO AMOR EM TODA SUA GLÓRIA ABENÇOE-OS COM HARMONIA, VITALIDADE, CRIATIVIDADE E PAIXÃO PELO TEMPO QUE VIVEREM AMBOS.

Coloque novamente as velas e a vareta no altar. O casal deverá se voltar para o oeste. Tome o cálice com água e salpique algumas gotas sobre a cabeça deles, enquanto diz:

ABENÇOADOS SEJAM PELO ANTIGO E MÍSTICO ELEMENTO ÁGUA.
QUE A DEUSA DO AMOR EM TODA A SUA GLÓRIA ABENÇOE-OS COM A AMIZADE, A INTUIÇÃO, O CARINHO E A COMPREENSÃO PELO TEMPO QUE VIVEREM AMBOS.
Coloque o cálice com água novamente no altar. Unte a testa deles com o óleo de rosa e segure o cristal de quartzo sobre eles, como símbolo sagrado do reino espiritual, enquanto diz:
QUE A DEUSA DO AMOR EM TODA SUA GLÓRIA ABENÇOE-OS COM A UNIÃO, HONESTIDADE E CRESCIMENTO ESPIRITUAL PELO TEMPO QUE VIVEREM AMBOS.
E QUE A MAGIA DO SEU AMOR CONTINUE A CRESCER PELO TEMPO QUE PERMANECEREM JUNTOS NO AMOR, POIS O SEU CASAMENTO É UMA UNIÃO SAGRADA DOS ASPÉCTOS FEMININO E MASCULINO DA DIVINDADE.

Coloque o cristal novamente no altar e consagre as alianças do casamento com uma pitada de sal e gotas de água, enquanto diz:

PELO SAL E PELA ÁGUA EU PURIFICO E LIMPO ESTES BELOS SÍMBOLOS DO AMOR.
QUE TODAS AS VIBRAÇÕES NEGATIVAS, IMPUREZAS E OBSTÁCULOS SEJAM AFASTADOS DAQUI! E QUE PENETRE TUDO O QUE É POSITIVO, TERNO E BOM. ABENÇOADAS SEJAM ESTAS ALIANÇAS NO NOME DIVINO DA DEUSA. ASSIM SEJA.
O noivo coloca a aliança no dedo da noiva, e ela por sua vez coloca a aliança no dedo dele. Agora podem trocar as promessas que escreveram com suas próprias palavras antes da cerimônia.

Após o casal haver proferido suas promessas de amor, consagre as cordas brancas da mesma maneira que fez com as alianças e então segurando-as lado a lado, faça com que o homem e a mulher segurem uma extremidade e dêem um nó enquanto expressam seu amor um pelo outro. Amarre-as pelo meio e diga:

PELOS NÓS NESTA CORDA SEJA O SEU AMOR UNIDO.

Pegue a corda com os nós e amarre juntas às mãos do noivo e da noiva. Visualize uma luz branca de energia da Deusa e de proteção circundando o casal, enquanto suas auras se unem em uma só e todos os presentes à cerimônia emitem energia, cantando repetidamente com alegria

AMOR! AMOR! AMOR!

Após haver centralizado o poder trazido para os noivos e para o casamento deles, permaneça alguns minutos em silêncio e depois retire a corda das mãos deles, dizendo:

PELO PODER DA DEUSA E DE SEU CONSORTE EU OS DECLARO MARIDO E MULHER PELO TEMPO QUE VIVEREM AMBOS. QUE VIVAM JUNTOS NO AMOR. ASSIM SEJA.

Os convidados agora podem aclamar, aplaudir e congratular-se com os recém-casados. Agradeça à Deusa e ao Deus e desfaça o círculo. Coloque a vassoura de palha horizontalmente no chão e faça com que os noivos pulem por cima dela juntos e de mãos dadas. Termina assim o ritual pagão de compromisso, que deve ser festejado por todos com vinho consagrado e bolo de compromisso, que é tradicionalmente partido com a espada cerimonial do coven.


-Requiem: o ritual de morte wiccano

Texto Extraído do livro Oito Sabás para Bruxas, de Janet & Stewart Farrar

PREPARAÇÃO

A decoração do círculo e do altar para um Requiem será, neste caso, uma questão de gosto pessoal, dependendo das circunstâncias, da época do ano e do caráter do amigo que está sendo lembrado, bem como das associações com ele feitas. Deposita-se ao lado do altar uma pequena tigela de louça (um caneco ou xícara com asa é o mais adequado) com um cordel prateado a ela atado; é preciso dispor também de um martelo para quebrar o pequeno recipiente e um pano para embrulhá-lo. Para a Lenda da Descida da Deusa deve-se deixar à disposição, próximos do altar, jóias e um véu, bem como uma coroa para o Senhor do Mundo Subterrâneo. Também à disposição sobre o altar deve haver um colar.

O RITUAL

O Ritual de abertura deve ser realizado como sempre até o fim da invocação do Deus Cernunnos. A Grã Sacerdotisa e o Sacerdote, em seguida, encaram os membros do coven de diante do altar. A sacerdotisa diz:

NÓS NOS REUNIMOS HOJE EM MEIO À TRISTEZA E ALEGRIA. ESTAMOS TRISTES PORQUE UM CAPÍTULO SE ENCERROU E, NO ENTANTO, ESTAMOS JUBIOLOSOS PORQUE, COM O ENCERRAMENTO, UM NOVO CAPÍTULO PODE COMEÇAR. NÓS NOS REUNIMOS PARA MARCAR O PASSAMENTO DE NOSSA AMADA IRMÃ ..................... PARA QUEM ESTA ENCARNAÇÃO FINDOU. ESTAMOS REUNIDOS PARA CONFIÁ-LA AO ZELO DA BENÇÃO DO DEUS E DA DEUSA, PARA QUE ELA POSSA REPOUSAR, ISENTA DE ILUSÃO OU TRISTEZA ATÉ QUE ADVENHA O TEMPO DE SEU RENASCIMENTO NESTE MUNDO. E SABENDO QUE ISSO SERÁ, SABEMOS TAMBÉM QUE A TRISTEZA NÃO É NADA E QUE O JUBILO É TUDO.

O Sacerdote permanece em seu lugar e a Sacerdotisa conduz o coven numa dança em espiral, lentamente fechando o círculo num sentido anti-horário, mas não o fechando de maneira demasiada. O Sacerdote diz:

NÓS TE CONVOCAMOS, MÃE SOMBRIA E ESTÉRIL, TU PARA QUE TODA A VIDA MANIFESTA CUMPRE RETORNAR ADVINDO SEU TEMPO; MÃE SOMBRIA DA TRANQUILIDADE E DO REPOUSO, ANTE QUEM OS HOMENS TREMEM PORQUE FALTA-LHES A COMPREENSÃO DE TI. NÓS TE CONVOCAMOS, QUE É TAMBÉM HÉCATE DA LUA MINGUANTE, SENHORA SOMBRIA DA SABEDORIA, QUE OS HOMENS TEMEM PORQUE TUA SABEDORIA SE ELEVA ACIMA DA DELES. NÓS, OS FILHOS OCULTOS DA DEUSA, SABEMOS QUE NADA HÁ A TEMER EM TEU ABRAÇO, DO QUAL NINGUÉM ESCAPA; QUE QUANDO ENTRAMOS EM TUA ESCURIDÃO, COMO DEVEM TODOS, SERÁ COMO ENTRAR NOVAMENTE NA LUZ. ASSIM, COM AMOR E SEM TEMOR, CONFIAMOS A TI ...................... NOSSA IRMÃ. TOMA-A, PROTEGE-A, NORTEIA-A, ADMITA-A À PAZ DE SUMMERLAND, QUE SE ENCONTRAM ENTRE A VIDA E A VIDA. E SABE, COMO SABES TODAS AS COISAS, QUE NOSSO AMOR COM ELA VAI".

O sacerdote apanha a tigela, o cordel, o martelo e o pano. A dança cessa e os membros se afastam a fim de admitir a Sacerdote ao centro da espiral, onde ele deposita o pano sobre o chão e a tigela sobre o pano. Em seguida, a extremidade livre do cordel à Donzela. A sacerdotisa diz:

SOLTE-SE O CORDEL PRATEADO, OU SE QUEBRE A TIGELA DOURADA, OU SE QUEBRE O CÂNTARO NA FONTE, OU SE QUEBRE NA CISTERNA E ENTÃO O PÓ RETORNARÁ À TERRA COMO ERA, E O ESPÍRITO RETORNARÁ À DEUSA QUE O CONCEDEU.

O sacerdote desata o cordel prateado e a Donzela o colhe. O Sacerdote embrulha então a tigela com o pano e a quebra com o martelo. A seguir recoloca o pano dobrado com os fragmentos da tigela e o martelo ao lado do altar. O Coven retorna, fechando novamente o círculo. A Donzela carrega o cordel prateado e durante a invocação que se segue, movendo-se em sentido horário em torno do círculo, o oferece primeiramente aos senhores das Atalaias do Oeste (Senhores da Morte e da Iniciação), depois aos Senhores das Atalaias do Leste (senhores do Renascimento). Em seguida, ela deposita o cordel no chão diante da vela do leste e se reúne ao Sacerdote, junto ao altar (movendo-se sempre em sentido horário). Enquanto isso, a Sacerdotisa dirige-se novamente a dança, repetindo o movimento de volta em sentido horário, a fim de desfazer a espiral até que se torne mais uma vez um círculo completo, continuando a se mover em sentido horário. Logo depois de recolocar o pano e o martelo ao lado do altar, o Sacerdote encara o coven e diz:

NÓS TE CONVOCAMOS, AIMA, MÃE LUMINOSA E FÉRTIL, TU ÉS O ÚTERO DO RENASCIMENTO, DE QUEM TODA VIDA MANIFESTA PROCEDE E EM CUJO SEIO QUE JORRA TODOS SÃO NUTRIDOS. NÓS TE CONVOCAMOS, QUE É TAMBÉM PERSÉFONE DA LUA CRESCENTE, SENHORA DA PRIMAVERA E DE TODAS AS COISA NOVAS. A TI CONFIAMOS .............., NOSSA IRMÃ. TOMA-A, PROTEGE-A, NORTEIA-A; A CONDUZ NA PLENITUDE DO TEMPO A UM NOVO NASCIMENTO E UMA NOVA VIDA. E CONCEDE QUE, NESSA NOVA VIDA, ELA POSSA SER AMADA NOVAMENTE, COMO NÓS, SEUS IRMÃOS E IRMÃOS, A AMAMOS.

O Sacerdote e a Donzela juntam-se novamente ao coven, que desenvolve um movimento circular e a sacerdotisa inicia a Runa das feiticeiras, os demais se unindo a ela. Finda a runa, a Sacerdotisa ordena:

AO CHÃO!

os membros se sentam, formando um círculo olhando para o interior deste. A Sacerdotisa atribui papéis para a Lenda da Descida da Deusa ao Mundo Subterrâneo: o Narrador, A Deusa, O senho do Mundo Subterrâneo, e o Guardião dos Portais.

A Deusa é adornada com jóias, coberta com véu e fica na borda do círculo ao sudeste. O senhor do Mundo Subterrâneo coloca sua coroa, toma a espada e permanece com suas costas para o altar. O Guardião dos Portais toma seu athame e o cordel vermelho e fica de pé encarando a Deusa.

A LENDA DA DESCIDA DA DEUSA AO MUNDO SUBTERRÂNEO

Narrador:

NOS TEMPOS ANTIGOS, NOSSO SENHOR, O CORNUDO, ERA (E AINDA É) O CONSOLADOR, O CONFORTADOR. MAS OS HOMENS O CONHECIAM COMO O TERRÍVEL SENHOR DAS SOMBRAS, SOLITÁRIO, INFLEXÍVEL E JUSTO. MAS NOSSA SENHORA , A DEUSA RESOLVERIA TODOS OS MISTÉRIOS, ATÉ MESMO O MISTÉRIO DA MORTE; E ASSIM ELA VIAJOU AO MUNDO SUBTERRÂNEO. O GUARDIÃO DOS PORTAIS A DESAFIO...

O Guardião dos portais desafia a Deusa com seu Athame.

TIRA TUAS VESTES, PÕE DE LADO TUAS JÓIAS POIS NADA TU PODES TRAZER CONTIGO AO INTERIOR DESTA NOSSA TERRA.

A Deusa retira seu véu e as jóias. Nada deve permanecer sobre seu corpo (se o Requiem é realizado com os participantes vestidos, somente o manto simples dela deve permanecer sobre seu corpo). O Guardião então a prende com o cordel vermelho à maneira da iniciação de primeiro grau, com o centro do cordel em torno da frente do pescoço dela e as extremidades passando por seus ombros e indo atar seus pulsos por trás de sua cintura.

ASSIM ELA SE DESPOJOU DE SUAS VESTES E DE SUAS JÓIAS E FOI AMARRADA COMO TODOS OS VIVOS QUE BUSCAM INGRESSAR NOS DOMÍNIOS DA Morte, A PODEROSA, TÊM QUE SER.

O Guardião dos portais conduz a Deusa perante o Senhor do Mundo Subterrâneo e, depois, se afasta para um lado.

TAL ERA A BELEZA QUE A PRÓPRIA MORTE SE AJOELHOU E DEPOSITOU SUA ESPADA E COROA AOS SEUS PÉS.

O Senhor do Mundo Subterrâneo se ajoelha ante a Deusa, deposita sua espada e sua coroa no chão a cada lado dela, e em seguida beija os pés direito e esquerdo dela.

...E BEIJOU SEUS PÉS, DIZENDO: ABENÇOADOS SEJA TEUS PÉS QUE TE TROUXERAM POR ESTES CAMINHOS. PERMANECE COMIGO, MAS DEIXA QUE EUPONHA MINHAS MÃOS FRIAS SOBRE TEU CORAÇÃO.

O senho do Mundo Subterrâneo ergue suas mãos, com as palmas para a frente e as retém a algumas polegadas do coração da Deusa.

E ELA RESPONDE: EU NÃO TE AMO. POR QUE FAZES TODAS AS COISAS QUE AMO E NAS QUAIS ME COMPRAZO FENECEREM E MORREREM?

O senho do mundo subterrâneo estende seus braços para baixo, com as palmas das mãos para a frente.

SENHORA... - RESPONDEU A MORTE - TRATA-SE DA IDADE E DA FATALIDADE, CONTRA OS QUAIS SOI IMPOTENTE. A IDADE, O ENVELHECIMENTO LEVA TODAS AS COISAS A DEFINHAREM; MAS, QUANDO OS HOMENS MORREM AO DESFECHO DE SEU TEMPO, CONCEDO-LHE REPOUSO, PAZ E FORÇA PARA QUE POSSAM RETORNAR. MAS TU, TU ÉS LINDA. NÃO RETORNES, PERMANEÇA COMIGO. MAS ELA RESPONDE: EU NÃO TE AMO!"

O senhor do Mundo subterrâneo se levanta, vai até o altar e pega o açoite. Volta-se para encarar a deusa.

E ENTÃO DISSE A MORTE: SE NÃO RECEBES MINHAS MÃOS SOBRE TEU CORAÇÃO, TENS QUE TE CURVAR AO AÇOITE DA MORTE. É A FATALIDADE - MELHOR ASSIM...

Ela Disse e se Ajoelhou. E a morte a açoitou brandamente. A deusa se ajoelha encarando o altar. O senhor do mundo subterrâneo aplica-lhe de maneira muito branda três, sete, nove, vinte e um golpes do açoite.

E ELA BRADOU: EU CONHEÇO AS AFLIÇÕES DO AMOR

O Senhor do Mundo Subterrâneo recoloca o açoite no altar, ajuda a deusa a levantar-se e se ajoelha, encarando-a.

E A MORTE A ERGUEU E DISSE: SEJAS ABENÇOADAS. E LHE DOU O BEIJO QUÍNTUPLO, DIZENDO: ASSIM APENAS PODES ATINGIR A ALEGRIA E O CONHECIMENTO

. O Senhor do Mundo subterrâneo dá na Deusa o beijo quíntuplo. Em seguida, desamarra os pulsos dela, depositando o cordel no chão.

E ELE A ELA ENSINA TODOS OS SEUS MISTÉRIOS E LHE DÁ O COLAR QUE É O CÍRCULO DO RENASCIMENTO. O senhor do Mundo Subterrâneo pega o colar no altar e o coloca em torno d

o pescoço da deusa. A Deusa então, toma a coroa e a recoloca na cabeça do senhor do Mundo Subterrâneo.

E ELA ENSINA A ELE O MISTÉRIO DA TAÇA SAGRADA, QUE É O CLADEIRÃO DO RENASCIMENTO.

O Senhor do Mundo Subterrâneo move-se diante do altar, no extremo leste deste, e a Deusa move-se diante do altar, no extremo oeste deste. A Deusa toma o cálice em ambas as mãos, eles se entreolham e ele coloca ambas as mãos das dela.

ELES AMARAM E SE TORNARAM UM, POIS HÁ TRÊS GRANDES MISTÉRIOS NA VIDA DO HOMEM,E A MAGIA OS CONTROLA A TODOS. PARA REALIZAR O AMOR, TENDES QUE RETORNAR NOVAMENTE AO MESMO TEMPO E NO MESMO LUGAR DAQUELES QUE SÃO OS AMADOS; E TENDES QUE ENCONTRÁ-LOS, CONHECÊ-LOS, LEMBRÁ-LOS E AMÁ-LOS DE NOVO.

O Senho do Mundo Subterrâneo solta as mãos da Deusa e esta recoloca o cálice no altar. Ele toma o açoite em sua mão esquerda e a espada em sua mão direita e fica na posição do Deus, antebraço cruzados sobre o peito, espada e açoite apontados para cima, com suas costas para o altar. Ela fica ao lado dele na posição de Deusa, pernas escarranchadas e braços estendidos formando o pentagrama.

MAS PARA RENASCER, TENDE QUE MORRER E SER PREPARADO PARA UM NOVO CORPO. E PARA MORRER TENDES QUE NASCER E SEM AMOR NÃO PODES NASCER. E NOSSA DEUSA SEMPRE SE INCLINA PARA O AMOR , E O JÚBILO, E A VENTURA; E ELA PROTEGE E ACARICIA SUAS CRIANÇAS OCULTAS NA VIDA, E NA MORTE MINISTRA O CAMINHO DA COMUNHÃO COM ELA; E MESMO NESTE MUNDO ELAS LHES ENSINA O MISTÉRIO DO CÍRCULO MÁGICO, QUE É DISPOSTO ENTRE OS MUNDOS DOS HOMENS E DOS DEUSES.

O senhor do mundo subterrâneo recoloca o açoite, a espada e a coroa sobre o altar junto deste. Isto completa a Lenda e os atores se juntam de novo aos demais membros. A Grã Sacerdotisa diz:

QUE PARTICIPEMOS AGORA, COMO A DEUSA NOS ENSINOU, DA FESTA DE AMOR DO VINHO DOS BOLOS; E A MEDIDA QUE O FAZEMOS, QUE NOS LEMBREMOS DE NOSSA IRMÃ ..................., COM A QUAL NÓS TÃO AMIÚDE COMPARTILHAMOS TAL FESTA. E MEDIANTE ESTA COMUNHÃO, NÓS COLOCAMOS AMOROSAMENTE NOSSA IRMÃ NAS MÃOS DA DEUSA.

Todos Dizem: QUE ASSIM SEJA"

O vinho e os bolos são consagrados e passados por todos.

O mais cedo possível, após o Requiem, os fragmentos da tigela deverão ser ritualmente arremessados num rio, com a tradicional ordem:

RETORNA AOS ELEMENTOS DOS QUAIS VIESTE


-RITUAIS COM INCENSOS:



Os incensos são muito importantes num ritual, pois representam o lemento ar e tem a incumbência de levar a prece para o céu

A seguir uma pequena lista de incensos e suas pro´piedades:

*ESTIMULAR O AMOR: Alecrim, Jasmim, Rosas, Maçã, Cravo e Canela

*ESPIRITUALIDADE: Mirra, violeta, rosas, Sândalo.

*MEDITAÇÃO: Violeta, Mirra, Rosa, Verbena

*LIMPEZA: Cânfora, alecrim, Arruda, Eucalipto

*ACALMAR: Alecrim, Alfazema, Flor de Maçã, Jasmim

*ESTUDOS: Alfazema, Lótus, Jasmim, Rosas, e Raízes.

*ENERGIZAR: Cravo, Canela, Eucalipto



-RITUAL PARA A OBTENÇÃO DE SAÚDE:


Numa noite de lua nova, ascenda uma vela cigana azul. Vá até uma janela e diga com os braços erguidos para a lua:

"Deus te salve lua nova! Tu és tão linda poente,
quando voltares de novo, traga-me saúde para fulano"

Jogue o resto da vela em água corrente


-RITUAL COM VELAS:

Rituais com velas exigem muita atenção, pois ás vezes recebemos mensagens secretas dos anjos é só observar a vela:

*Se a vela queimar com luz azulada, indica que há presensa de anjos e elementais.

*Uma chama que levanta e abaixa a seguir quer dizer que você está pensando em vérias coisas ao mesmo tempo.

*A chama que solta fagulhas no ar, indica que seu anjo colocará alguém no seu caminho

*Se a chama aparece em forma de espiral, indica que seus pedidos serão alcançados

*Um pavio que se divide em 2, significa que seu pedido foi feita de maneira dúbia

*Uma ponta brilhante no pavio, indica que você terá muita sorte e sucesso em seu pedido


-Ritual da Consagração do Cristal

Podemos consagrar e energizar um cristal com o poder de cura dos Deuses, e para isto temos o Ritual de Consagração do Cristal descrito a seguir. Adquira um cristal, duas velas brancas para o Altar, uma tigela com água fresca (de chuva), um prato de areia, terra ou sal, um incensório contendo incensos de Olíbano, Mirra, Noz Moscada, Patchuli, Rosa, Açafrão ou Sândalo.

Realize este ritual numa noite de Lua cheia para limpar o cristal das influências negativas e carregá-lo somente com o poder de cura dos Deuses. Prepare seu Altar, colocando uma vela em cada lado e acenda-as.

Disponha a tigela de água, o prato de terra, o incensório ao centro e acenda o incenso.

Agora pegue o Cristal com sua mão direita e passe-o pela fumaça do incenso escolhido enquanto diz:

“Pelo poder da Deusa e pelo e místico elemento Ar eu consagro e dedico este Cristal como instrumento mágico de cura.”

Coloque delicadamente o cristal no prato de areia, terra ou sal e diga:

“Pelo poder do Deus Cornífero e pelo antigo e místico elemento Terra eu consagro e dedico este Cristal como instrumento mágico de cura.”

Atire algumas gotas de água sobre o Cristal e diga:

“Pelo poder do Universo e pelo antigo e místico elemento Água eu consagro e dedico este Cristal como instrumento mágico de cura.”

Mova o Cristal de leste para oeste num círculo em torno da chama de cada vela, enquanto diz:

“Pelo poder do amor e pelo antigo e místico elemento Fogo eu consagro e dedico este Cristal como instrumento mágico de cura. Que este Cristal de poder trabalhe pelo meu bem e pelo bem de todos. Assim seja. “

Após ter realizado este ritual, coloque o Cristal entre as palmas das suas mãos para que se harmonize com sua aura e consciência Espiritual. Respire gentilmente sobre ele enquanto lhe dirige seus pensamentos e intenções. O Cristal imantado então responderá à energia da sua vontade.

“Pelo poder do Deus Cornífero e pelo antigo e místico elemento Terra eu consagro e dedico este Cristal como instrumento mágico de cura.”

Atire algumas gotas de água sobre o Cristal e diga:

“Pelo poder do Universo e pelo antigo e místico elemento Água eu consagro e dedico este Cristal como instrumento mágico de cura.”

Mova o Cristal de leste para oeste num círculo em torno da chama de cada vela, enquanto diz:

“Pelo poder do amor e pelo antigo e místico elemento Fogo eu consagro e dedico este Cristal como instrumento mágico de cura. Que este Cristal de poder trabalhe pelo meu bem e pelo bem de todos. Assim seja. “

Após ter realizado este ritual, coloque o Cristal entre as palmas das suas mãos para que se harmonize com sua aura e consciência Espiritual. Respire gentilmente sobre ele enquanto lhe dirige seus pensamentos e intenções. O Cristal imantado então responderá à energia da sua vontade.


-Ritual da Lua

Puxar a Lua para baixo Esse Ritual deve ser feito antes de um Sabá ou Feitiço. Sente-se com a coluna ereta, imagine que uma Grande Lua Cheia está sobre a sua cabeça e invade todo o seu corpo. Mantenha essa visualização de olhos fechados por alguns minutos.

Depois, se estiver num espaço aberto, olhe para a Lua, se estiver em um espaço fechado, abra os olhos e relaxe por alguns instantes. Esse Ritual é feito somente por mulheres.

Para o homem, é mais comum imaginar ou fazer incidir o reflexo da Luz no espelho, para depois imaginar que essa Luz entra pelo Chackra Frontal - (espaço entre as sobrancelhas ) .


-Ritual da prosperidade 2

À noite, na hora de dormir, coloque embaixo do travesseiro um bilhete com seu pedido e diga:

"Querida Deusa da Terra, preciso de sua ajuda. Enquanto durmo sei que está trabalhando para atender meu pedido. Sei que quanto mais me dôo, mais recebo".

Numa Quinta-feira, pegue uma vasilha cheia de moedas, um vaso de flores e acenda uma vela verde e pense na proteção e sorte, na expansão financeira que Júpiter pode lhe proporcionar. Olhando a chama da vela, diga para si mesmo:

"Estou aberto e receptivo para toda a abundância que há no Universo".

Sinta que tudo flui para você agora e sempre.

Numa Quinta-feira, unte uma vela verde com óleo de Eucalipto, acenda-a e visualize-se sentado no alto de uma montanha. Faça o seu pedido, e veja-o realizado.

Na sua próxima refeição use um pouco de pimenta vermelha seca e reforce seus pensamentos para que você esteja no alto, tendo obtido sucesso.


Ritual de Prosperidade


*Primeiro

Abra um circulo magico com galhos de trigo e 8 velas amarelas, dentro do circulo numa tigela de barro ( ou em seu caldeirão ), misture um punhado de folhas frescas de manjericão, um copo de mel e algumas violetas secas (use somente as flores). Amasse bem os ingredientes, enquanto pede mentalmente a tranqüilidade financeira ( ou o desejo ) que você tanto deseja. Coloque essa mistura num prato branco novo e, bem no meio, acenda uma vela dourada. Deixe a vela num lugar alto (acima da sua cabeça) e, depois que ela acabar de queimar, enterre tudo ao pé de uma árvore frondosa.

*Segundo

No primeiro dia da lua crescente, ponha algumas flores amarelas num vaso de cristal com um pouco de água mineral ou de fonte. Bote o vaso na janela, exatamente na hora do anoitecer, e deixe-o por toda a noite. Recolha-o antes de o Sol nascer. Repita esse processo até o dia em que entrar a lua cheia, quando as pétalas das flores devem ser recolhidas e guardadas numa pequena caixa. Faça isso todos os meses, sempre guardando as pétalas. No final do ano, leve-as a um jardim e deposite-as debaixo das plantas agradecendo a prosperidade recebida

*Terceiro

Segure um terço na mão direita e 1 vela amarela na mão esquerda . Fique num lugar sem nenhum barulho , concentre-se e erga as mãos para o ceu . Com toda sua fé, faça seu pedido .Pegue a vela e acenda, deixando queimar inteirinha . Guarde o terço sempre com você .

*Quarto

Pegue 32 colheres de sopa de alcool , 20 gotas de água de rosa e 10 gotas de essencia de lavanda . Junte a estes ingredientes algumas petalas de rosa branca . Concentre-se e repita mentamente - Pelo poder de Jupiter , que atrair fortuna e exito nos negocios , concursos , que essa formula magica , traga abundancia e prosperidade . Deixe por 1 dia o preparado nos cantos dos comodos de sua casa .


-Ritual da prosperidade

Faça um saquinho com um tecido verde. Na noite de Lua Cheia, prepare o Altar com o Caldeirão no meio, Incenso do lado Leste, uma vasilha com Mel e Leite do lado Oeste, uma Maçã do lado Norte e uma vela verde no lado Sul. Ponha Camomila ou Verbena dentro do Caldeirão. Implore aos Deuses, aos Elfos, aos Anões Antigos:

"Seres vestidos de Seda e Peles, dou-lhes de presente o Mel e Leite, como agradecimento por me ajudar a encontrar Boa Sorte e Prosperidade".

Guarde as ervas no saquinho verde, amarre e passe o saquinho pela fumaça do Incenso e diga:

"Abençoa à todos os que vêm me ajudar, entre amigos fizemos uma troca".

Tenha sempre o saquinho junto de si. Leve o Mel para fora de casa, deixe-o passar uma noite no sereno. No dia seguinte, despeje-o na Terra


-Ritual da água e do vinho

Coloque uma pedra de ametista numa jarra com partes iguais de água mineral e vinho tinto. Deixe a pedra repousar ali por algumas horas. Perfume o banheiro com o incenso de sua preferência e tome um bom banho quente. Após o banho, derrame o conteúdo da jarra sobre seu corpo, sem deixar cair a ametista. Este é um poderoso banho de proteção para começar bem um dia de muitas atividades.

-Ritual de adoração e invocação à grande Deusa

O Ritual da Lua Cheia é um forte, que nos coloca em sintonia com a Grande Mãe. Você vai precisar:

- duas velas brancas
- um sino
- vinho
- Uma Taça

Trace o Círculo Mágico. De frente ao seu altar diga:

“ESTA É A ÉPOCA DA LUA CHEIA, UM MOMENTO DE GRANDE PODER POSITIVO, UM MOMENTO DE FELICIDADE E CONQUISTA. SOU EU, SEU FILHO, QUE EM AMOR E ADORAÇÃO, ESTOU DIANTE DE TI E COMO SEU FILHO TI PEÇO QUE ESTEJA COMIGO AGORA E SEMPRE PERMITA-ME SENTIR SUA PRESENÇA, NESTA NOITE DE MAGIA E PODER, ME INVADINDO E ME PREENCHENDO. "

Vá ao leste com o sino. toque-o uma vez e diga:

“PODERES DO AR, AUXILIEM-ME A SENTIR A FORÇA DA SENHORA DENTRO DE MINHA MENTE. "

Vá ao sul. toque-o sino e diga

"PODERES DO FOGO, DEIXE-ME SENTIR A FORÇA DA SENHORA DENTRO DE MEU ESPÍRITO INFINITO. "

Vá ao oeste. toque o sino e diga:

"PODERES DA ÁGUA, DEIXE-ME SENTIR A FORÇA DA SENHORA DENTRO DE MEUS SENTIMENTOS, DE MINHAS EMOÇÕES, DE MINHAS RAZÕES. "

Vá ao norte. Toque o sino e diga:

"PODERES DA TERRA, DEIXE-ME SENTIR A FORÇA DA SENHORA EM MEU CORPO. "

Quando você se sentir pronto, volte-se para o norte, levante os braços para o alto acima da cabeça e diga com força:

"GRANDE MÃE! SENHORA DA LUA E DA LUZ, SEHORA DOS MISTÉRIOS E DA MAGIA, TU, QUE ILUMINAS A TERRA COM TUA INFINITA LUZ TU, E SOMENTE TU, ÉS O COMEÇO O MEIO E O FIM, ABRIGA-ME AGORA EM TEU VENTRE VENHA ATÉ MIM E PREENCHA-ME COM SUA PRESENÇA.”

Após ter dito isto, sente-se no meio do círculo, feche os olhos e concentre-se, centre-se e visualize a Grande Mãe vindo até você. Sinta a presença dela, a ponto de senti-la respirar cada vez mais próximo de você Quando conseguir sentir a respiração dela próximo de você, então você estará pronto para confidenciar-lhe seus desejos, seus medos e tudo aquilo que quiser desabafar. Quando terminar, diga:

"A TI, E SOMENTE A TI, DOU TODA HONRA E TODO MEU AMOR. DEUSA DA VIDA, DA LUZ E DO AMOR A TI DEUSA DE TODOS OS DEUSES... Erga a taça com o vinho e diga: “BRINDO A ALEGRIA DE SER SEU FILHO! "

Desfaça o Círculo Mágico.


-Ritual de amor

Trevo de Quatro Folhas No Antigo Egito, o trevo de quatro folhas era considerado símbolo de Ísis, a Grande Deusa, e utilizado nos Rituais de Iniciação e em Rituais para o Amor e para a Sorte.

Se você encontrar um trevo de quatro folhas e quiser fazer um talismã para o amor, proceda da seguinte forma: Apanhe-o, agradecendo aos espíritos por tê-lo feito achar, e não o mostre a ninguém. Escreva com tinta vermelha numa folha de papel branco, seu desejo de amor, quer se trate de encontrar o amor ou se refira a uma pessoa em especial.

Seja conciso e preciso no pedido.

Embrulhe o trevo com o papel e coloque-o dentro de um envelope verde. Esconda-o em um lugar secreto e todas as noites, antes de se deitar, segure com as mãos a folha de papel que contém o trevo, concentrando-se no seu desejo. Antes de recolocá-lo no envelope, diga estas palavras:

"Ísis, Grande Deusa, eu, (seu nome), agradeço-te o presente que me deste e rogo-te para que satisfaças o meu grande desejo de amor. Guardarei este teu símbolo, mesmo quando tiver conseguido aquilo que desejo, em nome do amor que tenho por ti. Obrigado, Minha Senhora".

Satisfeito o desejo, retire o trevo da folha de papel e coloque-o novamente no envelope.


-Ritual de autodefesa pisíquica


Você já deve ter se sentido fraco ou incapaz de se concentrar diante de uma certa pessoa. Essa situação as vezes pode acontecer com algum amigo com problemas, ou até mesmo constantemente com uma certa pessoa que não tem aparente motivo para "sugar" sua energia.

É importante saber agir em situação que você sente sua energia saindo sem seu consentimento.

Muitas vezes não se tratam de vampiros energéticos ou criaturas "malignas", e sim pessoas susceptíveis a energias.

Segue abaixo um texto de como evitar discretamente que sua energia saia de seu corpo.

Fique de lado, de forma a não ficar diretamente de frente para a pessoa e, quando encontrar o olhar fixo, concentre-se apenas do olho esquerdo da pessoa.

Cruze as pernas ou pelo menos os tornozelos, cruze os braços e mantenha-se cruzados se possível na parte superior do abdômen.

Fala ligeiramente para o lado e, quando não estiver falando, fique com a boca fechada e com a cabeça levemente inclinada para a frente.

No conjunto, essa é uma "autodefesa psíquica" muito discreta que pode ser usado em qualquer lugar sem chamar atenção.

O bom senso, sem dúvida, é evidente. Você não deve se relacionar diretamente com a pessoa da qual está se defendendo, na sua posição corporal. Com relação ao olho esquerdo da outra pessoa, você não deve estar receptivo a qualquer sugestão mental para mudar sua postura: o olho direito é o dominante. Se você se concentra no olho esquerdo da pessoa que está a sua frente (ou seja, o olho que está a frente para seu olho direito!) você não poderá ser facilmente dominado e também ninguém dirá que você está evitando o olhar. A região "astro-sensitiva" da parte superior do abdômen também é bem protegida


-Ritual de Auto-Iniciação

O Ritual de Auto-Iniciação é um compromisso entre você e os Deuses, portanto deve ser feito em absoluta solidão. Escolha uma Lua Cheia, próxima de seu aniversário, se possível, vá para um lugar próximo à Natureza. Uma casa de campo ou praia é o ideal.

No dia do Ritual, procure estar em contato com a Natureza. Tire o dia para descansar. Afaste-se um pouco da televisão, dos jornais e de todas as fontes de notícias negativas. Esqueça as contas, os problemas de família e tire o fone do gancho. Escolha um local onde você não seja interrompido. Antes do Ritual, limpe cuidadosamente o local onde ele será realizado, mentalizando que todas as energias negativas estão saindo juntamente com a poeira. Tome um banho relaxante. Um banho com pétalas de rosa e algumas gotas de perfume é o ideal. Este Ritual pode ser feito ao ar livre, mas como a pessoa deve estar nua, eu acho melhor fazê-lo num recinto fechado para não atrair curiosos, e, principalmente, para não ter problemas com a Polícia! Você pode seguir à risca o Ritual abaixo, ou usá-lo como base para criar o seu próprio Ritual, o que é bem melhor, pois você deve usar as suas próprias palavras para se dirigir aos Deuses sem ficar copiando ou simplesmente decorando textos de terceiros. Os Materiais necessários para o Ritual são os seguintes:

• Uma vela preta representando a Deusa
• Uma vela branca representando o Deus
• Quatro velas para os Quadrantes, sendo uma vela preta para o Norte, uma vela branca para o Leste, uma vermelha para o Sul e uma azul para o Oeste (essas são as cores da tradição Celta, se você quiser, pode mudá-las)
• Incensório com incenso do seu agrado
• Um pires de Sal Marinho
• Uma vasilha com água de fonte, de rio ou água mineral. Procure não usar água de torneira
• Um Athame ou qualquer punhal de sua escolha
• Um cálice de Vinho Tinto (caso você não possa tomar bebidas alcoólicas, substitua por suco de maçã ou água)

O Ritual deve ser feito após o crepúsculo. deixe que o local escolhido receba a luz da Lua por alguns minutos. No dia do Ritual, procure não comer carne e nem tome drogas de espécie alguma. Faça um jejum ou coma frutas e verduras. Quando for para o Círculo, tenha a certeza de que levou o material necessário para não ter que sair e interromper o Ritual. Se houver outras pessoas na casa, peça para que você não seja interrompida durante aquele período. Durante o Ritual, você deve estar nua, sem jóias ou qualquer adorno. Os cabelos ficam soltos se forem compridos. O objetivo do Ritual é nos apresentarmos aos Deuses da forma mais natural possível. Acenda as velas em seus respectivos Quadrantes, que devem ser determinados com uma bússola antes do Ritual. Monte o Altar ao Norte, com a vela da Deusa à esquerda e a vela do Deus à direita. No Altar também devem estar o Cálice, o Athame, o sal, a água e o incenso, que deve ser aceso na vela da Deusa. Você também pode colocar no Altar coisas que sejam importantes para a sua vida e outros objetos de seu agrado. Lembre-se que a liberdade é a essência da Bruxaria!
Apague as luzes e deixe que somente a luz das velas ilumine o aposento. Segure o Athame com ambas as mãos e trace o Círculo no sentido horário, começando pelo Norte, e diga com energia e máxima concentração:

"- Em nome da Deusa e do Deus, eu traço este Círculo de proteção! Dele nenhum mal sairá. Dentro dele, nenhum mal poderá entrar. Pelos guardiões dos Quatro Quadrantes da Terra, eu convido todos os Elementais da Terra, do Ar, do Fogo e da Água para que entrem nesse Círculo e me auxiliem nessa iniciação."

Volte ao Norte, beije a Lâmina do seu Athame e coloque-o novamente no Altar. Pegue o Sal, jogue três punhados na Água e diga:

"- Abençoado seja o Sal que purifica esta Água!"

Segure a vasilha com a Água salgada e dê três voltas ao redor do Círculo, em sentido horário, enquanto deixa cair algumas gotas no chão. Volte ao Norte e diga:

"- Da mesma forma que o Sal purificou a Água, que minha vida seja purificada pelo Amor da Grande Mãe!"

Pegue o Incenso e dê três voltas ao redor do Círculo, no sentido horário, volte ao Norte e diga:

"- Abençoada seja esta Criatura do Ar, que leva até os Deuses a minha oferenda de Alegria!"

Fique de fronte para o Altar e diga:

"- Eu (diga seu nome completo), compareço diante dos Deuses de minha livre e espontânea vontade, abrindo meu coração para as verdades e ensinamentos da Wicca. Juro perante os Deuses jamais usar meus conhecimentos para prejudicar qualquer criatura viva ou para finalidades egoísticas. Juro nunca fazer em meus Rituais de Wicca nada que cause dor, sofrimento, humilhação ou medo a nenhuma criatura viva. Juro defender meus irmãos e irmãs na Arte, bem como divulgar a Wicca para todos os que desejarem aprender, sem jamais tentar converter ninguém às minhas crenças ou menosprezar as crenças alheias. Juro amar o Planeta Terra, procurar sempre harmonia com toda a Natureza, e, acima de tudo, colocar sempre a vida humana acima de interesses materiais. Juro nunca prejudicar meus irmãos da Arte ou revelar seus nomes mágicos, embora eu tenha o direito e a obrigação de me defender contra energias ou pessoas negativas que queiram me prejudicar ou fazer mal aos que eu amo. A partir de agora, não existe nenhuma parte de mim que não seja dos Deuses; portanto, meu corpo é sagrado. Nenhuma parte dele é impura ou vergonhosa. Meu corpo merece todo o respeito, como fonte divina de vida e prazer. A partir de agora, a verdadeira autoridade sobre mim virá somente dos Deuses. Não aceitarei nenhum tipo de opressão, nem ficarei ao lado dos que oprimem meus semelhantes em busca de poder. A partir de hoje, lutarei para que a Justiça do Deus e Amor da Deusa sejam estabelecidos na Terra. Assim seja!"

Pegue o Cálice, derrame um pouco de vinho no chão e diga:

"- Da mesma forma que este vinho se derramou, que o poder seja tirado de mim se eu não cumprir meu juramento!"

Molhe o dedo no vinho, desenhe um Pentagrama no ponto entre as sobrancelhas e diga:

"- Que meus pensamentos sejam guiados pela Luz dos Deuses!"

Molhe o dedo novamente, e desenhe um Pentagrama em cada Pálpebra, dizendo:

"- Que meus olhos vejam o Poder dos Deuses em toda a Natureza."

Molhe o dedo, desenhe um Pentagrama em sua boca, dizendo:

"- Que todas as minhas palavras sejam para propagar o Amor dos Deuses."

Molhe o dedo e trace um Pentagrama em seu coração, dizendo:

"- Que a Grande Mãe esteja em meu coração, para que eu tenha compaixão por todos os seres humanos e por todas as criaturas."

Molhe o dedo e trace um Pentagrama na Região Sexual, dizendo:

" - Que meu sexo seja abençoado pelos Deuses, para que haja fertilidade em minha vida."

Molhe os dedos e trace um Pentagrama em cada um de seus pés, dizendo:

"- Que meus pés me levem pelos caminhos da Felicidade, e que os Deuses guiem todos os meus passos."

Segure o Cálice com ambas as mãos, beba o Vinho, deixando um pouco no fundo, e diga:

"- Este é o Útero da Grande Mãe. Dele eu vim, e para ele eu voltarei com Alegria! Que assim seja, para o bem de todos!"

Jogue o resto do vinho no chão.

O Ritual em si está terminado, mas você ainda pode ficar mais alguns minutos no Círculo para meditar sobre a Bruxaria e todas as promessas assumidas.

Obs.: se você quiser assumir um nome mágico, assim que derramar o vinho no chão, diga: "- De agora em diante, meu nome perante os Deuses é (diga seu nome mágico)." Este nome deverá ser conhecido somente por você! Dentro de Um Ano e Um Dia, você poderá fazer um novo Ritual para confirmar seus votos, mantendo ou alterando seu Nome Mágico.

O Ritual de Auto-Iniciação é uma data de muita alegria; portanto, não fique preocupada se errar algumas palavras ou esquecer alguma coisa. Nem precisa ficar preocupada se você não souber falar palavras bonitas. O mais importante é o que está em seu coração, e os Deuses conhecem muito bem as palavras sinceras. Se você não tiver os materiais necessários ou um ambiente propício, improvise dentro das suas condições. Use a imaginação, pois o mais importante é o Amor e a Devoção pelos Deuses!


-Ritual de posse

Quando você muda para uma casa nova (seja própria ou alugada), o ideal é impregná-la com sua própria energia. Muitas vezes "coisas estranhas" acontecem porque o ambiente está carregado com a energia dos outros. Realize então o Rituas da Tomada de Posse. Ele consiste em caminhar por todos os cômodos da casa segurando uma vela acesa. Depois, pára-se na sala e anuncia-se quem são seus novos habitantes, a quem a casa pertence agora. Apaga-se a vela e brinda-se com vinho ou suco natural de uvas.

-Ritual do animal guardião

Deite-se num lugar tranqüilo, faça uma contagem de 7 a 1, procurando relaxar todo o corpo. Imagine-se entrando numa caverna escura, onde encontrará vários animais. Pergunte à cada um deles, se é o seu Animal Guardião. Se o Animal ficar em silêncio e ir embora, a resposta é negativa. O Animal que lhe responder será o seu Guardião, por toda a vida.

Não revele à ninguém o seu Guardião!


-Ritual do Terceiro Olho

Realize esse ritual pagão para aprimorar os poderes psíquicos três dias antes da lua cheia e, preferivelmente, quando ela estiver nos signos astrológicos de Câncer, Peixes ou Escorpião.

Comece preparando um chá mágico bem forte de artemísia ou mil-folhas (ervas que estimulam os sentidos psíquicos) e ascenda 13 velas votivas de cor purpura para ajudar a atrair as influências psíquicas. Tome o chá e olhe fixamente para um espelho mágico, uma bola de cristal ou uma pirâmide de cristal enquanto entoa três vezes o seguinte encantamento:

EU TE INVOCO, OH ASARIEL, ARCANJO DE NETUNO E GOVERNANTE DOS PODERES DA CLARIVIDÊNCIA. EU TE PEÇO QUE ABRAS O MEU TERCEIRO OLHO E QUE ME MOSTRES A LUZ OCULTA. PERMITA-ME VER O FUTURO. PERMITA-ME VER O PASSADO. PERMITA-ME PERCEBER OS DIVINOS REINOS DO DESCONHECIDO. PERMITA-ME COMPREENDER A SABEDORIA DO SAGRADO UNIVERSO. ASSIM SEJA.

Após isso, relaxe, respire lentamente e se concentre para abrir o Terceiro Olho. Não permita que pensamentos negativos contaminem a sua mente.

O terceiro Olho, chakra invisível localizado no centro de sua testa, acima do espaço entre as sombrancelhas, é a ponte de poder mais elevada do corpo humano, da visão sobrenatural e da clarividência.


-Ritual mágico da reconciliação

Diante de uma situação mal resolvida com alguém e que você precise de ajuda para pedir perdão, coloque duas folhas de árvores diferentes em um mesmo envelope. Entre elas, uma folha de seda verde com seu pedido de desculpas anotado. Depois queime tudo em uma vela verde. O mundo mágico vai preparar os caminhos dessa reconciliação.

-Ritual para a intuição

Faça um chá de roseira, sente-se em uma cadeira confortável, enquanto toma o chá, pense em algumas pessoas que possam estar precisando de sua ajuda. Sinta uma onda de sentimentos delicados saindo de você e indo para elas.

-Ritual para a proteção

Faça um Altar para a sua família. Pegue uma Druza de Cristal. Projete em cada ponta do cristal a imagem das pessoas que você deseja proteger. Elas ficarão ali representadas. Cada vez que você lavar a Druza, reforce a programação, todas as Quintas-feiras, acenda um Incenso, permeie o cristal com sua fumaça, e deixe-o queimando ao lado.


-Ritual para apresentar seu nome

Monte seu altar. Se o seu nome tiver um símbolo que o represente, coloque-o no altar. Por exemplo, se seu nome for aguia selvagem, você pode colocar no altar uma pena para simbolizar seu nome.

No mesmo altar, deixe a mão papel (pergaminho de preferencia), uma caneta e um espelho. Deixe à mão, também, velas, incenso, água mineral e sal marinho, e se preferir, um instrumento musical que tenha preferencia, ou um cd com a música que desejar. (não vale heavy metal ou Britney Spears...rs)

Abra seu círculo, chame os quadrantes convide as Deidades e diga o seguinte:

Eu ........... (diga o antigo nome) uso este nome pela última vez. Eu cresci, eu mudei.

Eu evolui para a pessoa que se apresenta perante vocês neste momento. Já não sou mais ................ e já não tenho mais laços com este antigo nome que morreu na hora em que eu renasci.

Vá até o altar e escreva seu novo nome no papel. Passe o papel pela fumaça do incenso dizendo:

Que.......................... (seu novo nome) seja consagrado pelos poderes do AR. Que o Ar me dê a força do intelecto, a claridade da visão a pureza do amanhecer no primeiro instante em que eu tiver da nova vida.

Segure o papel sobre a vela (cuidado para não pegar fogo)

Que.......................... (seu novo nome) seja consagrado pelos poderes do Fogo. Que o Fogo me dê determinação, força e a energia existente em suas faíscas, durante toda a minha nova vida..

Borrife sobre o papel a água e diga:

Que.......................... (seu novo nome) seja consagrado pelos poderes do Água. Que a água me dê a suave intuição, a profunda compreensão e a consciência dos mais profundos mistérios durante toda esta nova vida que nasce.

Enterre o papel no sal marinho dizendo:

Que.......................... (seu novo nome) seja consagrado pelos poderes da Terra. Que a Terra me dê força e solidez, que me conecte com as energias da Mãe. Que me presenteie com uma consciência nova livre do temor das noites escuras.

No caldeirão, queime o papel dizendo em voz bem firme:

Eu sou ............... (nome novo)! Ar, Fogo, Água e Terra confirmo meu nome com orgulho. Eu sou .............! Eu sou ....................! Eu sou ...................!

Dirija-se para cada ponto cardeal e diga:

Norte Eu sou ................... que o senhor me conheça a partir de agora!

Sul, eu sou ................... que o senhor me conheça a partir de agora!

Leste, Eu sou ................... que o senhor me conheça a partir de agora!

Oeste, eu sou ................... que o senhor me conheça a partir de agora!

Fique diante do altar e invoque pela Deusa e invoque o Deus

Amada Deusa (repetir para o Deus), peço que abençoe, a nova criança que se apresenta diante de vós. Que abençoe meus passos daqui por diante, pois, a partir de agora sou seu filho. Que só terá boca para pronunciar seu Nome. Só terá olhos para ver o brilho de vós. Me abençoe Mãe. Me abençoe Pai.A partir deste momento eu sou .................!

Feito isto, perca um tempo meditando no que acabou de fazer. Escute sua música, se olhe no espelho e repita seu nome. Encerre o ritual de modo habitual.



-RITUAL PARA ATRAIR AMOR:



*9 velas rosas

*1 quatzo rosa

*1 incenso de canela

*óleo de rosas

*papel e caneta

Numa noite de lua cheia escreva seus desjos de amor no papel. Energize as velas com o óleo de rosas. Num lugar tranquilo, ascenda as velas formando um círculo, ascenda o incenso e sente no centro do círculo. Faça qualquer oração que conheça, e mentalize as chamas aquecendo seu coração e tornando você um ser amoroso que merece amar e ser amado. Passe o quartzo 3 vezes no incenso. Então diga: "eu atraio o amor". Sopre o quartzo e deixeo em cima de seu desejo anotado. Peça licensa e saia do círculo.

No outro dia queime o papel e jogue suas cinzas no vento. O resto das velas jogue em água corrente. Carregue sempre comsigo o cristal, e você passará a emanar uma aura amorosa que atrairá pessoas como uma fogueira no inverno.



-RITUAL PARA DESPERTAR A VIDÊNCIA



*1 vela azul

*1 um incenso

Ascenda a vela e o incenso. De pé, crie um circulo mágico com visualisação. Invoque o Deus e a Deusa, pedindo para que desperte sua vidência. Deite-se de forma que a vela fique acima de sua cabeça (cuidado para não por fogo nos cabelos), faça profundas respirações durante 30 minutos. Levante-se e anote tudo o que sentiu num caderninho, ou no grimório.



- RITUAL PARA LIMPAR A AURA


Em uma noite de lua minguante, ferva 1 litro de água em seu caldeirão ( ou uma panela de vidro), quando a água começar a ferver, jogue um galho de arruda, um de alecrim, e um de guiné. Deixe a mistura ferver por uma hora. Depois vem o passo seguinte: coe o líquido e jogue da cabeça aos pés após o banho normal, imagine toda a energia negativa se dissolver e escorrer pelo ralo.

É recomendável repetir este ritual por 3 dias seguidos, sendo que no quarto dia você deverá acrescentar pétalas de 3 rosas brancas ao preparo, e proceder da mesma forma.



-Ritual para o Samhain

Lembre-se:

- Este é apenas uma sugestão, sobre ele você pode se basear para criar seu próprio ritual. O que, sem sombra de dúvida, é muito legal...dar seu toque pessoal. Você pode também adaptá-lo para fazer com várias pessoas.

- Se estiver acompanhado com outras pessoas explique sem que tenha conotação catequisadora sobre o significado e o que fará. Integre as pessoas no ritual é muito chato fazermos coisas sem sabermos ao certo o que estamos fazendo.

VAMOS LÁ! Antes do ritual, sente-se em silêncio e pense nos amigos e nas pessoas que não mais estão entre nós. Não se desespere, tenha a certeza de que partiram para coisas melhores. Tenha firme em mente que o plano físico não é a realidade absoluta, e que a alma jamais morre. Prepare o altar, acenda as velas e o incenso, forme o círculo. Recite o Canto das Bênçãos:

“MARAVILHOSA DAMA DA LUA VOCÊ QUE SAÚDA O CAIR DA NOITE COM BEIJOS PRATEADOS SENHORA DA NOITE E DE TODA A MAGIA QUE CAVALGA NAS NUVENS EM CÉUS ESCUROS E DERRAMA LUZ SOBRE A TERRA FRIA Ó DEUSA LUNAR QUE TECE E DESFAZ AS SOMBRAS REVELADORA DOS MISTÉRIOS DO PASSAO E DO PRESENTE QUE MOVE OS MARES E CONTROLA AS MULHERS SÁBIA MÃE LUNAR EU SAÚDO SUA JÓIA CELESTE NO CRESCER DE SEUS PODERES COM UM RITO EM SUA HONRA EU ORO SOB A LUA”

Agora Invoque a Deusa e o Deus:

"GRACIOSA DEUSA, RAINHA DOS DEUSES LANTERNA DA NOITE CRIADORA DE TUDO O QUE É SILVESTRE E LIVRE; MÃE DE HOMENS E MULHERS AMANTE DO DEUS E PROTETORA DE TODOS OS WICCANOS COMPAREÇA, EU PEÇO COM SEU RAIO LUNAR DE PODER CÁ EM MEU CÍRCULO!
DEUS BRILHANTE REI DOS DEUSES, SENHOR DO SOL MESTRE DE TUDO O QUE É SILVESTRE E LIVRE; PAI DOS HOMENS E DAS MULHERES AMANTE DA DEUSA LUA E PROTETOR DOS WICCANOS COMPAREÇA, EU PEÇO COM SEU RAIO SOLAR DE PODER, CÁ EM MEU CÍRCULO.”

Erga uma das romãs e, com sua recém-lavada faca de cabo branco, perfure a casca da fruta. Remova diversas sementes e coloque-as em um prato (preferencialmente com a roda de oito aros. Erga seu bastão, volte-se para o altar e diga:

“NESTA NOITE DE SAMHAIN ASSINALO SUA PASSAGEM, Ó REI SOL, ATRAVÉS DO POENTE RUMO À TERRA DA JUVENTUDE, ASSINALO TAMBÉM A PASSAGEM DE TODOS OS QUE JÁ PARTIRAM, E DOS QUE IRÃO POSTERIORMENTE. Ó GRACIOSA DEUSA, ETERNA MÃE, QUE DÁ À LUZ OS CAÍDOS, ENSINA-ME A SABER QUE NOS MOMENTOS DE MAIOR ESCURIDÃO SURGE A MAIS INTENSA LUZ”.

Distribua ou prove sozinho (se estiver celebrando solitário) as sementes de romã. Acenda um fogo dentro do caldeirão, sente diante dele, segurando o papel, observando suas chamas. Diga em voz alta:

“Ó SÁBIA LUA, DEUSA DA NOITE ESTRELADA, CRIEI ESTE FOGO DENTRO DE SEU CALDEIRÃO PARA TRANSFORMAR O QUE ME VEM ATORMENTANDO QUE AS ENERGIAS SE REVERTAM DAS TREVAS, LUZ! DO MAL, O BEM! DA MORTE O RENASCIMENTO!”

Ateie fogo ao papel com as chamas do caldeirão e jogue-os em seu interior. Enquanto queima, saiba que seu mal diminui, reduzindo-se e finalmente o abandonando ao ser consumido pelos fogos universais. ( Os fogos universais = o caldeirão, visto como a Deusa). Se estiver com mais pessoas, espere que todas queimem seus papéis. Se houver papéis com nome das pessoas que já partiram, você pode adaptar ou criar algo parecido como o descrito acima para queimá-los. Depois disto feito, se quiser, poderá tentar visualizar em bolas de cristal ou usar outras formas de adivinhação. Trabalhos de magia, se necessários, podem seguir, Celebre o banquete simples.

Desfaça o círculo.

(Extraído do livro de Scott Cunningham – Guia Essencial da Bruxa Solitária)


Ritual para os 4 elementos


Sempre que quiser realizar algum desejo ou harmonizar seu lar faça um pequeno altar em homenagem aos elementos

Para as Salamandras ascenda uma vela;

Para os Silfos ascenda um incenso;

Para os gnomos coloque uma pedra;

Para as Sereias água com essência.

Depois faça a seguinte oração:

Em nome do amor e da Magia que eu realize sem demora o que mais desejo agora

Em nome da água que a tudo permeia da terra que à tudo dá forma do ar que à tudo clareia do fogo que à tudo transforma.



-Wiccaning: o ritual de batismo

Este ritual de "batismo" extraído do livro de Janet & Stewart Farrar deve ser utilizado apenas como modelo...como base para que você crie o seu próprio Wiccaning. Use sua criatividade e seu coração!

WICCANING

Ritual de bruxaria correspondente ao batismo cristão

"Os cristãos, quando batizam seus filhos, o fazem em geral com a intenção de compromissá-los com o cristianismo, de preferência perpetuamente - e ao próprio ramo particular de cristianismo dos pais. Espera-se via de regra que os filhos endossarão tal compromisso, ratificando-o quando tiverem idade suficiente para aquiescer conscientemente (embora sem maturidade para discernir). Para sermos justos, esses pais - quando não estão meramente acatando uma convenção social - amiúde assim agem porque sinceramente acreditam que isso é essencial para a segurança das almas de seus filhos. Foram ensinados a crer nisso e freqüentemente mediante o medo.

Essa crença segundo a qual existe apenas um tipo de ingresso para o céu e que um bebê precisa recebê-lo com toda a rapidez para sua própria segurança é, evidentemente, estranha a Wicca. A crença de bruxas e bruxos na reencarnação a nega em todos os casos. Mas, independentemente disto, feiticeiras e feiticeiros sustentam o ponto de vista que era virtualmente universal antes da era do monoteísmo patriarcal, a saber, que todas as religiões são diferentes sendas de expressão das mesmas verdades e que a validade delas para qualquer indivíduo depende da natureza e das necessidades deste.

Uma cerimônia Wiccaning para a criança de uma família de bruxos não compromete, portanto, a criança com nenhuma senda em particular, mesmo uma pertencente a Wicca. É similar a um batizado no sentido em que invoca a proteção divina para a criança e ritualmente afirma o amor e o cuidado com os quais a família e os amigos desejam cercar o recém-chegado. Difere de um batizado no fato de especificamente reconhecer que, à medida que a criança se transforma num adulto, decidirá, e realmente terá que decidir, sobre sua própria senda.

Wicca é, acima de tudo, uma RELIGIÃO NATURAL - de modo que pais-bruxos tentarão naturalmente comunicar a seus filhos a alegria e realização que sua religião lhes proporciona, a família toda partilhando inevitavelmente do modo de vida vinculado a essa religião. Partilhar é uma coisa, impor ou ditar é outra, e longe de assegurar a "salvação" de uma criança, pode muito bem retardá-la - isto se, tal como as feiticeiras, você encarar a salvação não como uma espécie de transação instantânea, mas como um desenvolvimento ao longo de muitas existências

Compomos nosso ritual de Wiccaning dentro desse espírito e achamos que a maioria das bruxas e bruxos concordarão com tal postura.

Sabíamos que a idéia de Ter padrinhos - amigos adultos que manterão um interesse pessoal no desenvolvimento da criança - era uma idéia justificadamente popular e sentimos que uma cerimônia de Wiccaning deveria adotá-la também. A princípio chamamos esses amigos adultos de "Patrocinadores", a fim de evitar uma confusão com respeito à prática cristã. Mas reconsiderando o assunto posteriormente, percebemos que "patrocinador era uma palavra fria e que não havia motivo algum para que "padrinho" e "madrinha" (desde que god abarcasse goddess/ Padrinho em inglês é GODfather e madrinha GODmother) não servissem a bruxas e bruxos tanto como servem os cristãos. Afinal de contas, consideradas as diferenças de crença (e Deus sabe quanto os cristãos diferem entre si), inclusive a diferença de postura que já mencionamos, a função é a mesma.

Os padrinhos não têm de ser eles mesmos necessariamente bruxos, o que cabe aos pais decidir. Mas precisam, ao menos, simpatizar com a intenção do ritual e tê-lo lido integralmente de antemão, para assegurar que possam fazer as necessárias promessas com toda sinceridade (o mesmo se aplica, afinal, a bruxos e bruxas convidados por amigos cristãos para serem padrinhos num batismo cristão).

Se a Grã Sacerdotisa e/ou o Grão Sacerdote se prestam eles próprios a serem padrinhos, farão as promessas um ao outro nos momentos apropriados, durante o ritual.

PREPARAÇÃO

Se os membros do coven normalmente atuarem despidos, a decisão se assim participarão do ritual ou se farão vestidos caberá aos pais da criança. Num caso ou noutro, a Grã Sacerdotisa usará símbolos da Lua, e o Grã Sacerdote símbolos do Sol.
O círculo é marcado com flores e folhas verdes e o caldeirão colocado no centro, preenchido com as mesmas flores e folhas e talvez também de frutos. Coloca-se à disposição, no altar, óleo de consagração. Somente incenso leve deve ser usado - preferivelmente sob forma de bastão. Os presentes para a criança são postos ao lado do altar, bem como o alimento e as bebidas para uma pequena festa no círculo, depois do ritual.
Os pais devem escolher antecipadamente um "nome oculto" para a criança (isto é, em grade parte, para o próprio benefício da criança; crescendo numa família de bruxos, ele ou ela quase certamente apreciará ter um nome de bruxo ou bruxa particular tal como têm mamãe e papai - e se não for o caso, poderá ser discretamente esquecido até que e a menos que seu detentor queira usá-lo novamente).


O RITUAL PARA UMA MENINA

O Ritual de Abertura é realizado normalmente até o fim da invocação do "Grande Deus Cernunnos", exceto pelo fato de que todos, inclusive os pais e a criança, se colocam no círculo antes do traçado, sentamos num semicírculo próximos do caldeirão e olhando para o altar - cedendo lugar à Grã Sacerdotisa, para que esta trace o círculo em torno deles. Somente a Grã Sacerdotisa e o Grão Sacerdote ficam em pé para conduzir o Ritual de Abertura.

Para reduzir movimento excessivo, que poderia amedrontar a criança, a Grã Sacerdotisa traça o círculo com seu athame, e não com a espada, e ninguém se move com ela, ou imita seus gestos quando ela invoca os Senhores das Atalaias. Ela e o Grão Sacerdote carregam os elementos em torno.

Após a invocação do Grande Cernunnos, a Grã Sacerdotisa e o Grão Sacerdote consagram o vinho. Não o experimental, mas colocam o cálice no altar. O Grão Sacerdote, em seguida, posta-se diante do altar, encarando o caldeirão. A Grã Sacerdotisa fica pronta para entregar-lhe o óleo, o vinho e a água.

O Grão Sacerdote diz:

"ESTAMOS REUNIDOS NESTE CÍRCULO PARA PEDIR A BENÇÃO DO PODEROSO DEUS E DA GENTIL DEUSA PARA .....(NOME DA MENINA), A FILHA DE .................. E .................., DE MODO QUE ELA POSSA CRESCER EM BELEZA E FORÇA, EM ALEGRIA E SABEDORIA. HÁ MUITAS SENDAS, E CADA UM TEM DE ENCONTRAR A SUA, E PORTANDO NÃO BUSCAMOS LIGAR ..........(NOME DA MENINA) À NENHUMA SENDA, ENQUANTO ELA É AINDA DEMASIADAMENTE JOVEM PARA ESCOLHER.

PREFERIMOS PEDIR AO DEUS E A DEUSA, QUE CONHECEM TODAS AS SENDA E AOS QUAIS TODAS AS SENDA CONDUZEM, PARA ABENÇOÁ-LA, PROTEGÊ-LA E PREPARÁ-LA AO LONGO DOS ANOS DE SUA INFÃNCIA, DE SORTE QUE, QUANDO FINALMENTE FOR VERDADEIRAMENTE ADULTA, SAIBA ELA SEM ALIMENTAR DÚVIDAS OU MEDO QUAL SUA SENDA E PASSE A TRILHÁ-LA COM CONTENTAMENTO.

....................., MÃE DE ............(NOME DA MENINA), ADIANTA-SE COM ELA PARA QUE POSSA SER ABENÇOADA.

O pai ajuda a mãe a se levantar e ambos levam a criança ao Grão Sacerdote, que a toma em seus braços. Ele pergunta:

....................., MÃE DE ............(NOME DA MENINA),POSSUI ESTA TUA CRIANÇA TAMBÉM UM NOME OCULTO?

A mãe responde:

SEU NOME OCULTO É .....................

O Grão Sacerdote, então, unta a criança na testa com óleo, fazendo a marca de um pentagrama e dizendo:

EU UNTO A TI, ............(DIZER O NOME COMUM), COM ÓLEO E TE DOU O NOME OCULTO DE .......................

Ele repete a ação com o vinho, dizendo:

EU UNTO A TI, .............(DIZER NOME OCULTO), COM VINHO EM NOME DO PODEROSO DEUS CERNUNNOS.

Repete a ação com a água dizendo:

EU UNTO A TI, ..............(DIZER NOME OCULTO), COM ÁGUA EM NOME DA GENTIL DEUSA ARADIA.

O Grão Sacerdote devolve a criança à sua mãe e, então conduz os pais e a criança a cada uma das atalaias, dizendo:

VÓS SENHORES DAS ATALAIAS LESTE (SUL, OESTE, NORTE), COM EFEITO APRESENTAMOS A VÓS .....................(NOME COMUM), CUJO NOME OCULTO É ........................(DIZER NOME OCULTO) E QUE FOI DEVIDAMENTE UNGIDA DENTRO DO CÍRCULO DE WICCA. ESCUTAI, PORTANTO, QUE ELA SE ACHA SOB A PROTEÇÃO DE CERNUNNOS E ARADIA.

O Grão Sacerdote e a Grã Sacerdotisa tomam seus lugares voltados para o altar, com os pais e a criança entre eles. Erguem seus braços e invocam cada um por sua vez:

Grão Sacerdote:

PODEROSO CERNUNNOS, CONCEDE A ESTA CRIANÇA O DOM DA FORÇA;

Grã Sacerdotisa:

GENTIL ARADIA, CONCEDE A ESTA CRIANÇA O DOM DA BELEZA

Grão Sacerdote:

PODEROSO CERNUNNOS, CONCEDE A ESTA CRIANÇA O DOM DA SABEDORIA

Grã Sacerdotisa:

GENTIL ARADIA, CONCEDE A ESTA CRIANÇA O DOM DO AMOR;

O Grão Sacerdote, a Grã Sacerdotisa e os pais se voltam para encarar o centro do círculo, e o Grão Sacerdote então pergunta:

HÁ DUAS PESSOAS NO CÍRCULO QUE SE APRESENTARIAM COMO PADRINHOS DE ......................?

(OBS.: Se o sacerdote e a sacerdotisa estão se apresentando como padrinhos, ele perguntará, em lugar disso,:

HÁ ALGUÉM NO CÌRCULO QUE SE APRESENTARÀ COMIGO, COMO PADRINHOS DE.................?

e a Sacerdotisa responderá:

EU ME JUNTAREI A VÓS.

Em seguida eles olharão um para o outro e trocarão as perguntas e promessas). Os padrinhos deverão se adiantar e ficar de pé, a madrinha encarando o Sacerdote e o padrinho encarando a Sacerdotisa.

O Sacerdote pergunta para a madrinha:

TU, ............... PROMETES SER UMA AMIGA DE ................... AO LONGO DE SUA INFÂNCIA, NO SENTIDO DE AJUDÁ-LA E GUIÁ-LA DA MANEIRA QUE ELA NECESSITAR; E DE ACORDO COM SEUS PAIS POR ELA ZELAR E AMÁ-LA COMO SE FOSSE DE TEU PRÓPRIO SANQUE ATÉ QUE PELA GRAÇA DE CERNUNNOS E ARADIA ELA ESTEJA PRONTA PARA ESCOLHER SUA PRÓPRIA SENDA?

A madrinha responde: EU,.............. ASSIM PROMETO.

A Grã Sacerdotisa pergunta ao padrinho:

TU, ............... PROMETES SER UMA AMIGA DE ................... AO LONGO DE SUA INFÂNCIA, NO SENTIDO DE AJUDÁ-LA E GUIÁ-LA DA MANEIRA QUE ELA NECESSITAR; E DE ACORDO COM SEUS PAIS POR ELA ZELAR E AMÁ-LA COMO SE FOSSE DE TEU PRÓPRIO SANQUE ATÉ QUE PELA GRAÇA DE CERNUNNOS E ARADIA ELA ESTEJA PRONTA PARA ESCOLHER SUA PRÓPRIA SENDA?

O padrinho responde: EU, .............ASSIM PROMETO.

O Grão Sacerdote diz: O DEUS E A DEUSA A ABENÇOARAM; OS SENHORES DAS ATALAIAS A RECONHECERAM; NÓS SEUS AMIGOS LHE DEMOS AS BOAS VINDA; PORTANTO, Ó CÍRCULO DAS ESTRELAS; BRILHA EM PAZ SOBRE ............... CUJO NOME OCULTO É.................. QUE ASSIM SEJA.

Todos dizem: QUE ASSIM SEJA!

O Grão Sacerdote diz:

QUE TODOS SE SENTEM DENTRO DO CÍRCULO

Todos se sentam, exceto o sacerdote e a sacerdotisa, que experimentam e passam por todos o vinha já consagrado da maneira usual e então consagram e passam a todos os bolos da maneira usual.
A seguir, buscam os presentes, o alimento e as bebidas da festa e se sentam com os outros, daqui em diante passando-se para o informal.

O RITUAL PARA UM MENINO

A diferença básica caso a criança seja um menino é que o Grão Sacerdote e a Grã Sacerdotisa trocam suas funções. Ela realiza o enunciado de abertura e executa a unção, o Grão Sacerdote lhe entrega o óleo, o vinho e a água. Ela representa a criança às atalaias. A invocação a Deusa e ao Deus por seus dons de força, beleza, sabedoria e amor, entretanto, é feita exatamente como a feita para a menina, e na mesma ordem. A Grã Sacerdotisa convoca os padrinhos para que se apresentem e toma a promessa do padrinho; o Sacerdote toma então a promessa da madrinha. A Grã Sacerdotisa pronuncia a bênção final.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Marcadores

Follow by Email

Recent Posts

Postagens populares

Minha lista de blogs