pesquisa magos da luz

Custom Search
------------------- -------------------------------------
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
Mostrando postagens com marcador faça O Teste das Cores PSICOLOGICO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador faça O Teste das Cores PSICOLOGICO. Mostrar todas as postagens

13 de set de 2011

prece para o Momento Antes de Dormir

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

prece para o Momento Antes de Dormir

"Minha alma vai encontrar-se por um instante com os outros Espíritos.
Que venham os Bons ajudar-me com os seus conselhos.
Meu Anjo Guardião, fazei que ao acordar eu possa conservar
uma impressão durável e benéfica desse encontro!
Que meus mentores me guiem!
Amém."

24 de jun de 2011

simpatia do arroz

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

Simpatia para emagrecer de Chico Xavier


Quarta feira pela manhã coloque meio copo de agua , dentro dele o número de grãos de arroz correspondentes aos quilos que você deseja perder. Nao coloque grãos a mais do que você deseja,pois os quilos perdidos não são recuperados.
A noite beba a água deixando os grãos de arroz, completando novamente com meio copo de água. Quinta feira pela manhã em jejum beba a água deixando os grãos de arroz, complentando novamente com meio copo de água.
Sexta-feira pela manhã em jejum beba a água com os grãos de arroz junto.
Obs: 1- Conserve o mesmo copo durante o processo, 2- Não faça regime pois a simpatia é infalivel, 3- Tire o número de cópias correspondente aos quilos que deseja perder 4- Começe na quarta feira após distribuir as cópias, 5- Publique na mesma semana .
Boa Sorte

2 de fev de 2011

Sombras que se movem!!! (relato)

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

Sombras que se movem!!!

Ja vi sombras em forma de gente se movendo diversas vezes (pode-se ate dizer que estou "acostumado" com isso)... mas a visão mais recente q tive foi dose.

Foi na quarta. Eu estava estudando para uma prova q ia ter na quinta. Portanto fui dormir tarde (2:30). Todos estavam dormindo, menos eu.... é claro. Guardei o metarial e fui pro quarto me aprontar para dormir. No meio da sala, a caminho do corredor (onde está a porta do meu quarto e da minha priminha) percebi que algo se mexeu no corredor. Era muito dificil perceber pois estava escuro (todas as luzes desligadas) e a coisa era completamente negra. Com a barriga ja gelada eu falei meio baixo: Agla??(o nome da minha prima)... nada.... a coisa tava parada (com muita dificuldade dava pra perceber o contorno dela. Era alguma coisa de mais ou menos 1m de altura... parecia que se rastejava. Eu dei um passo pra tras para alcançar o interruptor... nesse momento, a coisa se mexeu bruscamente (sem fazer barulho) e tive a impressão de que ela entrou no quarto de Agla. Dai fui ligando as luzes ate chegar la... mas num vi mais nada. 

Com certeza!!

São espíritos sim. Geralmente, quando são pretos, são os espíritos de baixa energia. Ou podem ser de energia negativa.

Joe, pelo visto voce tem um certo grau de mediunidade... seria interessante voce visitar, num dia qualquer, um centro espírita para se informar mais sobre esse dom que voce tem. Se gostar, pode ate trabalhar para desenvolver essa sua mediunidade. :D

11 de jan de 2011

PIROMANCIA - PREVER O FUTURO COM O FOGO

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui
PIROMANCIA - PREVER O FUTURO COM O FOGO
Os seres humanos sempre consideraram o fogo uma coisa extraordinária, tendo sido atribuídas muitas conotações míticas e místicas. Segundo a maioria das mitologias, o fogo era um presente dos deuses ao homem, e o relâmpago - a seta do fogo - era a arma dos primeiros. Paralelamente, mediante sacrifícios e incenso, o fogo servia de canal de comunicação com os deuses.

Existem vários métodos de prever o futuro que estão associados ao próprio fogo (em oposição às previsões nos relâmpagos, ou numa infusão que vai fervendo no lume, ou ainda em objectos derretidos no fogo). Apesar dos nomes serem diferentes, existe uma grande semelhança pela piromancia e terminando com a licnomancia.

A piromancia, é um método muito antigo de predizer o futuro, foi muito difundido na Grécia e em Roma. O método consistia em atear fogo a um altar, ou outro lugar sagrado, e ver as chamas. O futuro era previsto de acordo com o respectivo formato e direcção esquerda ou direita.

Os princípios básicos da previsão eram os seguintes:

Se a chama fosse para esquerda, era um bom sinal.

Se a chama fosse para a direita, era um mau sinal.

Uma chama brilhante, alta e sem fumo era um bom sinal.

Uma chama «turva», baixa e com fumo era um mau sinal.

O fogo que ardesse rapidamente e cujas chamas fossem para cima era um bom sinal.

Um fogo que ardesse lentamente e cujas chamas «rastejassem» era um mau sinal.

Este método de predizer o futuro era comum em muitos lugares e a diferença entre eles era o combustível utilizado. Na maioria dos lugares, utilizavam-se ramos de árvores sagrados (oliveira, carvalho, loureiro, entre outras), bem como incenso.

Um método muito semelhante à piromancia era a botanomancia, no qual folhas, ramos ou outros objectos eram deitados no fogo e o futuro era previsto através dos estalidos ou do fumo que deles era emitido. Neste método também se utilizavam muito os ramos e as folhas das árvores sagradas, sobretudo do loureiro (um método chamado dafnomancia) ou os ossos secos de pássaros sagrados.

Algumas pessoas, principalmente nos lugares onde era costume fazer ofertas sacrificiais queimadas em altares (incenso, alimentos ou animais), preferiam predizer o futuro interpretando o fumo que provinha do altar. Este método chamava-se capnomancia. Os princípios básicos são os seguintes:

O fumo que se eleva numa coluna estreita é bom sinal.

O fumo que se espalha em vez de subir é um mau sinal.

O fumo que rodopia á medida que sobre é um mau sinal.

Quando se tinha de prever o futuro de uma determinada pessoa, ou examinar o respectivo estado de saúde, costumavam-se tirar fios de cabelo ou raspas de unha, queima-los, e analisar o fumo. De igual modo, também se podia cheirar o fumo; consoante o odor, determinava-se o futuro e o estado de saúde. (Este método estava muito difundido no Oriente).

Os vestígios deste método ainda existem actualmente na igreja católica: Quando um papa está a ser eleito, se sai fumo da Capela Sistina no Vaticano - «fumo preto» durante as deliberações e eleições e «fumo branco» para informar as pessoas que a escolha foi feita.

Outro método que se baseia no formato das chamas, chama-se lampadomancia, um método que analisava o comportamento das chamas numa tocha ou lamparina.

Quando a chama tinha uma ponta nítida, era um bom sinal.

Quando a chama tinha duas pontas separadas, era um mau sinal.

Quando a chama tinha três pontas, era um bom sinal.

Quando a chama se queimava dos lados, era um sinal de problemas de saúde.

Quando a chama se apagava repentinamente (sem primeiro se queimar), era sinal de morte próxima.

A leitura usando um método semelhante ao da lampadomancia é hoje muito utilizada para previsões através do comportamento dos fumos dos incensos.

22 de dez de 2010

Rosacruz

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

Rosacruz

Prezados amigos,

Sou Rosacruz e acredito que em ambas as Ordens o princípio é o que está escrito na Bíblia: Muitos são os chamados, poucos os escolhidos. Por isso muitos não passam dos primeiros estudos. Dentro da Ordem Rosacruz há outra Ordem chamada Ordem Martinista que o iniciado é convidado a fazer parte. É uma Maçonaria Esotérica dentro da Rosacruz que só que faz parte e chegou a um certo gráu tem acesso.

Assim, espero ter esclarecido alguns pontos, e aproveito para dizer que os Rosacruzes e Maçons, pelo menos onde frequento, são considerados Irmãos entre si, ao se indetificarem como Rosacruz ou Maçon.
Um abraço,

Paulo Costa
Frater Rosacruz

5 de nov de 2010

A Busca

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

A Busca

O quarto está desarrumado. Livros e revistas estão jogados em toda a parte. Roberto está sentado na cama. Cabelo despenteado,cara de sono. Já faz algumas noites que ele passa sem dormir.

“Onde está? Onde mais eu procuro?” – ele pensa consigo mesmo. “Já procurei em toda parte. Li livros, olhei documentários e não o encontro.”

Um ar de preocupação de seu rosto.

“Sim, eu sei que há uma energia superior que comanda tudo isso. Mas onde ela está?”

Há alguns meses ele começou a procurar a energia, a força, o que a maioria das pessoas chamam de Deus. Pesquisas e mais pesquisas, todas sem sucesso. Acabou virando uma triste obsessão.

“Preciso encontrar. Tenho que saber onde ele está.”

Ele já esteve em todas os cultos possíveis atrás de respostas. Todas elas foram insatisfatórias. Um pensamento tomou conta de sua mente.

“Claro. Eu só conseguirei descobrir onde ele está se for atrás dele.”

Já não consegue raciocinar direito. Essa busca pelo ser superior tomou conta dele.
Desce as escadas de sua casa rapidamente, em direção a cozinha. Ele está sozinho em casa.

“Uma faca, preciso de uma faca.”

Abre as gavetas e encontra uma faca de cozinha. Volta para o seu quarto.

“Agora eu irei encontra-lo.”

Um corte em cada um dos pulsos. A dor toma conta de seu corpo e de seu ser. A sua visão começa a ficar cada vez mais escura. Até que ele apaga. Roberto abre seus olhos. Olha pelo seu quarto e vê seu corpo no chão, sangue em volta. 
Algumas pessoas paradas na porta. Rostos conhecidos e amigos. O chamam.

“Não posso ir. Preciso encontrar.”
Elas fazem mais um sinal para ele seguir. Ele não vai. As pessoas somem.

Ele sente um completo desconforto quando de repente sente um puxão. Olha para trás e vê alguns vultos que estão o levando para algum lugar.

“Irei realmente encontrá-lo?” – ele pergunta.

“Vocês são tão ignorantes.” – uma voz vindo de um dos vultos responde.

“Não entendo.”

“Você não procurou nos únicos lugares que iria encontrá-lo. Agora cometeu um grande erro. Venha conosco.”

Roberto baixa a cabeça e segue com eles. Às vezes a busca pelo conhecimento é dolorosa e em alguns pode inclusive ser mortal. As religiões fecham nossos olhos para a realidade.

“Uma rosa vermelha absorve todas as cores, menos a vermelha. Vermelha, portanto, é a única cor que ela não é. Essa Lei, Razão, Tempo, Espaço, toda Limitação, cega-nos à Verdade.
Tudo o que sabemos sobre o Homem, Natureza, Deus, é apenas aquilo que eles não são; é aquilo que rejeitam como repugnante.” (Aleister Crowley)

6 de set de 2010

COMO É A VIDA DEPOIS DA MORTE?

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui
do mundo gostaria de saber como é a vida depois da morte. Muita gente se lamenta dizendo que se realmente existisse vida depois da morte alguém já teria conseguido alguma forma de voltar e contar como são as coisas lá do outro lado.
Nem todo mundo sabe que isso já aconteceu. Não uma, mas várias vezes. Existem vários livros que foram escritos por pessoas que já morreram com a ajuda de pessoas que conseguem se comunicar com os mortos. É o caso do Chico Xavier que escreveu mais de 400 livros ditados por espíritos.
Um dos mais conhecidos e o melhor para quem gostaria de saber como é o outro lado se chama “NOSSO LAR”. O livro NOSSO LAR foi escrito pelo espírito André Luiz através do médium Chico Xavier. Nele você saberá como é o UMBRAL,
nome do local de passagem temporária de espíritos que ainda estão muito ligados à matéria, e como é a cidade NOSSO LAR, que é um entre inúmeras cidades de passagem transitórias dos espíritos desencarnados. Os moradores desta cidade tem como principal missão ajudar espíritos que se encontram no Umbral. Funciona também como uma cidade para tratamento, estudo e aperfeiçoamento de espíritos que irão reencarnar.
Você pode baixar o livro NOSSO LAR em formato PDF aqui
Você também pode acompanhar o livro através de um tipo de novela em áudio. O livro falado pode ser encontrado no Youtube. São 25 partes. Cada uma tem de 20 a 30 minutos.
O capítulo 1 é um pouco confuso pois é justamente quando André Luiz se encontra no Umbral.
Nosso LarCapítulo 01
Nosso LarCapítulo 02
Nosso LarCapítulo 03
Nosso LarCapítulo 04
Nosso LarCapítulo 05
Nosso LarCapítulo 06
Nosso LarCapítulo 07
Nosso LarCapítulo 08
Nosso LarCapítulo 09
Nosso LarCapítulo 10
Nosso LarCapítulo 11
Nosso LarCapítulo 12
Nosso LarCapítulo 13
Nosso LarCapítulo 14
Nosso LarCapítulo 15
Nosso LarCapítulo 16
Nosso Lar – Capítulo 17
Nosso LarCapítulo 18
Nosso LarCapítulo 19
Nosso Lar – Capítulo 20
Nosso Lar – Capítulo 21
Nosso LarCapítulo 22
Nosso Lar – Capítulo 23
Nosso Lar – Capítulo 24
Nosso Lar – Capítulo 25

25 de ago de 2010

poltergeist

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui
O documentário em questão, de onde foi emprestado o título desse post,  é de 1999, e foi lançado nos EUA em outubro de 2000 (no Halloween). Gerou muita polêmica quando estreou na televisão, e continua gerando pela internet.
Basicamente o que vemos nele são os vídeos originais de pessoas que alegam ter filmado dois tipos de “atividade paranormal”: uma conhecida como poltergeist, e outra conhecida como assombração (hauting). Apesar de o senso comum se referir a esses fenômenos como sendo sinônimos, na verdade eles são essencialmente diferentes. A diferença mais básica entre um e outro é que um poltergeist tem como “epicentro” (foco) uma pessoa, geralmente um menino ou uma menina na puberdade. É esse adolescente que de alguma forma provoca o fenômeno. Já a assombração está ligada a um local, não a uma pessoa (viva). Também não é possível “interagir” com os “fantasmas” de um local considerado assombrado, já que eles se comportam como se estivessem seguindo algum roteiro. Alguns casos mencionados no documentário são muito mais famosos do que outros (como o fantasma de Greencastle), entretanto nenhum dos casos teve sua autenticidade comprovada.

Muita gente acha que é tudo algum tipo de fraude ou encenação. Acredito que o grande defeito do documentário seja exatamente a falta de mais especialistas (sérios) comentando os vídeos. Por que algumas das gravações  e fotos apresentadas realmente intrigam, se forem genuínas. Mas vivendo na época em que vivemos, com todo o acesso facilitado a tecnologias e técnicas de manipulação de imagens, entre outras coisas, como separar o joio do trigo?
Enfim. Os produtores do documentário deixam para o telespectador a decisão de acreditar ou não nos depoimentos e vídeos apresentados. Só advirto que as opiniões mostradas ali são um tanto tendenciosas. Poltergeist, por exemplo, é um fenômeno real, porém afirmar que sejam “espíritos” ou “fantasmas” é apenas uma questão de interpretação. É uma teoria, mais difundida pelos adeptos do Espiritismo.
Sobre o fenômeno Poltergeist, a Enciclopédia do Sobrenatural, editada por Richard Cavendish, com colaborações de outros estudiosos do assunto, como J.B. Rhine (o “pai” da Parapsicologia científica), possui um verbete bem completo sobre o tema. Transcrevo abaixo algumas das informações reunidas ali:
A palavra poltergeist é alemã e significa espírito (Geist) ruidoso ou chocalhante (poltern). Alguns dos primeiros casos registrados são de fato alemães. Por exemplo, em 858, perto da cidade de Bingen sobre o Reno, comunicaram-se quedas de pedras, ruídos altos e pancadas. Acreditava-se que os fenômenos eram causados por espíritos. Qualquer que fosse a causa, era imune ao exorcismo. Sabe-se de outro caso, em 1184, na residência de um certo William Nott, no País de Gales, quando mais uma vez se julgou que os espíritos estavam à solta, atirando torrões de terra e rasgando roupas. Em 1962, Richard Chambelain, Secretário da então Província de New Hampshire, examinou uma série de inexplicáveis quedas de pedras atribuídas a um “diabo apedrejador”.
As perturbações do poltergeist ocorrem normalmente na vizinhança de uma determinada pessoa, muitas vezes um menino ou menina na puberdade ou na adolescência. Em geral, esses fenômenos são distinguidos do outro grupo de distúrbios inexplicáveis que se chamam assombrações. Afinal, a palavra assombração (haunt, em inglês) deriva da mesma raiz de “casa” (home, em inglês), e refere-se à crença em que o espírito de uma pessoa morta permaneceu em seu habitat terrestre, ou a ele retornou. Em geral, as assombrações não parecem depender de qualquer pessoa viva em particular, mas relacionam-se com uma localização especial, como uma “casa mal-assombrada”. Há outras diferenças. Nos incidentes de poltergeist, predominam as perturbações físicas, enquanto as experiências alucinatórias são comuns aos casos de assombração. Essas experiências, que podem incluir a visão de “fantasmas” e o ouvir passos, são alucinatórias na medida em que geralmente só algumas pessoas as têm, e outras não.
Nos casos de poltergeist, há muitas vezes movimentos diários e destruição de pratos, quinquilharias, móveis e outros artigos domésticos movíveis, ao passo que tais incidentes são mais raros e menos frequentes no típico caso de assombração, se é que ocorrem. Contudo, as assombrações tendem a durar mais tempo. Não é incomum saber de uma casa que tem sido assombrada há vários anos. Por outro lado, as perturbações do poltergeist são em geral de duração muito mais curta, raras vezes mais que uns dois meses, e muitas vezes menos.
Sobre a opinião dos parapsicólogos a respeito do que provoca o poltergeist:
Pelo fato de os incidentes de poltergeist normalmente ocorrerem na estreita proximidade de uma pessoa viva, os parapsicólogos tendem a vê-los como manifestações de psicocinese, ou PK (ação da mente sobre a matéria). E por serem recorrentes e surgirem inesperada e espontaneamente, são comumente chamados de casos de “psicocinese recorrente espontânea”, ou RSPK (das iniciais dessas palavras em inglês). Parecem ser casos inconscientes de PK, pois a pessoa que parece provocá-los em geral não sabe de seu envolvimento. Algumas pessoas continuam convencidas de que os fenômenos de RSPK se devem à ação de uma entidade desmaterializada, como o espírito de alguém morto, ou de um “demônio” que se grudou numa pessoa viva e causa os incidentes por PK. Contudo, como não existe nenhuma prova desses espíritos além dos próprios fenômenos, a maioria dos parapsicólogos é de opinião que os fenômenos de poltergeist são exemplos de PK inconsciente, exercida pela pessoa em torno da qual eles ocorrem.
Abaixo, listo e descrevo resumidamente os casos que foram tratados neste especial,  e alguns dos especialistas que foram chamados para comentá-los. Lembrando que as descrições podem conter spoilers;-)
1 – O poltergeist de San Pedro, Califórnia.
O líquido que gotejava das paredes da casa de Jackie, que depois se verificou ser plasma de sangue humano.
É um dos casos mais conhecidos de poltergeist já registrados nos EUA. Ocorrido em 1989, na casa de Jackie Hernandez (o número 593, na West 11th Street), foi pesquisado pelo parapsicólogo Dr. Barry Taff. As filmagens foram feitas pelo cameraman Barry Conrad. Jeff Wheatcraft, que também fazia parte da equipe de investigação, foi inclusive vítima de um suposto ataque por parte do poltergeist.
Jackie, segundo o Dr. Taff, é a típica vítima desse tipo de fenômeno. Sofria de severas pressões psicológicas, havia sido abusada por homens, tinha um estilo de vida violento, além de sofrer de angústia e depressão. Como a maioria das vítimas de poltergeist, Jackie vivia num ambiente doentio, o que possibilita o argumento de que o ambiente era fértil para o tipo de energia psicocinética violenta experienciado lá.
O poltergeist na casa de Jackie tinha ela como alvo. Dos eventos estranhos relatados por ela (e depois confirmados por outras testemunhas, incluindo o parapsicólogo supracitado) inclui-se: o avistamento de três aparições, um líquido que continuamente gotejava das paredes da casa (e que depois de análises realizadas por um laboratório forense da UCLA, revelou-se ser plasma de sangue humano, com altos índices de iodo e cobre), a televisão se ligava sozinha, alguns equipamentos não funcionavam direito, objetos eram atirados contra ela, além de estranhos barulhos no sótão, que de tão altos, eram possíveis de ser ouvidos por todos que estavam na casa.

Barry Taff é um parapsicólogo, que possui doutorado em Psicofisiologia e que trabalhou como pesquisador associado no antigo laboratório de parapsicologia da UCLA de 1969 até 1978. Durante sua carreira de 36 anos, ele investigou mais de 4.000 casos de fantasmas, poltergeists e assombrações. É mais conhecido por ter sido o pesquisador do caso que ficou mundialmente famoso por ter sido adaptado para o cinema, o filme que foi entitulado “The Entity“, é de 1981 e no Brasil teve o título traduzido para “O Enigma do Mal“. É um filme que já cansei de ver na Sessão da Tarde… É ótimo e assustador. Para variar, parece que uma possível refilmagem pode sair pra 2010…
2 – O poltergeist de Ohio
Em 11 de maio de 1993, cansados de se incomodarem com os estranhos barulhos e movimentações misteriosas de objetos pela casa, uma família decide ligar uma filmadora durante uma noite inteira, apontada para a sala de jantar, e tentar descobrir a origem de toda essa perturbação. O que eles filmam, está muito além do que poderiam imaginar.
O pesquisador paranormal que investigou o caso se chama John Orborne. Segundo ele, mesmo após ter assistido ao vídeo inúmeras vezes, não conseguiu encontrar evidências de fraude.
3 – O poltergeist da casa em reforma
Um homem decide reformar sua casa. Porém, todos os dias os pedreiros reclamam que suas ferramentas foram mexidas, que objetos eram mudados de lugar e que o trabalho que faziam era estragado durante a noite, e que tinham que ficar refazendo os reparos. O proprietário decide colocar uma câmera escondida na casa, numa tentativa de filmar os vândalos, e assim descobrir suas identidades. Mas, o autor das perturbações, como captado pela filmadora, está longe de poder ser considerado um vândalo comum…
O pesquisador do caso também foi John Osborne.
4 – O poltergeist de Connecticut


Uma família é atormentada por meses por algo que acreditam ser um poltergeist. A “investigação” do caso é feita pelos “demonologistas profissionais”, o casal Ed e Lorraine Warren. Os dois são muito famosos no meio “paranormal” porque estão presentes em vários casos de assombração ou poltergeist famosos, como o “Horror em Amityville”. Arroz de festa mesmo, os dois estão em todas… Nem preciso dizer que a opinião deles é altamente parcial, certo? Para eles, esses fenômenos são causados por demônios ou espíritos ruins. Se já não bastasse pensarem e, em alguns momentos, se vestirem de maneira medieval, eles ainda “combatem” as tais entidades que encontram também com práticas medievais:  “exorcismos” e “provocações religiosas” (assistiu “O Exorcista”? é mais ou menos daquele jeito…). Apesar disso, sempre estão presentes em programas de TV (como a série “Assombrações” do Discovery Channel) e são assunto de inúmeros livros e artigos. No caso em questão, apresentado neste documentário, os Warren dizem ter filmado as evidências mais contundentes já filmadas de manifestações paranormais hostis. Ali, nós vemos móveis se mexendo e “espíritos” se comunicando com Ed. As imagens são interessantes. As conclusões deles, não tanto.
5 – O videoclipe assombrado
Uma banda de rock australiana chamada Wildland resolve gravar um videoclipe nas ruínas de uma antiga cidade mineradora na Austrália. Quando o vídeo estava sendo produzido, depois, no estúdio, descobrem que havia mais alguém no local, assistindo a banda tocar. A equipe garante que não havia ninguém lá além deles, nem por quilômetros ao redor daquelas ruínas…
6 – A aparição da Pensilvânia
Uma família ouve barulho de passos todas as noites pela casa. O dono da casa resolve armar uma câmera no corredor e a deixa filmando durante uma noite inteira. O que ela grava, ele diz ser o fantasma de sua mãe.
7 – A Assombração de Greencastle
Guy Winters e Terry Lambert já estavam cansados de ouvir as lendas sobre a casa mal-assombrada de Greencastle. Um belo dia, ou melhor, uma bela noite… bem, na verdade a noite era de tempestade… enfim, eles resolvem ir até o local, com suas câmeras, e tirar algumas fotos e filmar a casa por dentro e por fora. Os dois têm sensações horríveis enquanto estão lá, mas é só quando vão revelar os filmes da máquina fotográfica que eles descobrem o que acreditam ser a prova de que não estavam sozinhos… As fotos tiradas por Terry ficaram famosas, e acredita-se que são genuínas. Diz-se inclusive que são as melhores fotos já tiradas de um “fantasma”.
8 – A arte imita a vida? As verdadeiras crianças do “Sexto Sentido”


Aqui conhecemos a história de Carissa, uma menina de 5 anos que desde bebê acredita-se que seja perseguida por fantasmas. Seus familiares já tiraram várias fotos da menina, e em praticamente todas, sempre aparece uma forma fantasmagórica, inexplicada, para qual estranhamente Carissa sempre está olhando. A menina tem medo de falar do assunto, mas seus pais dizem que ela é constantemente atormentada por essas “entidades” que supostamente a cercam. Depois, somos apresentados a Justin, um menino de 6 anos que também diz ver espíritos e que aparece em boa parte de suas fotos acompanhado de formas fantasmagóricas. O caso de Justin é investigado pelo famoso médium James van Praagh, autor de best-sellers e consultor da série “Ghost Whisperer” (a personagem Melinda, interpretada por Jennifer Love Hewitt é inspirada em James). Ambos os casos são comparados ao do personagem do menino Cole, interpretado por Haley Joel Osment, no filme “Sexto Sentido“.
9 – A mulher que atrai Orbs
Nesse caso, conhecemos Linda Davis, uma mulher que diz ver e sentir espíritos. Ela é levada até o porão de uma casa abandonada, que acredita-se ser mal-assombrada, e enquanto está lá, Orbs (esferas de energia, que muitos acreditam ser espíritos) começam a aparecer e são não só testemunhados por outras pessoas, mas também captados em filme.
O investigador desse caso é o renomado psicólogo e parapsicólogo Andrew Nichols, que já estudou mais de 600 casos considerados “paranormais”. O Dr. Nichols é cético com relação a maioria das alegações de fenômenos paranomais, dizendo que quase todos os casos possuem explicações mais “simples” como predisposição à fantasia, auto-sugestão, stress e sofrimento. Entretanto, ele acredita em PES (percepção extra-sensorial), e advoga a favor da teoria que diz que campos magnéticos em determinados locais, de origem geológica ou provenientes de fontes artificiais (como cabos de alta tensão), podem acionar determinadas experiências de assombração, como ouvir vozes, sentir presenças ou ver fantasmas propriamente ditos. Particularmente concordo com ele.
10 – O  incrível Orb de Black Forest
Esta é considerada a melhor filmagem de um orb já feita. Tudo começou quando Steve Lee e sua família decidem se mudar para aquela que consideram ser sua casa dos sonhos, em Black Forest, Colorado. Quando voltaram de um passeio nas montanhas e entraram em casa, notaram que os móveis não estavam mais nos lugares que deviam. Eles também ouviam barulhos e sentiam presenças, que não sabiam ser reais ou não. Intrigado e convencido de que estavam sendo vítimas de pessoas (vivas) mal intencionadas, Steve decide espalhar câmeras por toda a sua propriedade, tanto dentro como fora da casa. O que elas filmaram Steve não fazia ideia do que podia ser. Mas definitivamente não eram pessoas…
O investigador do caso foi o Dr. Michael Coots, psicopatologista forense e consultor da polícia, que concorda com Steve dizendo que a casa é realmente assombrada.
11 – A casa mais mal-assombrada dos EUA, a Mansão McPike


A abandonada mansão McPike, construída em 1869, está envolta em folclore e lendas. Diz-se que pelo menos 10 espíritos assombram a casa, e que eles se reúnem no porão. A especialista que investiga o caso é a dra. Rene Horath, professora da California University of Pennsylvania. Lá, ela e sua equipe filmam uma névoa bizarra, que acreditam ser algum tipo de manifestação paranormal.
+++
O documentário, que foi traduzido e legendado por mim (já vi outra versão desse vídeo legendado, porém aquelas legendas estão muito ruins), está dividido em 5 partes:
Parte 1:


Parte 2:


Parte 3:


Parte 4:


Parte 5:

3 de ago de 2010

animal infernal (relato)

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

Moro em Fortaleza e certa tarde fui até a Unifor, Universidade de Fortaleza para me inscrever no vestibular. Quando lá cheguei, peguei os formulários de inscrição e fui preencher em um local mais tranqüilo, sob uma árvore enorme (fícus benjamim), próximo de um lago.
Já eram mais ou menos 16h00 e não havia muita gente, quando ouvi um barulho de alguém caminhando sobre as folhas secas. Olhei pra ver quem era e vi uma espécie de cachorro de cor preta, muito magro, esquelético, se esgueirando, vindo do lago, ainda molhado. Vendo aquilo me assustei, pois pensei que podia ser um cão doente de calazar (umas doenças horríveis que atacam os cães e os deixam muito magros). 
Levantei-me e me afastei o mais que pude sem tirar os olhos da criatura. Quando olhei mais de perto, vi que ele estava de pé nas patas traseiras, andando como uma pessoa medindo mais ou menos 1.60 de altura. Ele então subiu na árvore, agora já parecendo com um macaco.
Com muito medo ainda olhei quando ele subiu muito alto na árvore e se escondeu entre as folhas. Se fosse um cachorro não subiria em árvores daquela maneira, nem andaria em pé. Um macaco de 1.60 de altura seria do conhecimento de todos e aqui no Ceará não existem macacos deste porte, muito menos em áreas urbanas. Não sei o que poderia ser. Sei que vi. 
Chamei um homem que trabalha na limpeza do campus e relatei a ele o fato e ele disse que nem havia cachorros e muito menos macacos no campus, pois a direção havia proibido o acesso de animais. Ele disse que eu havia imaginado tudo e até pensou que eu queria passar algum trote. Voltei lá outras vezes para averiguar, mas nada descobri.
Alguém já viu algo assim?

3 de jun de 2010

Aparição de Virgem Maria no Texas


assaram a cultuar uma assadeira após cozinheiras de uma escola no Texas encontrarem imagem similar a de Virgem Maria na base da mesma. Céticos dizem que se parece mais com uma mancha aleatória disforme.



Mas, após tentativas fervorosas de removê-la falharem, rumores de uma aparição divina se espalharam e agora peregrinos aglomeram-se em um santuário provisório em devoção a Santa.



Guadalupe Rodriguez, funcionária da cantina que primeiro viu as marcas disse: "Na terceira lavagem comecei a olhar tentando descobrir o que era, me pareceu que era a Virgem Maria".

A aluna Anel Vila disse: "Me disseram que a Virgem estava na cafeteria, Eu corri pra lá para ver, Meu Deus era a Virgem. Eu chorei quando a vi com meus próprios olhos".



A diretora, Lyda Guerrero disse: "Acho que alguém estava nos vigiando. Acho que alguém está vigiando esta comunidade, este distrito escolar e esta escola".



Um novo santuário foi armado agora, no lado de fora de uma casa de um membro da associação de pais e mestres, mas outros clamam por sua custódia.



No passado, a Virgem Maria já apareceu em sanduíches de queijo na Flórida, em uma passagem subterrânea em Chicago e em uma bolha no chocolate em uma fábrica na Califórnia.



Fontes: CBS News Videos

Metro.co.uk

12 de mai de 2010

MALLEUS MALEFICARUMera

O MARTELO DAS FEITICEIRAS OU MALLEUS MALEFICARUMera o manual operacional da Inquisição, durante todo o período de funcionamento do Tribunal do Santo Ofício, os processos de bruxaria tiveram como documento norteador o Malleus Maleficarum (O Martelo das Feiticeiras), escrito em 1486 pelos frades dominicanos James Sprenger e Heinrich Kramer, a partir do Manual dos Inquisidores é governado por Deus, a vontade por um anjo e o corpo pelas estrelas” (Parte I, Questão I ). E por as estrelas são inferiores aos espíritos e o demônio é um espírito superior, só lhe resta o corpo para dominar.3) E este domínio lhe vem através do controle e da manipulação dos atos sexuais. Pela sexualidade o demônio pode apropriar-se do corpo e da alma dos homens. Foi pela sexualidade que o primeiro homem pecou e, portanto, a sexualidade é o ponto mais vulnerável de todos os homens.4) E como as mulheres estão essencialmente ligadas á sexualidade, elas se tornam agentes por excelência do demônio (as feiticeiras). E as mulheres têm mais conivência com demônio “porque Eva nasceu de uma costela torta de Adão, portanto nenhuma mulher poder reta” ( I,6).5) A primeira e a maior característica, aquela que dá todo o poder às feiticeiras, é copular com o demônio. Satã é, portanto, o senhor do prazer.6) Uma vez obtida a intimidade como demônio, as feiticeiras são capazes de desencadear todos os males, especialmente a impotência masculina, a impossibilidade de livrar-se de paixões desordenadas, abortos, oferendas de crianças a Satanás, estrago das colheitas, doenças nos animais etc.7) E esses pecados eram mais hediondos que os próprios pecados de Lúcifer quando da rebelião dos anjos e dos primeiros pais por ocasião da queda, porque agora as bruxas pecam contra Deus e o Redentor (Cristo), e portanto este crime é imperdoável e por isso só pode regatado com tortura e a morte. O Malleus Maleficarum ou O Martelo das Feiticeiras está dividido em três partes: primeiramente ele traz como principal personagem o Demônio e relaciona seus poderes ligando suas ações com a bruxaria. Por isso, que as mulheres eram o alvo mais desejado, visto que, a relação entre o Demônio e a Bruxa era a mais aceitável no caso dos pactos e relação sexual, como explica o manual. A segunda parte encontram-se instruções para reconhecer e ao mesmo tempo eliminar a bruxaria, em todos os momentos do cotidiano das pessoas, em qualquer fato ocorrido: brigas; fenômenos da natureza; impotência sexual, entre outros. A terceira e última parte encontra-se o relato dos julgamentos e sentenças. Tudo detalhado para não ser esquecido nenhum detalhe na hora de julgar algum (a) acusado, muito menos deixar de punir rigorosamente de acordo com o que regia o Malleus Maleficarum. E ainda nós nos perguntamos: De onde sai tanta idéia para os filmes de terror? elaborado cem anos antes por Nicolás Eymirick. O Martelo das Feiticeiras – Malleus Maleficarum é uma das páginas mais terríveis do cristianismo. É difícil imaginar que, durante três séculos ele foi a Bíblia do inquisidor, e se transformou no apogeu ideológico e pragmático da Inquisição contra a bruxaria, atingindo intensamente as mulheres, entendendo também que a mulher era muito visada por causa do celibato, era a própria tentação para os inquisidores. Assim, para que a bruxaria fosse devidamente punida foi escrito o Malleus Maleficarum, as teses centrais eram que norteavam essa bíblia dos inquisidores erram:1) O demônio, com a permissão de Deus, procura fazer o máximo de mal aos homens a fim de apropriar-se do maior número possível de almas.2) E este mal é feito prioritariamente através do corpo, único “lugar” onde o demônio pode entrar, pois, “o espírito

10 de mai de 2010

suposta foto do demônio

A suposta foto do demônio

No dia 27 Setembro de 1998, é encontrado um cadáver, muito bem conservado. A primeira vista uma menina vítima de um estupro, recente, com aproximadamente 12 anos de idade. Após uma primeira análise feita pela polícia técnica da cidade, constatou-se que alguns dos objetos pessoais da menina tinham mais de 30 anos. Isto chamou a atenção de uma Universidade Inglesa, que com uma parceria com a polícia local, foi feita uma exumação do corpo.
Feita a análise de DNA, seguida de minuciosos exames, foi constatado que o corpo havia sido conservado, inexplicavelmente, por mais de 30 anos. Foram averiguados todos os crimes ocorridos nesta época mas nenhum bateu com a fisiologia da menina em questão. Porém descobriu-se que ocorreu neste período um desaparecimento de uma menina de dentro de um colégio de freiras, próximo ao local onde o corpo havia sido encontrado.
Foi então feita uma pesquisa nos arquivos da escola para tentar explicar o estranho acontecimento. A menina chamava-se Marian Melisa Taylor e seus arquivos indicavam a data de seu nascimento no dia 6 de junho 1950. Seu desaparecimento no dia 24 de junho de 1962 . No meio dos arquivos da menina em questão, foi encontrada uma foto com a data no seu verso. Porem esta foto estava em péssimo estado, e foi necessário um espectrografia digitalizada a fim de recuperar a foto.
Para espanto dos que estavam fazendo um trabalho de recuperação nesta foto, a menina apareceu despida, com um vulto inexplicável atrás, como se tivesse puxando-a para dentro de uma sala e ela tentando fugir. Porem na foto original, percebia-se claramente a presença da vestimenta tradicional para uma estudante em um colégio de freiras para a época. Um vestido longo, azul marinho, com a cruz de Cristo no peito. E nenhum sinal de vulto algum.
Descobriu-se também que na noite do dia em que a foto foi tirada, a menina desapareceu. Após a foto ter tomado seu formato atual, foram extraviadas inexplicavelmente as outras fotos da menina de dentro dos computadores da universidade e da policia, inclusive a foto original que foi scaneada para que pudessem ser feitos os estudos.
Professores e Mestres de computação gráfica que trabalhavam no caso, não souberam explicar como a foto original transformou-se tão drasticamente. Tentou-se em vão retroceder o processo e chegar a foto original.

Curiosidades
Na foto original afirmam que a postura da menina era normal de quem esta posando para uma foto, com os pés juntos e o vestido longo deixando apenas as sapatilhas de fora.
Algumas pessoas não vêem a imagem da menina, mas vêem a imagem do demônio atrás dela
Outras dizem ver a imagem se movimentando, como se tentasse fugir do satanás. (Essas pessoas após verem a foto tiveram algum parente próximo, geralmente uma filha ou irmã, vítima de violência sexual seguida de homicídio ou simples desaparecimento).


Vejam estes dados matemáticos do caso:
A menina foi encontrada 36 anos depois (3+6) = 9
O ano que ela desapareceu foi (1962) = (1+9+6+2) = (1+8) = 9
Numero da Besta (6+6+6) = (1+8) = 9
Agora vamos pegar um número de cada, obteremos o 999
A data cujo ela foi encontrada 27/09/1998 (2+7/9/1+9+9+8) = 9/9/9
Sua foto apareceu misteriosamente com a photopolaridade magnética invertida, ao fazer uma rotação de 180° com os números duplamente encontrados acima “999″ encontraremos o número 666, o numero da Besta
O ano que a menina foi encontrada, 1998 que é igual a 3 vezes o numero da Besta 666
A data de nascimento da menina 6 de junho 1950 (6/6/1+9+5+0) … (6/6/6) … 666
A data que a menina desapareceu foi 24/06/1962 (2+4/6/1+9+6+2) … (6/6/6) … 666
O numero de letras do nome dela Marian(6) Melisa(6) Taylor(6) … Reparem o número novamente!
O dia em que a menina desapareceu 24 subtraído da data de seu nascimento 6 = 18
3 x 6 = 18 ou escrevendo 3 x 6 de outro modo 6+6+6.
Não seria tudo isso muita coincidência?

Esta matéria foi tirada de um site de Satanismo hospedado na Inglaterra, que hoje não existe mais. Dizem que a mulher que o fez, sumiu de circulação da Internet e desde então nunca mais se ouviu falar dela. Alguns afirmam que ela ficou louca e suicidou-se, outros que a menina veio busca-la. Algumas pessoas ligadas fortemente ao espiritismo, não tem duvidas em afirmar que a mulher era a própria menina, vinda em forma de um espírito que utilizou o meio de comunicação mais difundido nos dias de hoje, pois teria feito um pacto com o Satanás para que ninguém mais duvidasse dos poderes de Lúcifer (Nome do Diabo) em troca de que ela pudesse descansar em paz, por isso ela mesma haveria indicado o local do seu cadáver para que pudessem encontrá-la


28 de abr de 2010

Testemunho do Ex-Bruxo Tio Chico

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=GpSS1jNFgEU
 

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=edYwpIUp9cQ&feature=related

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=z-ZLLJ9kLbQ&feature=related
 

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=7E5-f2rn7mI&feature=related
 

3 de mar de 2010

MEDO DE DIRIGIR

User-agent: Mediapartners-Google*
Disallow:

MEDO DE DIRIGIR

 
 
Ter medo é normal, porém, quando ele nos paralisa e nos impede de realizar muitas coisas, não é normal. Muitas vezes o medo é fruto da nossa imaginação, não é uma situação real, concreta. São cenários apocalípticos arquitetados em nossa cabeça, pensando sempre nas piores coisas que podem nos acontecer. Gostaríamos sempre que fossem levados a sério, mas para muitos são bobagens.
Há dois tipos de comportamento para quem sofre com esse problema:
a)      O fóbico: aquela pessoa precavida, desconfiada amedrontada, que não tem autoconfiança, foge do perigo. São pessoas de fácil trato, gostam sempre de confiar num “guia” e de se deixar orientar por ele.
b)     O contra-fóbico: preferem encarar o medo, atacando-o de frente compensando por uma dureza imposta, pela força artificial. Conseguem passo-a-passo vencê-lo, assim conseguem autoconfiança, descobrindo que seus temores são frutos de sua imaginação.
 
Conselhos para quem vai começar a dirigir e está com muito medo:
 
a)      Pense sempre que o medo é fruto da sua imaginação;
b)     Não fique idealizando cenários com acidentes no trânsito, ou outras dificuldades.
c)      Não fique pensando coisas do tipo: se furar um pneu, se o carro parar no meio da rua, se eu não conseguir andar naquela avenida...
d)     Mantenha-se sempre calmo, afugente todos os fantasmas, comece a dirigir com calma, seguindo todas as regras do trânsito, observando a sinalização. Não revide nada, não seja agressivo.
 
Você verá que aos poucos se sentirá mais autoconfiante confirmará que o medo é fruto da imaginação.

Sobre o Homem

User-agent: Mediapartners-Google*
Disallow:
Sobre o Homem

O HOMEM
Quem é o homem? Ou o que é o homem?
Será uma criação divina ou terá sido criado ao acaso pelo ajuntamento de átomos?
Provém dos macacos ou será descende de Adão?
Será um poeta ou um assassino?
O que é o homem, afinal?

O homem é o ser mais complexo que existe.
Quando se analisa qualquer ser avalia-se sua fisiologia, sua raça ou espécie, seu pedigree, seu meio, etc...
Mas no homem é preciso também entender  seus pensamentos, suas preferências, suas indecisões...
O homem é o único ser que pensa. E por isso está sempre em conflito consigo mesmo e com seu próximo.
O homem está sempre preocupado em chegar a algum lugar, está sempre querendo algo.e geralmente sempre tem outro homem querendo a mesma coisa. E, então, em vez de se ajudarem a conseguir o desejado, tentam se destruir mutuamente.
     Porque é mais fácil a luta do que a união? É melhor multiplicar seus bens do que dividir suas conquistas? 
Renato Brandão

1 de mar de 2010

gemeos

User-agent: Mediapartners-Google*
Disallow:Chegamos ao ultimo mês do outono e o Sol inicia sua passagem pelo signo de Gêmeos. O mito deste signo é associado aos gêmeos Castor e Pólux, filhos de um deus com uma mulher humana. Como conseqüência, Castor era mortal e Pólux tinha vida eterna. Diante do impasse, posto que um dia um dos dois iria inevitavelmente morrer e o outro não, resolveram dividir a imortalidade com cada um dos irmãos passando seis meses no Olimpo, num revezamento.

Gêmeos, signo do elemento Ar, está ligado à idéia de interdependência e reciprocidade, visando o entendimento e a compreensão mútua. Rege a relação entre professores e aprendizes, irmãos, vizinhos e amigos em geral.


O que seduz Gêmeos é a curiosidade. O interesse pelo movimento contínuo que o mundo nos apresenta e o dom natural para se comunicar colocam a sua inteligência e versatilidade a serviço da capacidade de adaptação e do aprendizado de realidades novas em relações sempre intercambiantes.


Gêmeos precisa de movimento dada a sua facilidade em entediar-se e a necessidade de viver situações novas. Para as pessoas nascidas no signo, nada pode ser muito parado ou restringente, já que o mundo é percebido como uma realidade mutável, assim como a nossa própria existência. Para eles, “pedra que rola não cria limo”. Daí as críticas de inconstância e falta de comprometimento com as coisas, comuns a muitos geminianos. Para algumas pessoas, realmente, pode ser difícil confiar cegamente em alguém assim.


Com a aproximação do inverno aumenta a nossa necessidade de relações interdependentes e trocas de modo geral, já que o frio por vir tornaria tudo muito mais difícil e triste se estivéssemos sozinhos. Gêmeos vem ensinar que a vida pode ser muito mais alegre e divertida na superação de adversidades se trocamos experiências e recursos visando o bem-estar da comunidade. Por mais que o inverno venha a diminuir a nossa sociabilidade pela ausência de sol e calor, é através das nossas relações com parentes, amigos e vizinhos que encontramos canais para vivermos com maior conforto e equilíbrio. Portanto o conselho de Gêmeos é: nada de isolamento ou solidão!

26 de fev de 2010

Crê no bem,

Crê no bem, na paz que reside em teu espírito.
Crê nos homens e apesar das mentiras
e dos grandes enganos,
crê assim mesmo.
Pois é através da fé que aprendes a sabedoria.
É através da compreensão que
aprendes a bondade.
É através da humildade que a clareza te chega,
dando-te consciência do momento presente.
É através do amor que chegas a ti mesmo e aos teus, e é através do amor que chegas a Deus
e à segurança eterna de que tudo caminha,
tudo expande e tudo ensina.
Não te atrapalhes diante das confusões que vês em ti ou em teus irmãos,
elas não são os ventos e tampouco o equilíbrio que sustentam as tuas asas sob o céu.
Não chores diante das desgraças e tampouco alimentes a maldade alheia,
elas apenas esvaziam teu ser, aprisionando teu coração nos mares gelados da solidão.
Alimenta em ti o que te faz sorrir, o que te propicia o silêncio da paz, da comunhão com
o fogo, com a água, com a terra e com o ar.
Purifica, dia a dia, com o teu curso, os ares que te rodeiam, pois são estes que inspiras para dentro do teu próprio ser.
Entrega a Deus aquilo que não sabes como resolver, e realiza, com tuas próprias mãos, aquilo que Deus já te ensinou como fazer...

21 de jan de 2010

fases da Lua

User-agent: Mediapartners-Google*
Disallow:

Como tirar proveito das fases da Lua

Lua Crescente

Os sete dias após a Lua Crescente são favoráveis ao início de novos empreendimentos, ao esclarecimento de mal-entendidos, às atividades que exijam o desapego de situações e de relacionamentos obsoletos, às tentativas de aprimoramento em todas as áreas da vida.

Lua Cheia

Os sete dias após a Lua Cheia são favoráveis aos relacionamentos sociais; à conscientização dos bloqueios, dos obstáculos e dos problemas; às mudanças de residência; ao abandono de hábitos antigos; à comunicação de novas idéias e planos; às atividades que exijam força de vontade e determinação.

Lua Minguante

Os sete dias após a Lua Minguante são favoráveis ao planejamento de atividades e empreendimentos; ao término de trabalhos inacabados; à solução criativa de problemas ligados ao passado; ao relacionamento com jovens, adolescentes e crianças; ao início de tratamentos de saúde.

Lua Nova

Os sete dias após a Lua Nova são favoráveis à organização de atividades cotidianas, às atividades intelectuais e às pesquisas, aos trbalhos que exijam espírito de cooperação, às decisões relacionadas com compromissos sociais e amorosos, aos assuntos voltados para o bem comum.

13 de dez de 2009

curso e Treinamento de Maquiagem AVON

User-agent: Mediapartners-Google*
Disallow:

Maquiagem AVON, curso e Treinamento de Maquiagem AVON




Confira um treinamento de maquiagem para nova linha de maquiagem da avon


Categoria: Maquiagem

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Marcadores

Follow by Email

Recent Posts

Postagens populares

Minha lista de blogs