pesquisa magos da luz

Custom Search
------------------- -------------------------------------
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
Mostrando postagens com marcador testes. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador testes. Mostrar todas as postagens

4 de abr de 2011

Semente de Olho de Boi

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui


Muitas pessoas perguntam-me como se utiliza eficazmente a semente Olho de Boi, pois existem muitas versões e métodos. Para todos os que querem conhecer melhor esta semente e como utilizar, aqui fica este "mini" artigo, contendo a informação essencial para a sua correcta utilização:

Esta semente, já muito conhecida pela maior parte da população portuguesa, é normalmente utilizada como amuleto contra inveja e "mau-olhado" e contra negatividades que possam ser enviadas por terceiros para as casas.

Como utilizar:

1- Pode ser usada dentro de um saquinho de pano preto, que deve estar sempre com a pessoa. No saquinho, pode também juntar um pouco de sal marinho, um pouco de Arruda e um pouco de Alecrim.

2- Em casa, pode ser posta dentro de um copo com água, servindo assim de "alarme" preventivo. Por norma, quando a semente arrebenta, é sinal que alguém enviou energias negativas contra a casa ou contra os seus habitantes. Se a água do copo ficar preta ou de tonalidade escuro, é sinal que a negatividade em causa é forte e com intuito de destruição.

3- Em casa, a semente também pode ser colocada num pequeno saquinho de pano preto e pendurada atrás da porta de entrada, ou pode ser espalhada pela casa.

4- Pode ser utilizada num fio, de preferencia sem ser furada. Isto serve como protecção pessoal.

Lembrem-se que caso utilizem esta semente num saquinho junto ao vosso corpo, para protecção pessoal, devem colocá-la no lado esquerdo do corpo, por é através da nossa esquerda que se recebe tudo o que existe á nossa volta e se absorve tudo o que nos é emanado, seja bom ou mau.

Costumo dizer aos meus alunos que no lado esquerdo temos a nossa antena, pela qual recebemos. É o nosso lado receptor. Através da direita, transmitimos. É o nosso emissor. Este principio deve estar sempre presente na nossa consciência, sempre que trabalhamos com instrumentos de protecção ou de atracção. Tanto para nós, como para os outros.

Reparem que um simples aperto de mão é dado pela direita... assim não se recebe o que o outro nos pode transmitir, seja consciêntemente ou inconsciêntemente. Além disso, um aperto de mão é um enviar de um cumprimento. Enviar pela direita, receber pela esquerda.

Tenho uma em casa, posso dizer que desde que a tenho deixei de ver com tanta frequência os ditos vultos negros, embora algumas coisas estranhas continuem a acontecer. A senhora que me vendeu este artigo disse que deve ser deitada dentro do copo de água sem lhe tocarmos. Pode-se por envolta num guardanapo por exemplo. O que me foi dito é que deve se esperar durante três dias e ela ao fim desse tempo irá ficar maior ou mais pequena se sofrer-mos desses males. Se econtrar mais alguma informação relevante posto mais!

5 de nov de 2010

Profecias - 2012

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

Outras profecias - 2012

As Pitonisas de Delphi



As Pitonisas de Delphi (as sacerdotisas oraculares) que viviam em Delphi, na Grécia antiga, foram conhecidas pelas suas previsões do futuro, inclusive sendo consultadas por viajantes daqueles tempos para que fossem feitas previsões e profecias sobre suas viagens e caminhos a seguir. Em pesquisas realizadas foi descoberto em anotações, que uma das previsões das Pitonisas de Delphi, é de que o mundo acabará em 21/12/2012.

Sybil foi uma profeta/oráculo que viveu na Roma antiga, a qual, assim como as Pitonisas de Delphi, também fazia previsões sobre o futuro, sendo algumas de suas previsões mais marcantes "a queda de Roma" e grandes catástrofes, como a erupção de vulcões que soterraram cidades, e grandes guerras que aconteceram centenas de anos à sua frente. Sybil em uma de suas previsões, também indicou que uma grande catástrofe ocorrerá em nosso planeta no dia 21/12/2012.

As Profecias de Nostradamus

Aqui apenas um breve resumo sobre as fantásticas Profecias de Nostradamus:



Um dos maiores profetas de todos os tempos, nasceu como Michael de Notre Dame (pelo nome latino Nostradamus) em 14 de dezembro de 1503 na cidade de Saint-Rémy, Provence, França. De pais judeus, foi o primeiro de 5 filhos do casal Jaume e Reynière, posteriormente convertidos ao catolicismo. Desde a infância, Nostradamus freqüentava a Igreja com assiduidade e demonstrava interesse por literatura clássica, filosofia e fundamentos de medicina. Seus avós (ascendentes de Ishacar, um povo constituído de sábios e profetas) lhe transmitiram ensinamentos astrológicos, matemáticos e ocultistas; além de latim, grego e hebraico. Aos 14 anos em Avignon, deparou-se e aderiu a teoria opositora do Heliocentrismo, baseada na premissa de que não a Terra, mas o Sol era o centro do universo. Em 1522, Nostradamus foi estudar medicina na universidade de Montpellier. Um médico-astrólogo de origem judaica, era uma personalidade facilmente visada para os Inquisidores. Por isso, completou o bacharelado e vagou pela Europa, ganhando reputação ao curar com ervas os enfermos da peste bubônica que assolava o século XVI. Ainda que eficientes, seus métodos medicinais eram muito contestados na época. Retornou à universidade em outubro de 1529, concluiu o doutorado e recebeu o chapéu quadrado dos médicos, o anel de ouro e as obras de Hipócrates. Lecionou nesta universidade por um ano e voltou a perambular em busca das vítimas da peste. Em 1534, Nostradamus estava em Agen quando conheceu a jovem e rica Adriette du Loubejac. Casou-se e teve dois filhos. Porém, sua esposa e as crianças foram subitamente mortas pela peste. Após este fato, Nostradamus foi para Luxemburgo e isolou-se no mosteiro de Orval. Na cidade de Marselha, o profeta dedicava-se totalmente a medicina quando foi convidado por seu irmão, Bertrand, para ir a Salon. Lá, foi apresentado à rica viúva Anne Ponsard Gemelle, com quem casou-se novamente e teve três filhos e três filhas. Nessa época, escrevia e comercializava um periódico anual sobre a previsão meteorológica que fazia grande sucesso entre os agricultores locais; além dos livros de receitas de cosméticos, perfumes e conservação de alimentos. As profecias de Nostradamus eram feitas em profundo estado de transe. Também utilizava cálculos astrológicos para definir a data e horário mais adequado. Na Sexta-Feira Santa de 1554, deu início a sua mais famosa obra: As Centúrias.

As Centúrias de Nostradamus:



As Centúrias são as profecias compiladas em 10 livros, sendo que cada um possui 100 quadras (rimas em quatro linhas, que totalizam 1000 previsões). Não seguem coerência cronológica, e foram escritas combinando francês arcaico, grego, latim e um dialeto do sul da França denominado Languedoc. Além disto, existem anagramas, referências mitológicas e astrológicas numa linguagem subjetiva que dificulta a compreensão. Alguns estudiosos afirmam que esse foi um recurso utilizado para se esquivar da Santa Inquisição.

A primeira parte das Centúrias foi publicada em maio de 1555 pela casa Mace Bonhomme, de Lyon. O prefácio assinado por Nostradamus dedicava o livro a César, seu filho recém-nascido. A segunda parte foi publicada apenas em 1557. O trabalho seria concluído em quatro anos. A quadra 35 da Centúria I, cita com quatro anos de antecedência a morte do Rei Henrique II num duelo. Assim, a Rainha Catarina de Médicis o convocou para fazer o horóscopo dos nobres. Através da vidência, o profeta ainda resolveu um caso de roubo da Catedral de Orange. Dessa forma, Nostradamus conquistou notoriedade pela sua capacidade de prever o futuro e ficou conhecido como O Mago de Salon.

Em sua totalidade, as Centúrias trazem previsões generalizadas de acontecimentos significativos da humanidade à partir de 1557, tais como as guerras mundiais, a revolução francesa, o assassinato de Kennedy, e o surgimento de Napoleão e Hitler. O fim do mundo ocorreria no ano 7000, quando o Sol destruiria a Terra e retomaria sua condição suprema no universo. Porém, existe uma dúvida se a previsão foi baseada no calendário judeu ou cristão. O profeta também anteviu as calúnias que ele próprio sofreria ao longo dos séculos, e a comercialização de sua imagem e obra.

No ano de 1994 foi encontrado um de seus livros, o qual teria ficado perdido durante 400 anos, e estaria nos arquivos do Vaticano, já que foi oferecido como um presente pelo filho de Nostradamus ao Papa Urbano VII. O livro entitulado "Nostradamus Vatinicia Code" além das tradicionais centúrias, traz 80 ilustrações que podem ser a chave para a interpretação de muitas de suas previsões relativas ao final do mundo.

Nestas ilustrações, um conjunto em especial chama atenção. Sete imagens que apresentam uma roda como elemento comum, alegoria normalmente usada para representar o tempo, e desenhos de signos zodiacais, luas, estrelas e outros símbolos, na maioria relacionados à Alquimia e que segundo especialistas descrevem um grande alinhamento entre nosso Sol e o Centro da Via Láctea, onde existiria um enorme buraco negro. Vale lembrar que na época de Nostradamus, a Alquimia e a própria Astrologia misturavam-se com ciências como a Física e a Astronomia e também eram consideradas práticas científicas e como tal, vigiadas bem de perto e até mesmo controladas pela poderosa Igreja Católica. Isso fez com que muitos trabalhos científicos fossem publicados em linguagem figurada, em uma tentativa de evitar o confronto direto e o risco de vida que ele significava naquela época. Uma das figuras mais polêmicas contida no Livro Perdido de Nostradamus, existe a da número "70". Nela pode-se notar a "Roda do Tempo" ou "Roda da Vida" A ilustração da "Roda da Vida", refere-se ao alinhamento das duas cruzes virtuais que existem em nossa galaxia. Cada qual posicionada em ângulos diferentes, indicando o equador e os pontos e os pontos de solstício. Quando ambas estiverem perfeitamente alinhadas, forma-se um desenho como a "Roda da Vida", e isso ocorrerá em 221/12/2012.

As três luas crescentes simbolizam três eclipses consecutivos, e a lua maior um grande eclipse lunar. Em nosso tempo, esse período se situa entre 1992, fechando no ano de 2012.

Profecias - 2012

"Os antigos nos avisam desde os tempos mais remotos, deixando sinais do que estaria por vir. Escritos antigos, hieróglifos, desenhos, códigos e imagens transmitem mensagens sobre uma grande catástrofe em nossa era. Estaríamos realmente chegando ao fim? Faltam menos de 1000 dias. Quem está preparado para o que vai acontecer?"

Em diversas culturas ancestrais o ano de 2012 é marcado nos calendários como o “apocalipse”, o “fim do mundo”, “o juízo final”, “o fim de um ciclo” e, nos mais otimistas, “o ano em que esta era terminará e outra, melhor, será iniciada”. Maias, Egípcios, Celtas, Hopis, Nostradamus e diversos profetas, Chineses e Budistas, WebBots, Cientistas e Religiosos das mais diferentes crenças afirmam que algo extraordinário ocorrerá em nosso planeta em 2012 (ou antes). Nunca antes uma data foi tão importante para muitas culturas, para muitas religiões, cientistas e governos.

Mas o que acontecerá na fatídica data de 21 de dezembro de 2012? Para muitos será o dia da aniquilação da raça humana devido a uma inversão dos pólos da Terra. Como isso seria possível? Devido a distúrbios nos campos magnéticos do Sol que, gerando colossais tormentas solares, afetarão a polaridade de todo o nosso planeta. Resultado: o campo magnético terrestre se inverterá imediatamente, com conseqüências catastróficas para a humanidade. Violentos terremotos demolirão todos os edifícios, alimentando tsunamis colossais e atividade vulcânica intensa. Na verdade, a crosta terrestre deslizará, arremessando continentes a milhares de quilômetros de sua localização atual.



Outros falam que grandes cataclismos serão gerados devido a passagem de um "astro/cometa/planeta" perto da Terra. Seria o “Abominável da Desolação” de Jesus, a “Abominação Desoladora” do profeta Daniel, a grande estrela ardente com um facho, chamada "Absinto” do Apocalipse de João, a “Grande Estrela“, “o Grande rei do Terror“, “O Monstro” ou “O Novo Corpo Celeste” de Nostradamus, o “Astro Intruso” ou “Planeta Higienizador” de Ramatis, o “Planeta Chupão” citado por Chico Xavier, ou o “Planeta X” procurado pelos astrônomos, ou o “12º planeta” de Zecharia Sitchin, ou o “Nibiru/ Marduk” dos Sumérios, ou ainda o “Hercólubus” dos estudiosos da Gnose. Para os cientistas da NASA a data desse acontecimento será marcada pelas piores tormentas solares da história.

Para os governos e a ONU algo terrível está para ocorrer com nosso planeta, por isso foi inaugurado no início de 2008 o “cofre do fim do mundo” que visa abrigar sementes de todas as variedades conhecidas no mundo de plantas com valor alimentício.

Outros esperam pelo “Juízo Final” com a separação espiritual do “joio e do trigo” (visão bíblica), que se dará com a chegada de Jesus Cristo, ou através de uma visão mais atual com relação à seres extraterrestres, ou mesmo com o colapso total da civilização humana baseada no materialismo/egoísmo (fim do sistema econômico) e início de uma nova civilização voltada ao espiritualismo, amor e fraternidade. Nesta mesma linha de “juízo final”, a teoria sobre a chegada dos seres extraterrestres se dará após um cataclismo provocado pela chegada do “segundo sol”, ou também conhecido como o "Planeta "X" / Nibiru", citado anteriormente.

Não podemos esquecer que na visão espiritualista do “fim do mundo”, o lado material (catástrofes, fim do dinheiro, materialismo, consumismo, etc) é colocado em segundo plano. Não que isso não acontecerá. Eles falam que sim, mas o que vai separar um mundo do outro é uma mudança consciencial: a consciência egoísta e individualista “sou ser humano, pertenço ao planeta Terra” morrerá e nascerá a consciência universalista “sou a encarnação de um espírito, pertenço ao Universo”. Segundo essa crença, os espíritos reprovados no “juízo final”, ou seja, aqueles que não mudarem a consciência frente as últimas “provas”, serão exilados no "Planeta "X" / Nibiru" e terão que recomeçar do zero todo o processo de reencarnação, enquanto que os aprovados para a nova Terra vão estar livres de recordações do passado e qualquer traço de egoísmo e individualismo. Serão os habitantes da Terra de regeneração (como os espíritas falam).

Para os WebBots (programas dedicados à realizar previsões com base em dados colhidos na rede mundial de computadores) algo devastador vai ocorrer no ano de 2012. Como pode-se notar, muitos têm a sua versão e sua própria previsão do que poderá ocorrer no ano de 2012 (ou até esta data). Mas se notar você vai ver que não será o “fim do mundo”, mas o fim de um tipo de mundo. Não nos restam dúvidas que a nossa civilização está à beira do colapso. Prova maior disso é a atual crise financeira mundial e o aumento das catástrofes naturais, além do agravamento da violência e distúrbios psicológicos. Qualquer um que usar a inteligência e fizer uma análise sobre os fatos mundiais que estão ocorrendo, deve compreender que se não houver uma mudança radical em nossa forma de viver, nossa sociedade não terá como sobreviver por por muito tempo.



O Calendário Maia (A Base Principal)

A mais ou menos 300 anos desaparecia a mais extraordinária civilização pré-colombiana: os Maias. Até hoje os pesquisadores do mundo inteiro se intrigam diante das maravilhas artísticas do conhecimento científicos deixados por eles, cuja proeza civilizatória se compara à dos egípcios na Antigüidade. Os Maias atingiram seu apogeu entre 435 a 830 D.C. e sua cultura estava centrada na concepção que tinham do tempo, distinta da nossa idéia mecanicista e linear da temporalidade. A descoberta do túmulo do rei-sacerdote Pacal Votan na Pirâmide de Palenque no México em 1947 abriu uma nova página nas pesquisas sobre o povo Maia. A decodificação dos sinais contidos do interior do Templo das Inscrições permitiram uma maior compreensão da cultura Maia, que concebiam a Terra como um ser vivo orgânico. Outra característica importante da concepção Maia do tempo é a ênfase em sua manifestação quadrimencional. Nesse ponto, a lógica matemática e física dos Maias aproxima-se da teoria de Albert Einstein, que intuiu a complexidade do tempo como a evidência de uma dinâmica inteligente, cuja compreensão ultrapassa os parâmetros tradicionais do conhecimento humano.

O principal legado cultural dos maias foi seu Calendário Sagrado, o Tzolkin. Treze números e vinte símbolos formam sua matriz, a partir da qual os Maias não só estabeleceram uma extraordinária contagem do tempo, como também reuniram os conteúdos referenciais indispensáveis para que possamos alcançar o verdadeiro equilíbrio interior, a dimensão altruísta necessária para a auto-realização, ou seja, a paz. O Tzolkin explicita ideograficamente a dimensão radial e cíclica do tempo Maia, harmoniosamente sincronizado com os fenômenos da natureza. Graças à exatidão do calendário, o mais perfeito entre os povos mesoamericanos, os Maias eram capazes de organizar suas atividades cotidianas e registrar simultaneamente a passagem do tempo, historiando os acontecimentos políticos e religiosos que consideravam cruciais. Entre os Maias, um dia qualquer pertence a uma quantidade maior de ciclos do que no calendário ocidental. O ano astronômico de 365 dias, denominado Haab, era acrescentado ao ano sagrado de 260 dias chamado Tzolkin. Este último regia a vida da “gente inferior”, as cerimônias religiosas e a organização das tarefas agrícolas. O ano Haab, e o ano Tzolkin formavam ciclos, ao estilo de nossas décadas ou séculos, mas contados de vinte em vinte, ou integrados por cinqüenta e dois anos.

Eles estabeleceram um “dia zero”, que segundo os cientistas corresponde a 12 de agosto de 3113 A.C. Não se sabe o que aconteceu nesse dia, mas provavelmente esta se trata de uma data mítica. A partir deste dia os ciclos se repetiam. Entretanto, a repetição dominava a linearidade. Podiam acontecer coisas diferentes nas datas anteriores de cada período de vinte ou cinqüenta e dois anos, mas cada seqüência era exatamente igual à outra, passada ou futura. Assim diz o Livro de Chilam Balam: “Treze vezes vinte anos, e depois sempre voltará a começar”. A repetição cria problemas para traduzir as datas Maias ao nosso calendário, já que fica muito difícil identificar fatos parecidos de seqüências diferentes. A invasão tolteca do século X se confunde nas crônicas Maias com a invasão espanhola que ocorreu 500 anos depois. Por isso, os livros sagrados dos maias eram simultaneamente textos de história e de predição do futuro. Na perspectiva Maia, passado, presente e futuro estão em uma mesma dimensão. Sabe-se que foram feitas previsões futurísticas através do calendário Maia, como o da a chegada do homem branco. Hernan Cortez em 8 de Novembro de 1519, muito tempo antes, e o fato realmente aconteceu. Estudando-se o Calendário Maia, verificou-se que o mesmo indica que algo muito grave acontecerá em nosso planeta no solstício de 21/12/2012, data em que se encerra um "ciclo" temporal em seu curso. Esse acontecimento na data citada será tão grave e tremendo, que o mundo conforme conhecemos desaparecerá. Consultando-se astrônomos foi verificado que realmente haverá um solstício em nosso planeta em 21/12/2012, fato em que o Sol se alinhará com o centro de nossa galaxia, a Via Lactea.



Segundo cientístas, esse fenômeno manipulará uma grande quantidade de energia no espaço como um todo, podendo provocar muitos fenômenos, como uma tempestade de raios cósmicos sobre o planeta terra, com grande incidência de Raios Gama*, o que seria fatal sobre a vida existente em nosso planeta, ou mesmo um efeito eletromagnético intenso, alterando dessa forma a inclinação do eixo magnético do nosso planeta, o que também seria fatídico para nossa existência. Para o planeta terra Terra, as conseqüências de uma descarga massiva de raios gama seriam devastadoras. Raios Gama* de alta potência poderiam afetar todas as formas de vida do planeta e destruir a camada de ozônio, deixando a Terra vulnerável aos raios ultravioleta do Sol, provocando naqueles que conseguirem sobreviver, algo imensamente terrível.

30 de ago de 2010

EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre!

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui
Repita todo o seguinte:

EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre!
EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre!
EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre!

(Para que esta cura seja permanente, devemos fechar as portas que a permitiram em primeiro lugar).

Repita o seguinte:

"Eu, O ser conhecido como (declare seu nome) nesta encarnação particular, por este meio revogo e renuncio a todos e cada um dos compromissos de fidelidade, votos, acordos e/ou contratos de associação que já não servem a meu bem mais elevado, nesta vida, vidas passadas, vidas simultâneas, em todas as dimensões, períodos de tempo e localizações ou onde quer mais na Mente de Deus.
Eu agora ordeno a todas as entidades (que estão ligadas com esses contratos, organizações e associações às que agora renuncio) que cessem e desistam e que abandonem meu campo de energia agora e para sempre e em forma retroactiva, tomando seus artefactos, dispositivos e energias semeadas com vocês.

Para assegurar isto, Eu agora apelo ao Sagrado Espírito Santo para que seja testemunha da dissolução de todos os contratos, dispositivos e energias semeadas que não honram a Deus / Pai / Mãe. Isto inclui todas as alianças e seres que não honram a Deus / Pai / Mãe como Supremo.
Ademais Eu peço que o Espírito Santo". "Testemunhe" a libertação completa de todos os contratos, dispositivos e energias semeadas, tanto conhecidas como desconhecidas, que infringem a vontade de Deus / Pai / Mãe.
Eu declaro isto adiante e retroactivamente. E assim seja.
Eu agora volto a garantir minha aliança com Deus / Pai / Mãe através do domínio do Cristo e a voltar a dedicar meu ser inteiro, meu ser físico, mental, emocional e espiritual à vibração de Cristo, desde este momento em diante e em retroactivo.
Mais ainda dedico minha vida, meu trabalho, tudo o que penso, digo e faço e todas as coisas em meu ambiente que, todavia me servem, à vibração de Cristo também.
Ademais, dedico meu ser a minha própria mestria e ao caminho da ascensão, tanto do planeta como o meu.
Havendo declarado tudo isto Eu agora autorizo ao Cristo e a meu próprio Ser Superior para que façam mudanças em minha vida para acomodar esta nova dedicação e Eu peço ao Espírito Santo que testemunhe isto também.
Eu agora declaro isto às chamas masculina / feminina de Deus. Que seja escrito no Livro da Vida. Que assim seja. Graças a Deus."

19 de jul de 2010

vale assombrado (relato)

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

 Dessa vez seria diferente, eu pensei. Mas lá estava eu, sem dinheiro, sem trabalho, no meio do nada e morando em uma casa realmente assustadora e assombrada, a ultima coisa no mundo que eu queria.

Tudo começou quando eu decidi fazer uma nova tentativa de sair da cidade grande de uma vez por todas. Eu odeio cidades grandes, mas sempre que acabava em uma para conseguir me sustentar financeiramente. Esta é uma história, honesta e verdadeira sobre a casa assombrada onde eu fui parar. Ela era isolada do mundo e o vizinho mais próximo ficava a mais de cinco quilômetros de distância.

Era o começo do verão e eu estava ansioso por sair da Grande São Paulo... de novo. Finalmente depois de ter procurado em todo lugar, eu consegui um emprego como técnico de uma rádio em uma cidadezinha do interior paulista. A cidade ficava a cerca de trinta quilômetros do vale quase inabitado onde eu esperava morar de novo. Eu fui para a estação de rádio assim que cheguei na pequena cidade. E depois de apresentações e ouvir o que era esperado de mim no serviço, eu fui para o meu vale favorito.

Tudo estava um mar de rosas, pelo menos no começo. Eu tinha alguns amigos no vale de quando eu morei ali antes, então eu achei que poderia ficar com eles até arranjar um lugar meu.

Depois de duas semanas, as coisas não estavam indo tão bem na estação de rádio. Eles tinham mudado de idéia quanto a ter um técnico período integral lá. No entanto, isso não acabou com as minhas esperanças de conseguir um bom emprego em outro lugar e conseguir ficar na região.

Eu já tinha visto várias casa pra alugar, mas nenhuma me agradou muito. Um dia finalmente, eu vi um velho amigo (Beto) e a sua recém casada esposa. Ele também estava procurando um lugar para alugar e tinha algumas idéias que eu não tinha pensado. Tinha um lugar que ele me descreveu que parecia ser maravilhoso.

Era uma casa de fazenda velha de dois andares, seis quartos, completa com celeiros e estábulos. A casa estava a quinze quilômetros da cidade mais próxima e para chegar bela tinha uma estrada muito pouco usada. O aluguel era de R$75 por mês. O proprietário tinha baixado o aluguel da casa em troca de reforma feita nela, segundo Beto.

Eu estava começando a me animar, até que a sua querida esposa acrescentou que a casa era assombrada. Como era a primeira vez que eu encontrava a esposado Beto, eu não sabia o que pensar. Beto não era nem um pouco supersticioso. E julgando pelo que eu tinha ouvido falar sobre a mulher dele, ela também não era. Mesmo assim, eu resolvi ir ver a casa. Talvez ela não gostasse de casas antigas que precisassem de reforma.

Eu consegui chegar na casa no começo da tarde. Era um verão quente e o ar fresco e as montanhas (cerra) ao longe deram um ar muito atraente à casa. Eu podia ver o celeiro e outras construções ao longo do terreno. Quando eu me aproximei da porta da frente, eu notei que a maioria da madeira estava podre e tinham caído durante os anos, deixando a varanda intransitável. Então eu lembrei que o Beto me falou para entrar pela entrada de trás da casa. Eu fui lá pra trás e entrei na cozinha, pensando como seria bom morar em uma casa de fazenda.

Lá dentro eu fui recebido pelo som de uma torneira vazando. Eu fui para a pia e tentei, em vão, desligar a torneira. Isso só piorou as coisas, começou a sair mais água. Então eu decidi deixar isso pra lá e continuar com a minha visita. A cozinha era gigantesca (do tamanho de muita sala) com um teto bem alto, com armários grandes com porta de vidro. Depois de ter olhado a cozinha e a fria despensa com entrada do lado da cozinha, eu continuei para a sala de estar.

A sala de estar devia ser duas vezes maior do que a cozinha, com um teto igualmente alto. Eu estava cada vez mais empolgado. Saindo da sala eu entrei em um corredor que levava para a parte da frente da casa. Do lado esquerdo do corredor tinha o único banheiro da casa. Continuando pelo corredor tinham quatro quartos, sendo que três tinha janelas que davam para a frente da casa. Dois dele tinham portas para fora da casa que davam para a varanda.

Eu ficava cada vez mais ansioso por morar naquela casa quanto mais eu olhava ela. Tanto que eu até tinha esquecido o comentário que a esposa do Beto tinha feito.

Depois de ter feito o tour pela parte de baixo da casa, eu subi para ver o andar de cima (a casa originalmente tinha sido construída sendo quatro quartos e o banheiro; a cozinha, a sala e a parte de cima, que pegava metade da casa, tinham sido construídos depois). A escada dava para um corredor que ia de uma ponta a outra da parte de cima da casa. Na esquerda do corredor tinha um pequeno quarto (um depósito) com material de construção e alguns restos de madeira. Para a direita tinha uma porta que dava para um quarto com porta, maçanetas, janela, lustres, tudo num estilo antigo, meio colonial. Eu estava pensando que era uma casa maravilhosa.

Agora eu estava indo em direção do outro quarto no final do corredor, que estava com a porta fechada. Quando eu abri a porta e entrei notei que o quarto tinha sido reformado recentemente, com papel de parede e tudo.

Então finalmente começou: Quase que imediatamente quando eu entrei no quarto, eu não me senti muito confortável. Parecia que a minha cabeça tinha parado de funcionar. Apenas a alguns momentos olhando a casa, parecia que era um sonho virando realidade. Mas no entanto, assim que eu entrei nesse quarto eu não sentia nada. Só a impressão de que tinha alguém me olhando à minha direita, que era a frente da casa. Eu virei nessa direção e notei que um buraco tinha sido cortado na parede perto do chão e estava coberto por um saco plástico preso com fita adesiva na parede. Era provavelmente a entrada para o forro da parte original da casa.

Eu fui até o buraco, e tirei o plástico para poder olhar lá dentro. Talvez foi porque os meus olhos não estivessem ajustados com a escuridão, mas eu tive a impressão que vi um par de olhos me olhando da escuridão. Então veio os barulhos: estalos na madeira, como se alguém estivesse vindo do forro na minha direção bem devagar.

Eu senti uma sensação estranha, mas parecia que nada estava se mexendo ali dentro, só que os olhos não estavam mais lá. Eu coloquei a cabeça á dentro e olhei de um lado para o outro, mas só via sombras da madeira da estrutura. Eu decidi que era só a minha imaginação, então coloquei o plástico de volta no lugar e me virei para ir embora. Mas eu simplesmente não conseguia me livrar da sensação de que eu estava sendo observado enquanto eu saia do quarto.

Eu abri a porta, sai e fechei a porta atrás de mim. Enquanto eu descia a escada eu tentei esquecer aquela sensação estranha que eu senti no quarto. De novo, eu estava encantado com o lugar. Eu fui para a cozinha e sai da casa e me afastei uns trinta metros da casa e dei uma boa olhada em volta, pensando como ia ser bom morar em um lugar como aquele. Subitamente eu senti que estavam me observando de novo. EU olhei na direção de onde vinha a impressão, e era bem em uma entrada de ar que tinha na lateral da casa onde ficava o forro da parte original da casa. Eu não conseguia esquecer ignorar aquela sensação, não importa o quanto eu tentasse.

Depois que eu voltei para a cidade, eu acabei esquecendo a parte esquisita da visita e só podia pensar na parte boa e de como eu tinha gostado do lugar. Mas eu realmente não estava muito a fim de me mudar para lá sozinho, então eu coloquei isso de lado por um tempo.

Alguns dias depois eu recebi um telefonema avisando que o meu irmão e um amigo dele estavam vindo me visitar. Eu sabia que o meu irmão queria sair da cidade tanto quanto eu. Ele sempre falava em vir para o interior morar comigo. Quando ele chegou ele me falou que o amigo dele e ele queriam ficar comigo o verão todo. Finalmente! Era a minha chance de mudar para a casa que eu tinha visto! O meu irmão concordou em dividir o aluguel comigo depois que eu falei sobre o lugar. Nós falamos com o dono da casa e depois levamos a minha mobília (guardada em um depósito desde a minha ultima tentativa de morar na área) para a casa. Eu escolhi um dos quarto de baixo do lado do banheiro. A primeira noite foi bem calma. Depois do terceiro dia, depois de não terem encontrado emprego nenhum, meu irmão e o seu amigo me falaram que estavam indo embora de volta para a capital. Então lá estava eu, morando sozinho em uma casa gigantesca, potencialmente assombrada.

Os barulhos geralmente aconteciam por volta de 11:00pm. No começo eu só ouvia algo arranhando as paredes. Eu pensei que poderiam ser ratos. Depois de alguns dias eu comecei a ouvir passos fortes no andar de cima. Era como se alguém estivesse arrastando algo por aquele quarto estranho no andar de cima. Eu lembro de colocar a minha orelha contra a parede para ver se o barulho vinha mesmo da casa, e realmente vinha. Como eu tinha um aparelho de som, eu simplesmente aumentava o volume o suficiente para não ouvir os passos que vinham do segundo andar. Eu geralmente ficava acordado até não poder agüentar mais de sono (geralmente entre 1:00am á 2:00am). Isso era padrão toda noite.

Depois de várias semanas vivendo assim, eu fui falar com um amigo (Diogo) de São Paulo que também estava tentando fugir da cidade grande. Como ele estava procurando um lugar para ficar, eu ofereci um dos meus quartos. Diogo aceitou na hora. Tendo cinco quartos para escolher, ele pegou um que ficava no andar de baixo perto da escada na parte da frente da casa.

Na manhã seguinte, Diogo me perguntou algo muito interessante, o que eu estava fazendo andando pra lá e pra cá no andar de cima na noite anterior. Eu falei que não tinha subido lá em cima na noite anterior. Ele não acreditou e falou que eu fiquei andando no quarto em cima do quarto dele. Mas eu falei que em cima do quarto dele não tinha nada, só o forro. Depois de mostrar o andar de cima eu finalmente convenci ele. Agora ele tinha chegado na mesma conclusão que eu. TInha um fantasma lá em cima. Então, do seu jeito estranho de tentar me confortar, eu acho, ele me contou uma experiência que uma outra hora conto.

Diogo ficou na minha casa assombrada pro duas semanas, então se mandou, me deixando sozinho para ser comido pelo que quer que fosse que rastejava no segundo andar.

Algum tempo depois eu acabei esbarrando com uma amiga na cidade. Ela me perguntou como eu estava e onde eu estava morando. QUando eu falei para ela, o seu comentário foi, "oh, aquela casa é assombrada". Então ela me contou a história da casa. Ela falou que uma família tinha se mudado para a casa a algum tempo atrás e um dos filhos do inquilino ocupou o quarto da frente do segundo andar. Ele começou a fazer seções espíritas (brincadeira do copo e coisas do gênero) lá. Muita coisa ruim começou a acontecer com a família, e depois de pouco tempo, eles acabaram se mudando. Ela falou que o estado que eles se encontravam (emocionalmente) era bem precário, eram só uma sombra do já tinham sido. Estavam cansados e deprimidos.

Quando eu voltei para casa, eu não tinha certeza se tinha gostado de ter ouvido essa informação extra sobre a casa.

Algumas noites depois tinha tanto barulho no andar de cima, tava uma bagunça, que parecia que o que quer que fosse que estava fazendo aquela zona toda ia descer a escada. Eu estava tão assustado que já estava fazendo planos de por qual janela pular e qual roupas levar. Nem o aparelho de som conseguia mascarar o barulho mais. No entanto, nada se materializou aquela noite.

Se eu colocar tudo o que aconteceu comigo enquanto estava lá, ia pegar muito espaço. No entanto, teve uma noite que eu nunca vou esquecer.

A única tomada de telefone que tinha na casa estava na sala de estar, que ficava em baixo daquele quarto. Naquela noite eu estava esperando um telefonema de alguns amigos que estavam para chegar. Eu esperei o dia inteiro pela ligação. À noite, depois das 11:00pm, os barulhos começaram eventualmente. Eu tinha me acomodado na cama para sobreviver a noite como sempre, quando o telefone começou a tocar. O som do telefone me assustou, para não dizer coisa pior. O som dele era quase inaudível devido ao barulho do quarto em cima da sala. Eu me levantei e fui para o corredor escuro e acendi a luz. Quando eu cheguei na sala de estar (onde eu sempre deixava uma luz acesa de noite) eu atendi o telefone. Realmente eram os meus amigos ligando. Eu tentei parecer calmo, mas o tempo inteiro enquanto eu estava no telefone, eu podia ouvir os passos no quarto acima de mim. A todo segundo eu esperava ver algo correndo escadaria abaixo, mas nada aconteceu. Até o meu amigo no telefone percebeu que tinha algo de errado.

Como já era de se esperar, eu nunca consegui um emprego estável então eu fui forçado a mudar (adivinha para onde), sim, de volt apara São Paulo. Eu coloquei toda a minha mobília em um dos quartos da frente, com a permissão do dono da casa, e me mandei de lá. Depois de vários meses quando eu fui voltar para pegar as minhas coisas, eu perguntei para o atual inquilino se ele estava gostando da casa. Ele era um antigo policial da PM. Ele me falou que estava gostando da casa. Demorou um pouquinho para ele pegar confiança em mim e desabafar. Ele eventualmente me contou que numa noite ele ouviu um barulho no andar de cima e viu que evidentemente alguém tinha entrado na casa, no quarto da frente, e estava praticamente destruindo ele, embora alguém escalar uma parede lisa e entrar pela janela do segundo andar fosse quase impossível. Ele me contou que pegou a lanterna, a arma carregada e subiu para ver quem era. Assim que ele abriu a porta o barulho parou. Ele olhou o quarto vazio e inteiro, com a janela fechada e trancada por dentro. Então ele foi dar uma olhada no forro pelo buraco. Ele entrou lá dentro e foi de uma ponta a outra e não viu nada. Assim que ele voltou pro quarto e deu mais uma examinada, ele chegou na mesma conclusão que eu tinha chegado quando me mudei para lá.

Ele então me falou que uma noite, já era tarde, ele estava vendo TV na sala, e ele e a mulher viram uma aparição, uma névoa com o formato de uma pessoa, mas nada muito definido, descer a escada, passou por eles indo na direção da frente da casa, e entrou em um dos quartos. Ele foi ver o quarto depois, mas não viu nada.

Eu só voltei lá mais uma vez depois: dois anos mais tarde. Depois de ter falado a história para uns amigos no carro enquanto estava passando pelo vale, nós fomos para uma das cidades que tinham por lá, paramos em um supermercado para comprar comida e fomos ver a casa. Tinha acabado de escurecer. Quando nós chegamos, fomos para a porta de trás e eu vi que não tinha ninguém em casa. Uma das pessoas que estavam com a gente era uma mulher religiosa, e ela colocou a mão na porta e começou a rezar. Todos nós ouvimos quando os pratos, panelas e a mesa da cozinha começaram a vibrar e a chacoalhar. Depois foram as janela e a porta que começaram a tremer junto com o resto que já estava tremendo. Nós voltamos correndo para o carro. Quando chegamos lá tinha uma estranha substância viscosa na maçaneta do carro que não estava lá quando paramos na cidade a apenas alguns minutos. Não precisa nem dizer que eu nunca mais cheguei perto daquela casa.
A CASA ASSOMBRADA DO VALE

Luís - São Paulo - S.P.

19 de jun de 2010

o Terço Satânico

Ao contrário do que desavisados sem cultura podem acreditar, o objetivo desta operação  não é produzir qualquer forma infantil de paródia do conhecido terço católico. Ao contrário, trata-se de uma útil ferramenta mágica/psicológica que está a disposição dos adeptos muitos séculos antes da igreja romana reinvidicar tal instrumento como seu. A meta portanto é resgatar uma ferramenta antiga e devolvê-la aos seus usuários originais: os praticantes das artes ocultas.
O corda de contas veio do oriente e ainda hoje é comum entre os hindus. Todavia sua utilidade mágica se perdeu para dar lugar a um ritual vazio. Tradicionalmente era uma forma de disciplina e controle mental com resultados muito poderosos para aqueles que a souberem usar. Seu uso é descrito em diversos tratados ocultistas sendo este artigo uma adequação do mesmo à egrégora e a estética satânica.
Como Construir o seu Terço Satânico
Na verdade qualquer rosário tradicional serviria muito bem ao nosso propósito. O terço usado pelos budistas, destes que não trazem qualquer decoração poderia ser usado, mas não teria o mesmo apelo emocional que um terço satânico poderia ter. Desta forma, por motivos artísticos ( e a arte não esqueçam é uma forma de magia) e pelo impacto psicológico recomendo substitua a cruz na ponta do Terço por algum outro objeto que esteja mais aquém de nosso propósito.  Um chaveiro com uma foto sua, uma réplica de crânio humano, um pentagrama invertido ou qualquer coisa do tipo. Mas para sermos práticos a forma mais simples de construir seu terço satânico é simplesmente inverter a cruz de um terço católico.
Será necessário também consagrar o terço, no meu caso utilizei um simples ritual do pentagrama invertido, mas rituais próprios ou personalizados podem ser feitos de acordo com a experiência e vontade de cada um. O objetivo aqui não é transferir alguma espécie de força mística para o artefato, mas simplesmente deixar claro no seu inconsciente que o Terço Satânico é um objeto mágico, ou seja  auxiliador na realização de sua vontade. Reserve um lugar especial para ele em seu altar pessoal.
Nota Sobre a Cruz Invertida
Anton LaVey e outros satanistas eram cautelosos no uso da cruz invertida como símbolo satânico. De fato, o ostentação desta insígnia pode ofender desnecessariamente algumas pessoas e causar problemas que poderiam ser evitados com um pouco mais de precaução.  Dito isso é verdade também que este sinal é bastante significativo e com freqüência encontrado em câmaras rituais. Em primeiro lugar ele é uma negação de toda a doutrina que por tanto tempo guia as massas doentes no ocidente. Mas além disso é também a afirmação da moral dos fortes sobre os fracos. Ao contemplar a cruz um cristão alimenta o desejo masoquista secreto de ser crucificado com Jesus realizando ele também a vontade de deus em detrimento da sua. Ao inverter a cruz o satanista se recusa a sofrer pela vontade de outros. A conclusão lógica é que, ao menos que seu objetivo seja aparecer e causar polêmica reserve este símbolo para seu uso privado e pessoal. Para maiores detalhes sobre o significado profundo da cruz invertida sugiro a leitura do Capítulo correspondente dentro do Guia de Estudos da Bíblia Satânica.
Sobre o funcionamento do Terço Satânico
O Terço Satânico só poderá ser usado de madrugada. Não somente porque a noite representa os mistérios da escuridão, mas porque durante este período o subconsciente está relativamente mais vulnerável a sugestões trabalhando com maior eficácia. Ao dormirmos o trabalho da consciência normal é suspenso, a predomina o trabalho do sub¬consciente. De forma que a hora mais propícia para a assimilação de uma sugestão é aquela em que o corpo está sono¬lento na cama, entre o leve despertar noturno e o voltar a dormir, quando nos encontramos ainda numa espécie de meio sono.
Peter Carroll, arauto da magia caótica, disse certa vez que “Todo Deus ignorado, convertesse em um demônio.” O famoso caoista estava se referindo em parte ao poder da subconsciência, que de uma forma ou de outra explode em realidade toda a idéia reprimida. A vantagem do terço Satânico é ajudar o magista satânico a lidar com este aspecto para que ele não só cesse de nos prejudicar, mas pelo contrário, ajude nos a realizar nossos próprios desejos pessoais.
Qualquer ato mágico naquilo que conhecemos como mundo material, por sua própria natureza física precisa de tempo a de espaço para acontecer. Quando tiramos o tempo e o espaço do subconsciente, a polaridade oposta cessa de exercer a sua influência em nós, a podemos então realizar nossos desejos através desse subconsciente. É nesta morte súbita da mente (conhecido pelos caoistas como gnosis e pelos yoguis como Não-Mente) que reside a chave para o uso prático da auto sugestão.
Citando Franz Bardon, renomado ocultista do século XX: “Quando sugerimos ao subconsciente que amanhã, ou num outro instante qualquer, não nos submeteremos mais a alguma de nossas paixões, como fumar ou beber (ingerir álcool), então o subconsciente terá tempo suficiente, até o prazo pré determinado, de colocar obstáculos diretos ou indiretos em nosso caminho.”
Na maioria das vezes, em especial em pessoas com uma força de vontade fraca o subconsciente quase sempre encontra algum artifício para provocar um fracasso. Mas se na impregnação do sub¬consciente nós subtrairmos o conceito de tempo a espaço, o que passa a agir em nós é será somente sua parte afirmativa; a consciência normal também entra na conexão e a impregnação do desejo apresenta o sucesso esperado.
Não sei como posso usar as palavras para enfatizar este ponto que é um dos segredos mais bem guardados da prática mágicka. Nada é, contudo, mais didático do que a prática. A seguir descreverei o funcionamento do terço satânico que além de cumprir este propósito de impregnar o inconsciente com uma vontade afirmativa,  também tem a grande virtude de reforçar a egrégora satânica e conseqüentemente trazer para o usuário todas as vantagens vindas desta ligação.
Usando o Terço Satânico
Como vimos a força do terço está em sua dupla utilidade, que se completam e se auxiliam, portanto a utilização do terço se divide em basicamente duas partes, a saber: a fortificação da egrégora satânica, e a impregnação do subconsciente. As primeiras cinco contas e as contas grandes serão usadas na implementação de egrégora, sendo que todas as outras contas serão destinadas à sugestão em si.
Quando acordar de madrugada, pegue o seu Terço Satânico e  repita a fórmula seguinte em meia voz, bem baixinho ou só em pensamento, como achar melhor, ou como lhe for mais adequado no momento. A cada frase pule para a conta ou nó seguinte, até completar o circulo que fecha o terço.
Na primeira conta diga:
IN NOMINE MAGNI DEI NOSTRI SATANAS LUCIFERI EXCELSI!
Nas próximas três contas diga respectivamente:
TEM! – OHP! – AB!
Na quinta diga:
IN NOMINE BAPHOMETIS DEMIURGI!
Ao fazer cada uma destas recitações, visualize uma força negra emanando do Terço para suas mãos e das suas mãos subindo até sua cabeça. Como se a escuridão do próprio inferno preenchesse seu corpo.
A Partir daqui nas contas grandes você deverá dizer: HAIL SATAN SHERAMPHORASH!
E nas contas pequenas que estão agrupadas em grupos de dez deverá recitar a fórmula escolhida para a auto sugestão.
Esta fórmula deverá estar na forma presente a no imperativo, como por exemplo: "Minha saúde de ferro se fortalece a cada dia", ou então: "É muito fácil eu ganhar dinheiro ", ou: "João Rafael se sente mal ao meu lado” .
O importante nesse caso é visualizar ou materializar plasticamente o seu desejo, isto é, imaginá-lo como se já estivesse concretizado. Se depois de percorrer todas as contas você ainda não estiver com sono, continue imaginando que seu desejo já se realizou, até adormecer com esse pensamento. Não há nenhum problema se  durante a utilização do Terço você adormecer, pois mesmo sem chegar ao final do cordão você terá alcançado o seu objetivo.
Quando Fechar o ciclo do Terço volte para as cinco contas iniciais, só que agora fazendo o caminho inverso:
Na quinta conta diga
IN NOMINEBAPHOMETIS DEMIURGI!
Nas próximas três contas diga respectivamente: BA! PHO! MET!
Na ultima conta diga:
IN NOMINE MAGNI DEI NOSTRI SATANAS LUCIFERI EXCELSI!
Palavras de Advertência
Só devemos mudar fórmula usada quando estivermos completa¬mente satisfeitos com as realizações da primeira. O Terço Satânico é essencialmente, como já dissemos uma porta rápida de entrada e saída para a força egregórica do satanismo, de forma que sua utilidade está de certa forma além da simples auto-sugestão.
Com este procedimento podemos rapidamente sem a necessidade de grandes rituais realizar desejos cotidianos como a manipulação de características da personalidade, obtenção da saúde, o afastamento ou a atração de situações diversas, o desenvolvimento de habilidades pessoais, e até o efeito que temos em terceiras pessoas.
Não recomendo apenas o uso do Terço Satânico para objetivos grandiosos que demandariam por exemplo a execução de dos três rituais completos do satanismo de Cobiça, Luxúria e Destruição (dos quais recomendo as versões ampliadas propostas por Haboryn, do Templo de Satã). Os melhores alvos para o Terço Satânico são sempre aqueles que dizem respeito a nossa própria personalidade, nosso próprio corpo e nosso próprio EU, afinal estamos falando de Magia Satânica.
Fonte: MorteSubita

13 de nov de 2009

testes

User-agent: Mediapartners-Google*
Disallow:
Atração Principal ou Papel Secundário?
O nosso relacionamento com as outras pessoas é como um magnífico buquê de flores no qual um equilíbrio de formas, cores e texturas – no caso personalidades – se combinam para produzir um arranjo harmonioso e agradável.
 
Testes
                                  
Você é Filho Único, Primogênito, do Meio ou Caçula?
A sua ordem de nascimento ajuda a determinar as suas expectativas, as suas estratégias no trato com as pessoas e os seus próprios pontos fracos.
Faça o teste!

Qual o elemento de amor dos seus sonhos?
Signos de Fogo, Terra, Ar ou Água? Descubra seu elemento de Amor!
para as mulheres | para os homens

Qual a sua Lua?
Sempre envolta em mistérios, a Lua pode influenciar nossa vida e nossas emoções. Descubra a fase da Lua que mais influencia você!
Faça o teste!


Como você reage às situações?
Como foram as influências da infância que ajudaram a formar a sua personalidade adulta? Você é condescendente, dominador ou assertivo (um pouco de cada)?
Faça o teste!

As suas emoções estão sob controle?
Você se pega reagindo a situações na vida de maneira contrária ao seu modo habitual de pensar? Os fatores externos afetam o seu humor? Ou quem sabe você tem a capacidade de controlar as suas emoções, mantendo uma aparência calma e despreocupada, apesar da tempestade rugindo ao seu redor.
Faça o teste!

Você é Quente ou Frio?
Qual a temperatura da sua personalidade?
Faça o teste!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Marcadores

Follow by Email

Recent Posts

Postagens populares

Minha lista de blogs