pesquisa magos da luz

Pesquisa personalizada

23 de mai de 2016

Como os Signos cometem suícidio

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui


Como os Signos cometem suícidio


Horóscopo Suicída

Áries: Violentos, impulsivos, esportivos, decididos, audaciosos e impacientes, gostam de mortes violentas: Ou se matam de uma moto em alta velocidade ou morrem pulando de para-quedas sem puxar a cordinha...
-
-
Touro: Tranquilos, comodistas, vaidosos, gulosos, teimosos, práticos e estáveis. Se matam com veneno na comida (efeito depois de duas horas) ou com muitos remédios para dormir...conforto até na morte...
-
-
Gêmeos: Intelectuais, mentais, versáteis, inconstantes, curiosos, informados, interessados em tudo, comunicativos, expressivos e "TAGARELAS"(Deus, como falam...). Se matam cortando a língua, em um quarto escuro, sem internet, telefone ou qualquer meio de comunicação...morte triste...
-
-
Câncer: Emotivos, instáveis, carentes, maternais, acolhedores, afetuosos e obsessivos. Se suicidam se enforcando e com um bilhete colado na mão dizendo: A culpa foi sua! Câncer adora culpar alguém...
-
-
Leão: Vaidosos, orgulhosos, geniosos, extrovertidos, calorosos, Dramáticos e Egocêntricos. Tomam um veneno na noite de natal, 5 minutos antes da ceia, para causar... Leão gosta de fins dramáticos e inesquecíveis!!!
-
-
Virgem: Perfeccionistas, seletivos, críticos, ordeiros, detalhistas, meticulosos, práticos, simples. Não conseguem se suicidar...eles ficam tanto tempo, fazendo os detalhes, que quando viu, a vida já passou e ele morreu naturalmente....
-



Libra: Sofisticados, sociáveis, relativistas, ponderados, vaidosos, refinados e elegantes. Ficam super indecisos. Não sabem se ligam o gás e morrem, ou cortam os pulsos...por fim, decide: Contrata alguém para matá-lo com um tiro...
-
-
Escorpião: Intensos, profundos, sensuais, provocadores, radicais, investigadores, determinados, misteriosos, enigmáticos e vingativos. Faz amor com a pessoa odiada, fica com as impressões digitais, se mata com facadas e de luvas...morre, mas ferra quem odeia!
-
-
Sagitário: Aventureiros, desbravadores, destemidos, extrovertidos, otimistas, confiantes, exagerados, extravagantes. Toma 15 calmantes tarja preta e pula de Asa Delta...morre de modo esportista e aventureiro...
-
-
Capricórnio: Sérios, maduros, responsáveis, controlados, tradicionais, confiáveis, econômicos, profissionais, exigentes, disciplinados, práticos, racionais e discretos. Tiro nas bolas! Mas antes,deixa todas as contas pagas,o testamento pronto vestido com um bom terno...capricórnio é responsável!
-
-
Aquário: Independentes, livres, autênticos, ousados, futuristas, racionais, desapegados, indiferentes, surpreendentes, originais, irreverentes. Como é moderno, se mata no orkut, no twitter, no facebook e se muda para a Patagonia... Suicídio social,colega! Tendência...
-
-
Peixes: Sensíveis, imaginativos, sutis, influenciáveis, sonhadores, indefiníveis, meio etéreos, místicos, introspectivos e emotivos. Sofrem da terrível ''síndrome da fuga'' para não sofrerem com a realidade, pois sempre sonham com um mundo perfeito. Bebe muito, sai pelado na rua e tenta ser atropelado...mas como é meio azarado, quebra as pernas e dá trabalho para família...eita signo! (eu devia ter nascido aqui, sou tão azarada, que é capaz de nem conseguir me matar)

autor: não faço ideia, recebi por email

Agrilla, canceriana, o mundo conspira contra mim e a culpa é toda de vcs ahahaha
-->

4 de mai de 2016

9 de mar de 2016

"Vale do Amanhecer," / O médium que não cumpriu a missão



Esta é uma história que Tia Neiva Contava e que foi repetida por alguns
mestres e Instrutores em versões diferentes, mas as quais nunca mudaram
sua essência. Esse relato nos dá uma verdadeira lição de vida,
despertando para o compromisso espiritual que estamos vivenciando.
Apesar de não ser um vídeo profissional, foi feito com muito
amor...Salve Deus!

22 de fev de 2016

A LEI DAS BRUXAS

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui 

A LEI DAS BRUXAS

A Lei foi escrita e decretada pelos antigos. 2A Lei foi feita para os Wicca, para aconselhá-los e ajudá-los em seus problemas. 3Os Wicca devem prestar justa adoração aos Deuses e obedecer sua vontade, que é por eles decretada, pois isso é feito para o bem de Wicca assim como a adoração dos Wicca é boa para os Deuses. Pois os Deuses amam os Irmãos de Wicca.
 
Apropriadamente preparados
  
4Assim como o homem ama a mulher dominando-a, 5os Wicca devem amar os Deuses sendo dominados por eles. 6E é necessário que o Círculo, que é o templo dos Deuses, seja verdadeiramente invocado e purificado. E que assim seja um local apropriado para os Deuses entrarem. 7E os Wicca devem estar apropriadamente preparados e purificados para estar na presença dos Deuses. 8Com amor e adoração em seus corações, eles devem criar retirar poder de seus corpos para dar poder aos Deuses. 9Assim foi ensinado pelos antigos.
  
Atribuições da Alta Sacerdotisa   10Pois apenas desta maneira os homens podem ter comunhão com os Deuses, pois os Deuses não podem auxiliar os homens sem o auxílio do homem. 11E a Alta Sacerdotisa deve comandar seu Coven como representante da Deusa. 12E o Alto Sacerdote deve auxiliá-la como representante do Deus. 13E a Alta Sacerdotisa devem escolher quem ela desejar, sendo ele de grau suficiente, para ser seu Alto Sacerdote. 14Pois, como o próprio Deus beijou seus pés na saudação quíntupla, depositando todo seu poder nos pés da Deusa por causa de sua juventude e beleza, sua doçura e gentileza, sua sabedoria e justiça, sua humildade e generosidade.15Assim ele submeteu todo seu poder a ela.16Mas a Alta Sacerdotisa deve sempre ter em mente que todo o poder vem dele. 17Ele é apenas emprestado, para ser usado sábia e justamente. 18E a maior virtude de uma Alta Sacerdotisa é a de reconhecer que a juventude é necessária à representante da Deusa. 19Assim ela irá graciosamente se retirar em favor de uma mulher mais jovem se o Coven assim decidir em conselho. 20Pois uma verdadeira Alta Sacerdotisa reconhece que ceder graciosamente seu honroso posto é uma das maiores virtudes. 21E desta maneira era retornará a seu honroso posto em outra vida, com maior poder e beleza.

  
Discrição 
 
22Nos dias antigos, quando os bruxos eram numerosos, éramos livres e adorávamos em todos os grandes templos. 23Mas, nestes dias infelizes,nós devemoa celebrar nossos sagrados mistérios em segredo. 24Assim seja decretado, que ninguém além dos Wicca possa ver nossos mistérios, pois nossos inimigos são muitos e a tortura afrouxa a língua do homem. 25Assim seja decretado que nenhum Coven deve saber onde o outro se reúne. 26Ou quem são seus membros, salvo apenas o Sacerdote e Sacerdotisa e mensageiro. 27E não deve haver comunicação entre eles, salvo através do mensageiro dos deuses, ou o invocador. 28E apenas se for seguro os Covens podem reunir-se em algum lugar seguro para os grandes festivais. 29E enquanto lá estiverem, ninguém deve saber de onde o outro veio ou quais são seus nomes reais. 30Pois assim, qualquer um que seja torturado não dirá nada em sua agonia, pois nada sabe. 31Assim seja decretado que ninguém deve dizer a ninguém que não é da Arte que se é de Wicca, nem dar quaisquer nomes ou onde se reúnem, ou de maneira alguma dizer algo que possa denunciar um de nós a nossos inimigos. 32Nem ninguém deve dizer onde se localiza o Covendom. 33Ou o Covenstead. 34Ou onde as reuniões sejam. 35E se alguém quebrar essas leis, mesmo sob tortura, QUE A MALDIÇÃO DA DEUSA ESTEJA SOBRE ELE, e que assim ele nunca renasça na Terra e que permaneça onde é seu lugar, no inferno dos cristãos. 
Discussões no Coven 
36Que cada Alta Sacerdotisa governe seu Coven com justiça e amor, com a ajuda e o conselho do Alto Sacerdote e dos Sábios, sempre seguindo o conselho do mensageiro dos Deuses, se ele vier. 37Ela irá considerar todas as queixas de todos os Irmãos e se esforçará para eliminar todas as diferenças entre eles. 38Mas deve ser reconhecido que sempre haverão pessoas que se empenharão em obrigar os outros a fazer o que eles quiserem.39Eles não são necessariamente maus. 40E eles muitas vezes têm boas idéias e tais idéias devem ser tratadas em conselho. 41Mas se eles não concordarem com seus Irmãos, ou se eles disserem: 42‘eu não vou trabalhar sob o comando desta Alta Sacerdotisa’, 43existiu sempre a Antiga Lei para ser conveniente à Irmandade e evitar disputas. 
Formação de Novos Covens
 
44Qualquer um de terceiro pode requisitar a fundação de um novo Coven porque eles vivem mais de uma légua do Covendom, ou porque ele o quer fazer. 45Qualquer um vivendo nos limites do Covendom e desejando formar um novo Coven deverá dizer aos Sábios a sua intenção, e no mesmo instante mudar-se de residência e dirigir-se ao novo Covendom. 46Membros do antigo Coven podem juntar-se ao novo quando este estiver formado. Mas, se o fizerem, devem evitar definitivamente o antigo Coven. 47Os Sábios do novo e do antigo Coven devem encontrar-se em paz e amor fraternal para decidirem as novas fronteiras. 48Aqueles da Arte que residem foram de ambos Covendoms podem juntar-se a qualquer um deles, mas não a ambos, 49embora todos possam, se os Sábios concordarem, encontrar-se para os grandes festivais se for realmente em paz e amor fraternal, 50mas romper um Coven significa discórdia, e para tal essas Leis foram feitas pelos Antigos, e que A MALDIÇÃO DA DEUSA ESTEJA EM QUEM DESCONSIDERÁ-LAS. Que assim seja decretado. 
O Livro das Sombras 
51Se fores manter um livro, que seja com sua própria caligrafia. Deixe que irmãos e irmãs copiem o que desejarem, mas nunca deixe o livro sair de suas mãos, e nunca guarde os escritos de outro.52Pois se estes forem encontrados com sua caligrafia, eles poderão ser presos e processados. 53Que cada um guarde seus escritos e destrua-os quando qualquer perigo ameaçá-los. 54Aprenda o máximo que puder de cabeça e, quando o perigo passar, reescreva seu livro, se for seguro. 55Por essa razão, se alguém morrer, destrua seu livro se ele não o pôde fazer. 56Pois, se for encontrado, será uma prova clara contra ele. 57E nossos opressores sabem bem que ‘Não poderás ser um bruxo sozinho’. 58E então todos nossos amigos e Irmãos estarão em perigo de tortura, 59então destrua tudo que não for necessário. 60Se o seu livro for encontrado em suas mãos, será prova clara contra sua pessoa, e poderás ser processado. 
 
Tortura e Interrogatórios 
61Mantenha todos os pensamentos da Arte fora de sua mente. 62Se a tortura for muito forte para suportar, diga, ‘Eu confesso. Não posso suportar esta tortura. O que querem que eu diga ?’ 63Se eles tentarem fazê-lo falar da Irmandade, não o faça. 64Mas se eles tentarem fazê-lo falar de coisas impossíveis como voar pelos ares, relacionar-se com um demônio cristão ou sacrificar crianças, ou comer carne humana, 65para obter alívio da tortura diga, ‘Eu tive um sonho mau, eu estava fora de mim, estava enlouquecido’. 66Nem todos os juízes são maus, e, se tiverem uma desculpa, eles podem demonstrar misericórdia. 67Se confessaste antes, negue depois, diga que estavas alucinando sob tortura, diga que não sabias o que falava. 
A Morte 
68Se fores condenado, nada tema. 69A Irmandade é poderosa e o ajudará a escapar se tiveres mantido-te impassível, mas se tiveres cometido traição não haverá esperança para ti nesta vida ou na que virá. 70Esteja certo, se fores resoluto para a pira, drogas lhe serão oferecidas, e nada sentirás. Irás para a morte e para o que vem depois, o êxtase da Deusa.
  
Os Instrumentos Mágicos 
71Para evitar descobertas, faça com que os instrumentos de trabalho sejam comuns, coisas que qualquer um teria em casa. 72Que os pentáculos sejam de cera para que sejam imediatamente quebrados ou derretidos. 73Não tenha uma espada a menos que sua posição o permita. 74E ela não terá nem nomes nem símbolos em nada. 75Escreva os nomes e símbolos nela com tinta antes de consagrá-la, e lave-a imediatamente após. 76 Que a cor do punho identifique qual é qual. 77Não grave nada nela, pois pode facilitar a descoberta. 
Dissimulação 
78Sempre lembre-se que somos as crianças escondidas da Deusa, portanto nunca faça algo que possa desonrar-nos ou a Ela. 79Nunca conte vantagens, nunca ameace, nunca diga que queres o mal de ninguém. 80Se alguma pessoa que não é do Círculo falar da Arte, diga, ‘Não fale-me disto, pois me assusta e traz má sorte’. 81Por estas razões, os cristãos têm seus espiões em todos os lugares. Eles falam como se fossem atraídos por nós, e como sentem por não irem em nossas reuniões, dizendo ‘Minha mãe adorava os Antigos. Como eu gostaria de fazê-lo também’. 82Para os que são assim, sempre negue qualquer conhecimento. 83Mas aos outros, sempre diga, ‘Estes homens tolos falam de bruxos voando pelos céus. Para fazer isso eles deveriam ser leves como cardo. E os homens dizem que as bruxas são todas velhas caolhas, então que prazer existiria num encontro de bruxos como os que o povo conta ?’ 84E diga, ‘Muitos homens sábios agora dizem que não há tais criaturas’. 85Sempre faça disso uma piada, e talvez em algum tempo futuro a perseguição morra e possamos adorar nossos Deuses em segurança novamente. 86Que todos nós rezemos por este dia feliz.
87Que as bênçãos da Deusa e do Deus esteja em todo aquele que mantenha estas leis assim como foram decretadas. 
As Funções dentro do Coven 
 
88Se o Coven possuir algum equipamento, que todos ajudem a guardá-lo e a mantê-lo limpo e bom para a Arte. 89E que todos justamente guardem todas as riquezas do Coven. 90E se algum Irmão verdadeiramente tiver os escrito, tem direto a seu pagamento, e que seja justo. Isso não é receber dinheiro pela Arte, mas por bom e honesto trabalho. 91Mesmo os cristãos dizem, ‘O trabalhador merece seu pagamento’, mas se algum Irmão quiser de vontade própria trabalhar para a Arte sem receber pagamento, que assim seja para sua grande honra. Que assim seja decretado. 
Disputas e Desentendimentos
  
92Se houver alguma disputa ou desentendimento entre a Irmandade, a Alta Sacerdotisa deve imediatamente convocar os Sábios e inquiri-los no assunto, e eles devem ouvir ambos os lados, primeiro sozinhos e então juntos. 93E então eles decidirão justamente, sem favorecer um lado ou outro.94Mesmo reconhecendo que há pessoas que nunca aceitarão trabalhar sob o comando de outros. 95Mas, da mesma maneira, há algumas pessoas que não conseguem comandar com justiça. 96Para aqueles que querem sempre comandar, há só uma resposta. 97Saia do Coven ou procure outro, levando com você aqueles que quiserem ir. 98Para aqueles que não o podem, a resposta deve ser simplesmente, ‘Aqueles que não podem aceitar seu comando sairão com você’. 99Pois ninguém deve vir a encontros com aqueles com quem estão em desacordo. 100Assim, todos irão concordar, daqui para frente, pois a Arte deve sempre sobreviver , e que assim seja decretado. 
A Loucura dos Cristãos 
 
101Nos dias antigos, quando tínhamos poder, nós podíamos usar a Arte contra qualquer um que intentasse mal contra a Irmandade. Mas nestes dias malditos nós não o podemos fazer. Pois nossos inimigos criaram uma fossa ardente de fogo eterno onde afirmam que seu deus lança todos que o adoram, exceto os poucos que são libertados por seus padres, orações e missas. E isso é feito principalmente dando-se riquezas e presentes valiosos para receber seu favor, pois seu grande deus está sempre precisando de dinheiro. 102Mas como nossos Deuses precisam de nossa ajuda para que o homem e a colheita sejam férteis, assim o deus dos cristãos está sempre precisando da ajuda dos homens para ajudá-lo a nos encontrar e nos destruir. Seus padres sempre lhes dizem que qualquer um que receber nossa ajuda está amaldiçoado a este inferno para todo o sempre, e os homens enlouquecem com o terror disto. 103Mas eles fazem os homens acreditarem que para escapar deste inferno eles precisar dar vítimas aos torturadores. Por esse motivo, todos estão sempre espionando, pensando, ‘Se eu capturar apenas um destes Wicca, eu escaparei da fossa ardente’. 104Por essa razão nós possuímos nossos esconderijos, para que os homens procurem muito e nada encontrem, e digam, ‘Não existe nenhum desses Wicca, e, se existir, estão nalguma terra distante’. 105Mas quando um de nossos opressores morre, ou até apenas adoece, sempre há o grito, ‘Isto é trabalho de bruxos’, e a caçada recomeça. E embora eles chacinem dez de seu povo para cada um de nós, mesmo assim eles não se importam. Eles são incontáveis milhares. 106Enquanto nós somos poucos. Que assim seja decretado.

Mais Considerações sobre os Cristãos 
 
107Que ninguém faça uso da Arte de maneira a causar mal a alguém. 108Não importa quanto eles nos ferirem, não prejudique ninguém. E hoje em dia, muitos crêem que nós não existimos. 109Enquanto esta Lei estiver nos ajudando em nossas dificuldades, ninguém, não importa quão grande injúria ou injustiça houver recebido, deve usar a Arte para prejudicar ou causar mal a alguém. Mas pode-se, depois de um grande Conselho entre todos Wicca, usar a Arte para impedir cristãos de ferir nossos Irmãos, mas apenas para impedí-los, nunca para puní-los. 110Pois assim os homens dirão, ‘Aquele se diz um poderoso caçador, um perseguidor de mulheres velhas que ele diz serem bruxas, mas ninguém lhe fez mal, e isto é uma prova de que elas não têm poder ou que na verdade não há mais nenhuma’. 111Pois todos sabem muito bem que muitas pessoas morreram porque alguém os invejava, ou foram perseguidas porque tinham dinheiro ou bens para serem divididos, ou porque nada possuíam para subornar os caçadores. E muitas morreram por serem velhas rabugentas. Tantas destas morreram que os homens hoje dizem que apenas velhas são bruxas. 112E que isto seja nossa vantagem e que afaste as suspeitas de nós. 
Manter a Lei

113Na Inglaterra e na Escócia já faz mais de um ano desde que um bruxo morreu a morte. Mas qualquer uso errôneo do poder pode reiniciar a perseguição. 114Por isso, nunca quebre essa Lei, por mais tentado que te sintas, e nunca permita que ela seja quebrada. 115Se souberes que ela está sendo quebrada, deves trabalhar fortemente contra isto. 116E qualquer Alta Sacerdotisa ou Alto Sacerdote que consentir com sua ruptura deve ser imediatamente deposto, pois é o sangue da Irmandade que eles estão arriscando.
117Faça tudo de maneira segura, e apenas se for realmente seguro. 118E mantenha estritamente a Antiga Lei. 
Dinheiro 
119Nunca aceite dinheiro pelo uso da Arte, pois o dinheiro sempre mancha aquele que o recebe. Há magos e sacerdotes e os padres dos cristãos que aceitam dinheiro pelo uso de suas artes. E vendem indultos para que os homens livrem-se de seus pecados. 120Não seja como estes. Se você não aceitar dinheiro, estará livre da tentação de usar a Arte para propósitos malignos. 
O Uso da Arte 
121Todos podem usar a Arte em vantagem própria ou para vantagem dos Irmãos apenas se houver a certeza de que não irá prejudicar ninguém. 122Mas permita sempre que o Coven debata este assunto o quanto desejar. Apenas se todos concordarem que ninguém vai ser prejudicado, a Arte poderá ser usada. 123Se não for possível atingir seu objetivo de uma maneira, provavelmente a meta pode ser atingida de outro modo sem ainda prejudicar ninguém. QUE A MALDIÇÃO DA DEUSA ESTEJA SOBRE QUALQUER UM QUE QUEBRAR ESTA LEI. Que assim seja decretado.
 
Ética
 
124 Foi julgado lícito se alguém da Arte precisar de uma casa ou terra e ninguém desejar vender, orientar a mente do proprietário de maneira que ele queira vender, contanto que ele não seja de maneira alguma prejudicado e que o preço seja pago sem barganhas. 125Nunca barganhe ou tente baixar o preço de algo se você o estiver comprando para a Arte. Que assim seja decretado. 
A Antiga Lei 
126Esta é a Antiga Lei e a mais importante de todas as leis: que ninguém faça qualquer coisa que ponha em risco qualquer membro da Arte, ou que coloque-o em contato com as leis da região ou quaisquer perseguidores. 127Se houver qualquer disputa entre a Irmandade, ninguém deve invocar nenhuma lei além destas da Arte. 129Ou nenhum tribunal além daquele formado por Sacerdotisa, Sacerdote e Sábios. 
Mais Regras de Dissimulação e Discrição 
129Não é proibido dizer como dizem os cristãos, ‘Há bruxaria neste lugar’, pois há muito nossos opressores classificaram como heresia não crer em bruxaria, e um crime tal como negá-la pode colocá-lo sob suspeita. 130Mas sempre diga, ‘Eu nunca ouvi falar disso por aqui, talvez eles devam existir mas muito longe, não sei onde’. 131Mas sempre fale de nós como velhas ranzinzas, concubinando-se com o demônio e voando pelos ares. 132E sempre diga, ‘Mas como elas podem voar pelos ares se não são leves como cardo’. 133Mas que a maldição da Deusa esteja em qualquer um que lançar suspeitas sobre alguém da Irmandade. 134Ou falar sobre algum verdadeiro local de encontro onde nós nos reunimos.
 
Livro das Sombras e Liber Umbrarum 
 
135Que a Arte mantenha livros com os nomes de todas as ervas que são boas, e todas os remédios, para que assim todos possam aprender. 136Mas mantenha outro livro com todas as Leis e Rituais e que apenas os Sábios e outras pessoas de confiança possuam este conhecimento. Que assim seja decretado. 138E que as bênçãos dos Deuses estejam em todos que mantêm essas Leis, e que tanto a maldição do Deus quanto a da Deusa esteja em quem as desrespeitá-las.
 
A Sabedoria da Humildade 
138Lembre-se que a Arte é o segredo dos Deuses e que deve ser usado apenas de maneira respeitosa e fervorosa, e nunca para exibir-se ou vangloriar-se. 139Magos e cristãos podem escarnecer de nós dizendo,’Vocês não têm poder, mostre-nos seu poder. Faça magia diante de nossos olhos, e apenas assim acreditaremos’, tentando nos obrigar a trair a Arte perante eles. 140Não lhes dê ouvidos, pois a Arte é sagrada e deve apenas ser usada quando for necessária, e que a maldição dos Deuses esteja em quem quebrar esta Lei. 
 
Alta Sacerdotisa: renúncia, abandono e sucessão 
 
141Sempre foi assim com as mulheres, e com os homens também, que eles sempre buscam novos amores. 142Não devemos reprová-los por isso. 143Mas isto pode ser um desvantagem para a Arte. 144Mais de uma vez aconteceu de um Alto Sacerdote ou uma Alta Sacerdotisa, impelida por amor, ir embora com seu amado. Isto é, eles deixaram o Coven. 145Agora, se a Alta Sacerdotisa quer renunciar, ela deve fazê-lo em uma reunião com o Coven completo.146 E esta renúncia é válida. 147Mas se ela fugir sem renunciar, quem garante que não voltará em poucos meses ? 148Assim, a Lei é, se uma Alta Sacerdotisa deixar seu Coven, ela deve ser trazida de volta para que tudo seja como era antes. 149Enquanto isso, se ela tem uma auxiliar, esta auxiliar agirá como Alta Sacerdotisa enquanto a Alta Sacerdotisa não estive presente. 150Se ela não retornar em um ano e um dia, então o Coven deve eleger uma nova Alta Sacerdotisa. 151A menos que haja uma boa razão para que isso não ocorra. 152A pessoa que fez o trabalho deve receber o benefício de sua recompensa, donzela e auxiliar da Alta Sacerdotisa. 
O Vínculo 
 
153Foi visto que a prática da Arte causa uma forte ligação entre aspirante e tutor, e isto é o motivo de melhores resultados se assim o for. 154E se por alguma razão isto não for desejado, pode facilmente ser evitado por ambas as pessoas colocando firmemente em suas mentes que são como irmão e irmã, ou pai e filho. 155E por esta razão um homem pode apenas ser ensinado por uma mulher e uma mulher por um homem, e mulher e mulher não devem tentar estas práticas juntas. Que assim seja decretado.
  
Julgamento de Transgressões 
156Ordem e disciplina devem ser mantidas. 157Uma Alta Sacerdotisa ou um Alto Sacerdote pode, e deve, punir todas as transgressões. 158 Assim, todos da Arte devem receber sua correção de boa vontade. 159Todos apropriadamente preparados, o culpado deve ajoelhar-se, sua transgressão relatada e sua sentença pronunciada. 160A punição deve ser seguida por algo agradável. 161O culpado deve reconhecer a justiça de sua punição beijando a mão ao receber a sentença e novamente quando a punição for cumprida. Que assim seja decretado.
-->

Edward Mordrake: O Homem da Face Demoníaca

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

Edward Mordrake: O Homem da Face Demoníaca



Provavelmente ao observar a foto ao lado você deve ter pensado: "deve ser uma montagem barata de Photoshop", não é mesmo?Mas acredite, a foto é real e este cara realmente existiu. Seu nome? Edward Mordrak, e é sobre Edward e sua face demoníaca.
Todo ano, milhares de pessoas nascem com alguma deformidade, causadas às vezes pelo uso de drogas da mãe durante a gravidez, por algum medicamento que possa causar alguma deformidade ou simplesmente por algum problema genético que possa vir a causar algum problema durante a gestação.

Muitos são os casos de Gêmeos Siameses pelo mundo, mas, na maioria dos 

casos os bebês não sobrevivem por muito tempo exceto nos casos onde há quase que uma separação 
total dos corpos onde até dependendo da situação é possível fazer uma cirurgia para separar os gêmeos.

No caso de Edward, não foi apenas um pobre infeliz com uma triste anomalia, havia algo a mais.

Na face flácida e desfigurada em sua nuca existia algo sombrio e assustador,

 algo que deixava atordoado todos que a observavam, algo que o próprio 
Edward classificava como sendo “Demoníaco”.

Edward era herdeiro de um importante título de nobreza na Inglaterra ao qual nunca reclamou, tirando sua face na nuca podia ser considerado um homem belo e era um músico talentosíssimo e brilhante fidalgo, tinha tudo para ter uma vida feliz, mas em sua nuca carregava a tristeza de sua vida, Edward possuía outra face em sua nuca, uma face que todos, inclusive ele próprio diziam ser desfigurada e “do mal”. Era algo absurdamente anormal que não comia, mas podia grotescamente rir e chorar.

Alguns relatos afirmavam que olhar a face diretamente era extremamente desconfortável, as pessoas diziam que os olhos da face expressavam inteligência e raiva e seguiam as pessoas lentamente como se estivesse estudando aqueles que visualizavam. Outros relatos apontavam para uma espécie de sorriso sarcástico que lentamente se formava na desfigurada face como se quisesse demonstrar um ódio oculto. Era quase impossível observa-la por muito tempo.
Edward se matou com 23 anos.
Claro que Edward sofria muito com isso, em seu confinamento e solidão, afirmava ser impossível conviver com aquele “Demônio”, chegou a solicitar a todos os médicos que conseguiu a retirada da segunda face, mas seu pedido não poderia ser atendido, pois Edward morreria na cirurgia.

Alguns relatos sobre o demônio da nuca de Edward Mordrake são impressionantes. Ele afirmava que sua segunda face era o próprio Demônio, quando estava triste a face sorria e algumas vezes até gargalhava, à noite, rotineiramente, Edward era acordado na madrugada por sussurros da face deformada, eram palavrões e um choro enlouquecedor que tinham como objetivo afetar o pobre Edward.
Boneco de cera feito por alguns artistas representando
Edward Mordrake
O final da história foi trágico, Edward se matou aos 23 anos de idade, alguns afirmam que ele envenenou-se, já outros relatos afirmam que ele disparou um tiro bem entre os olhos da “Face demoníaca”.

Contudo em sua carta de despedida deixou bem claro:

“Peço que retirem esse demônio de meu corpo antes que me eternizem em terra, pois pretendo e solicito dormir a eternidade sem os lamentos do inferno”.

Seu pedido foi atendido pelos médicos Manvers e Treadwell que cuidavam do caso. Edward foi enterrado em uma cova de terra barata e sem qualquer tipo de lápide ou escultura também ao seu pedido.

Além disso, Tom Waits escreveu uma canção sobre Edward Mordrake intitulada Poor Edward, que você pode ouvir abaixo.


-->

20 de fev de 2016

Regras para o uso do tabuleiro OUIJA

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

Regras para o uso do tabuleiro OUIJA

Antes de mais nada, é importante lembrar que, acreditando ou não, o OUIJA não deve ser considerado uma brincadeira. As precauções apresentadas aqui são simplesmente para protejer as pessoas que porventura resolvam praticar o jogo do copo.

Tabuleiro de OUIJA
  • Nunca jogue sozinho. São necessários no mínimo dois jogadores.
  • Nunca permita que os espíritos levem o ponteiro para as extremidades do tabuleiro de forma que possam sair dele dessa forma. É assim que ocorre a possessão.
  • Se o ponteiro se mover para os quatro cantos do tabuleiro significa que o espírito contatado é mau.
  • Caso se esteja jogando em uma mesa ou local aonde o tabuleiro fique elevado: se o ponteiro cair no chão, o espírito foi perdido.
  • Se o ponteiro apontar o número oito repetidamente, um espírito mau está no controle do tabuleiro.

  • O tabuleiro deve ser fechado corretamente após a sessão, ou o espírito pode se rebelar e assombrar os usuários.

  • Nunca use o tabuleiro de Ouija quando estiver doente ou enfraquecido, tendo em vista que estas situações o mantém vulnerável à possessão.

  • Não fazer do uso do tabuleiro de Ouija uma rotina. Os espíritos às vezes cativam o jogador a ponto de que o contato se torne um vício.

  • Os espíritos contatados através do tabuleiro tentarão ganhar sua confiança através de mentiras. Por exemplo: um mau espírito pode alegar ser bom, assim ganhando sua confiança e lhe trazendo mal posteriormente.
  • Procure manter contato sempre de forma respeitosa e só convide para proceder seções pessoas confiáveis, seguras e que o farão seriamente. Nunca irrite o espírito ou lhe faça perguntas com ironia.
  • Antes de sair ou mesmo de entrar em uma seção, peça a permissão do espírito. Caso contrário, se está sujeito à possessão pelo mesmo.
  • Nunca use o Ouija em cemitérios ou locais aonde houveram mortes brutais. Isto pode trazer maus espíritos para o tabuleiro.

  • Às vezes, um mau espírito pode habitar permanentemente um tabuleiro. Quando isso ocorrer, não se poderá manter contato com outros espíritos além dele até que ele decida sair.
  • Se seu ponteiro for de vidro, você deve limpá-lo antes e depois de cada seção, de forma que nenhum espírito possa entrar ali. Para isso, passe-o sobre uma vela acesa.
  • Tabuleiros de Ouija que são jogados fora incorretamente libertam diversos espíritos que voltarão para assombrar seu dono.

  • Nunca empreste seu tabuleiro a ninguém. Use-o com exclusividade. Se necessário, faça seu próprio e recomende aos colegas que pedem que você o empreste façam o mesmo.
  • Nunca queime um tabuleiro de Ouija. Se o fizer, haverá uma manifestação da tábua. Pode ser um som desconhecido ou a aparição de algum espírito. Depois que você presenciar a manifestação, terá menos de trinta e seis horas de vida.
  • Há apenas uma forma correta de se desfazer de uma tábua de Ouija. Primeiro quebre-a em sete pedaços. Depois, jogue sobre ela água benta e finalmente a queime.
  • Se você puser junto do tabuleiro uma moeda de prata pura, espíritos maus serão incapazes de manter contato.

  • Nunca deixe o ponteiro sozinho sobre a tábua se não estiver a utilizando. Se o espírito levá-lo para fora do tabuleiro, estará liberto.
  • Às vezes maus espíritos pedirão às garotas para fazerem gestos ou executarem ações obscenas. Ignore-os. Os demais participantes jamais devem rir ou irritar-se nestas situações.

O que não perguntar em uma seção de Ouija:

  • Evite perguntar sobre Deus ou o que se refere a sua religião.
-->

JOGO DO COPO PODE CONDUZIR À MORTE (relato)

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

Jovens tentam suicídio depois de praticar o Jogo do Copo

Devido ao enorme interesse sobre o assunto, resolvemos publicar uma matéria especial sobre um grupo de jovens que tentou suicídio após praticar o jogo do copo. Essa matéria nos foi enviada por uma usuária do site e serve para alertar mais uma vez que não se deve considerar a prática do jogo do copo como uma brincadeira.

Recebemos dezenas de pedidos e informações sobre como adquirir o jogo do copo. Exatamente por isso divulgamos essa história, pois mesmo que não haja nenhum espírito na mesa, o estado psicológico de uma pessoa assustada pode causar sérios distúrbios a sua integridade física.

Portanto, mais uma vez alertamos: NÃO BRINQUEM COM FORÇAS DESCONHECIDAS. Se elas existem, deixem elas quietas e se não existem, prá que procurá-las?

Apocalipse2000

Tabuleiro de OUIJA JOGO DO COPO PODE CONDUZIR À MORTE
As associações espiritas estão preocupadas com a prática do 'Jogo do copo' por jovens sem preparação e alertam para a sua perigosidade, pois há centenas de relatos de adolescentes perturbados com o desafio, alguns dos quais tentaram o suicídio ou recorreram a tratamento médico.

O jogo, que parece simples e inofensivo, baseia-se num copo que se move em direcção às letras de um abecedário colocado em cima de uma mesa e forma palavras em resposta às perguntas dos jogadores.

Sofia, de 15 anos, fez uma sessão para falar com os espíritos e assim tentar saber notícias do primo falecido num desastre de moto. Juntou-se com uns amigos e ao perguntar quem estava presente, a resposta foi: "Satanás". Ficou assustadíssima. Vera, de 17 anos, mostra-se confusa com o resultado, pois acha que falou com espíritos "bons e maus" e um deles "disse--lhe" para não se rir durante a sessão.

Daniela conta que está "obcecada" e quando tem um "furo" na escola vai jogar com alguns amigos, mas tem receio e dúvidas se lhe pode acontecer alguma coisa de mal.

Outra jovem relata uma sessão com uma amiga que tinha perdido a mãe e num dos dias um dos espíritos anunciou ser sua mãe e levou-a a revoltar-se contra o pai, tendo de recorrer a um psicólogo. Devido a uma sessão, uma adolescente passou a sofrer de pânico, faltava às aulas e um dia tomou uma caixa inteira de comprimidos, sendo assistida no hospital.

À partida, parece absurdo que um copo virado para baixo, apenas com a ajuda da energia de cada um, colocando o dedo indicador na borda, possa deslocar-se sozinho na direcção das letras e formar frases que respondem às perguntas, mas é nisso mesmo que acreditam os jovens que praticam o 'Jogo do copo'.

O jogo "pode ter graves consequências", alerta a Associação de Divulgadores de Espiritismo de Portugal (ADEP), com sede nas Caldas da Rainha, que tem recebido no seu sítio na Internet inúmeras mensagens sobre a experiência.

José Lucas, da ADEP, esclarece que não se trata de uma sessão espírita, mas de um "meio de comunicação com o mundo espiritual, onde é usado um copo como "guia" e um conjunto de letras e algarismos. O mal está no seu uso por pessoas impreparadas e apenas para satisfação de curiosidades", podendo tornar-se perigoso, pois "a pessoa corre perigo de obsessão espiritual. Sendo uma prática sem objectivos nobres são os espíritos inferiores e por vezes obstinados no mal que se apresentam, pois os espíritos bons e nobres não perdem tempo com futilidades".

José Lucas disse conhecer "variadíssimos casos de obsessão espiritual de pessoas que brincaram com o assunto sem terem preparação e demoraram muito tempo a libertar-se". Há também relatos de jovens com problemas psiquiátricos. Em Inglaterra, o jogo inspirou um filme de terror intitulado 'O jogo dos espíritos' e no Brasil deu origem à publicação do livro 'Copos que andam'. A curiosidade começou nas escolas, tornou-se 'moda' e muitos são os que se questionam se serão os "copos que andam" apenas uma "ingénua" brincadeira.

EXPERIÊNCIAS MAL SUCEDIDAS

Em Portugal, à semelhança do que acontece noutros países, existem centenas de relatos de experiências mal sucedidas com o 'Jogo do copo' e descrições de jovens com problemas psiquiátricos devido a este desafio chegaram também à Associação Cultural Espírita (ACE), com sede nas Caldas da Rainha.

Ana Oliveira, presidente da ACE, reconheceu que "muitas vezes os espíritos que se manifestam são brincalhões e provocam problemas aos jovens". "O objectivo dos jovens é terem certeza de que há comunicabilidade com os espíritos, acham engraçado o copo mexer-se, ir direito às letras e formar frases, só que às vezes fazem perguntas sobre as famílias e ficam transtornados com as respostas. Por exemplo, recebem respostas de que um amigo vai morrer e às vezes as coisas acontecem e eles ficam com medo e em pânico", explicou a responsável da ACE, adiantando: "No espiritismo nós nunca fazemos perguntas aos espíritos".

"O que parecia ser um simples e inofensivo jogo já teve consequências graves, com os jovens perturbados a terem de recorrer a psiquiatras", adiantou a presidente da Associação Cultural Espírita.

ENERGIA E POUCO ATRITO AJUDAM

A transferência de energia entre os jogadores pode justificar o movimento do copo. Não haverá uma explicação cientificamente provada para o fenómeno, mas há especialistas que sustentam que basta estudar a Física, pois o copo move-se sobretudo em superfícies lisas. Há também quem explique que o copo causa pouco atrito e isso faz com que se desloque, sugerindo a quem não acredite que o tente fazer em materiais como alumínio, ferro ou azulejo.

Fonte: Correio da Manhã - Portugal
A página não está mais disponível no site, mas pode ser acessada via Web Archive

Mais uma vez queremos lembrar que brincadeiras com forças desconhecidas podem ser maléficas a nossa vida e nosso espírito. Como todo tipo de força sobrenatural, não temos idéia do poder com o qual estamos lidando. A melhor coisa a se fazer é ter fé em sua crença e religião e deixar que os espíritos descansem em paz.
-->

A capela dos ossos

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

A capela dos ossos

Foto de um crânio preso a um pilar na Capela dos Ossos Imagine entrar em recinto e se deparar com a ossada de mais de cinco mil pessoas. Ossadas essas que revestem a parede e decoram o teto do ambiente. Crânios de pessoas que morreram na região vigiam aqueles que visitam esse local. Parece estranho? Mais estranho ainda é descobrir que esse lugar e uma capela. Seja bem-vindo a Capela dos Ossos.

A Capela dos Ossos é um dos sete complexos religiosos espalhados pelo mundo decorado com ossos humanos. Ela está localizada em um anexo da Igreja de São Francisco, em Évora, Portugal. Foi construida no século XVII por três monges, com o objetivo de mostrar as pessoas o quão passageira é a vida, e que todos somos iguais depois da morte. A inscrição na entrada "Nós ossos que aqui estamos pelos vossos esperamos" exprime o objetivo de uma obra tão exótica.

A capela não é grande. Seu interior é formado por 3 naves de mais de 18 metros de comprimento e 11 de largura. Mas seus números relacionados a sua construção são assustadores: Calcula-se que lá dentro estão os ossos de mais de cinco mil pessoas decorando as paredes, pilares e o teto da capela.

Além de transmitir a mensagem de que a morte é inevitável para todos, suspeita-se que a construção da capela tenha sido motivada pela falta de cemitérios, e como era comum que nobres tivessem sua sepultura dentro de igrejas, para que ficassem mais próximos de Deus depois da morte, acredita-se que essa foi uma forma de aproximar as demais pessoas do paraíso.

Existem somente dois corpos inteiros expostos na capela: O de um homem e de uma criança. Diz a lenda que ambos, pai e filho, espancavam a mãe e quando morreram tiveram seus corpos expostos na capela como forma de punição por seus atos.

Visitamos a capela

Estivemos em Évora para visitar a Capela dos Ossos. Realmente, é um lugar que causa sensações controversas. Por um lado o medo de entrar em um ambiente coberto de ossos humanos, com crânios que parecem estar vigiando os visitantes. Por outro , a mensagem de que a morte é inevitável, e que somos todos iguais é muito forte.

Logo na entrada, a inscrição "Nós ossos que aqui estamos pelos vossos esperamos" nos recepciona com um tom sombrio. O ambiente é escuro, iluminado por duas pequenas janelas. Toda a história é contada em placas espalhadas pela capela, para que possamos entender um pouco mais sobre essa obra tão bela e sombria.

Veja mais fotos da nossa visita a Capela dos Ossos

Foto da entrada da Capela dos Ossos

Foto da parede coberta de ossos

Foto do detalhe do teto, decorado com crânios

Foto do detalhe de um pilar, decorado com crânios
-->

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

Recent Posts

Postagens populares

Minha lista de blogs