pesquisa magos da luz

Pesquisa personalizada
-------------------

29 de jul de 2009

oração para o amor

RAÇÃO MILAGROSA ORAÇÃO FORTE PARA AMARRAR ALGUEM (SIMPATIA INFALIVEL POREM NÃO SE PODE VOLTAR ATRÁS)
SALVE POMBA-GIRA,MARIA PADILHA, RAINHA DAS 7 ENCRUZIHADAS, FAZEI QUE RWV FIQUE COM OS PENSAMENTOS SEMPRE COMIGO. POMBA GIRA TRAZEI-ME PARA MIM RWV ASSIM COMO O GALO CANTA, O BURRO RINCHA, O SINO TOCA, A CABRA BERRA, ASSIM TU HAS DE ANDAR ATRÁS DE MIM E RWV. ASSIM COMO O SOL APARECE, A CHUVA CAI, FAZEI SER DOMINADO POR MIM, PRESO DEBAIXO DO MEU PÉ ESQUERDO. COM DOIS OLHOS TE VEJO,COM TRÊS EU TE PRENDO COM MEU ANJO DA GUARDA PEÇO QUE RWV, SINTA, ANDE ATRÁS DE MIM COMO UMA COBRA RASTEJANTE,QUE ME AME LOUCAMENTE, QUE TENHA DESEJOS SÓ POR MIM, QUE NÃO CONSIGA OLHARCOM OLHOS DE DESEJO PARA NENHUMA OUTRA MULHER, QUE NÃO SEJA EU, QUE ATENDA TODAS AS MINHAS VONTADES, QUE NUNCA ME FAÇA SOFRER, QUE DURMA E ACORDE PENSANDO EM MIM E QUE SEMPRE ME TENHA EM SEU PENSAMENTO, QUE NÃO CONSIGA VIVER SEM MIM E QUE SEUS PENSAMENTOS E DESEJOS SEJAM SEMPRE VOLTADOS´PARA MIM,QUE ELE SEJA CARINHOSO, ROMANTICO, COMIGO,QUE ASSIM SEJA. PELO PDER DE SÃO CIPRIANO,ASSIM SEJA RWV VAI VIR ATRÁS DE MIM,RASTEJANDO HUMILDE,E MANSO PARA QUE POSSAMOS TER BOM CONVIVIO E ASSIM SERMOS FELIZES. PEÇO A SÃO CIPRIANO QUE ELE ME PROCURE HOJE AINDA,PEÇO ISTO AO PODER DAS TRÊS ALMAS PRETAS QUE VIGIAM SÃO CIPRIANO,ASSIM SEJA QUE RWV,QUE OS INIMIGOSNÃO NOS VEJAM,ASSIM SEJA.Ó MARIA PADILHA MINHA RAINHA,ATENDEI O MEU PEDIDO.
QUANDO ACABAR DE LER PUBLIQUE ESTA ORAÇÃO E TERÁS UMA SURPRESA.
OBRIGADO MINHA RAINHA

Oração a São Cipriano pra trazer o amor de volta

Oração a São Cipriano pra trazer o amor de volta
Oração forte e poderosa...infalível.

Pelos poderes de São Cipriano, o M.D.Q virá agora, atrás de mim, T.M.F. M.D.Q vai vir de rastos, apaixonado, cheio de amor e tesão para me pedir em casamento o mais rápido possível. SÃO CIPRIANO, terei esse poder, que ele deixe de vez todas as outras pessoas e assuma para todos o que sente por mim. SÃO CIPRIANO, afaste dele qualquer mulher, que M.D.Q me procure a todo momento, HOJE e AGORA, desejando estar ao meu lado, que ele tenha a certeza que eu sou a mulher perfeita para ele, que A. não possa mais viver sem mim. E que o M.D.Q sempre tenha a minha imagem em seu pensamento todos os momentos.

AGORA, COM QUEM ESTIVER, AONDE estiver, ele irá parar, porque o pensamento dele está em mim. E ao deitar que tenha sonhos comigo e ao acordar pense em mim e me deseje, ao comer pense em mim, ao andar pense em mim, a todo o momento dos seus dias tenha o pensamento em mim, que queira me ver, sentir meu cheiro, me tocar com amor, que M.D.Q queira abraçar-me, beijar-me, cuidar de mim, proteger-me, amar-me nas 24 horas de todos os seus dias, fazendo assim com que me ame a cada dia mais e que sinta prazer somente por ouvir a minha voz.

São Cipriano faça M.D.Q sentir por mim um desejo fora do normal como nunca sentiu por outra e nunca sentirá. Que tenha prazer apenas comigo, que tenha tesão somente por mim, e que seu corpo só a mim pertença, que só tenha paz se estiver bem comigo, T.M.F. Agradeço por estar trabalhando em meu favor e vou divulgar SEU, nome São Cipriano, em troca de amansar M.D.Q e trazê-lo apaixonado, carinhoso, devotado, dedicado, fiel, e cheio de desejo aos meus braços agora, para que assuma o nosso amor, e se case comigo o mais rápido possível. Peço isso aos poderes de SÃO CIPRIANO.

Passe essa mensagem para três altares diferentes e rapidamente terás uma surpresa

24 de jul de 2009

Como anda seu poder de Sedução?

Nunca, como nos dias de hoje, foi tão importante estimularmos e exercitarmos o nosso poder de sedução. Palavra encantadora que independente do Dia dos Namorados, logo nos faz pensar em cenas românticas, dignas de grandes conquistas amorosas. Embora o objetivo implícito seja o de conquistar pessoas, na verdade é justo pensar que seduzir alguém é antes de mais nada conquistar sua atenção e admiração. Para algumas pessoas pode parecer fácil. Já para outras, não é tão simples assim. Falta habilidade ou mesmo disposição e cuidado no trato com as pessoas. No entanto, uma coisa é certa: nosso comportamento no momento da apresentação e principalmente da abordagem, qualquer que seja o tamanho da conquista, determina nosso sucesso ou fracasso.



Todos nós sem exceção, somos sedutores/vendedores de plantão e devemos nos comportar como tal. Sempre estamos a vender muito mais que apenas a nossa imagem, na verdade, convencemos (seduzimos) "pelo conjunto da obra", pelo trinômio: imagem, pensamentos e atitudes. Que devem ser coerentes. Algo como aliar o discurso a pratica.

Quanto melhor for a qualidade da nossa abordagem, maior será nosso poder de persuasão. Como exemplo simples está a diferença entre chefes e líderes: Os chefes, normalmente impõe o respeito e administram pelo medo. Já os líderes conquistam o respeito e admiração dos colaboradores, conseguindo dessa forma extrair o melhor de cada um deles. O que é isso senão o pleno exercício da sedução e da persuasão?

A vida moderna com toda a sua pressa e agitação nos fez ficar sensíveis apenas a mensagens que de fato nos interessem. Ficamos cada vez mais sem tempo para abordagens fracas e sem conteúdo. É só lembrar do rapaz em um barzinho que chega até a garota e pergunta meio sem jeito: "Você vem sempre aqui?" Esta Abordagem, dificilmente terá êxito, mesmo que a curiosidade seja sincera.

Durante 24 horas do dia, somos bombardeados por mensagens que procuram nos seduzir, nos conquistar. Pense no quanto o nível da publicidade veiculada na mídia melhorou nos últimos anos. Por quê? Porque nós só damos atenção aquilo que nos encantar, enfim nos convencer de que vale a pena. A atenção (audiência) e o tempo da pessoa (ou grupo de pessoas) que se pretende conquistar (seduzir) são preciosos e devem ser tratados como tal.

Por vezes os departamentos de marketing das empresas gastam horas em reuniões com sua agência de publicidade discutindo estratégias de comunicação, em busca da apresentação e abordagem que julgam mais adequada. Lançada a campanha e após algum tempo constatado o fracasso nos resultados, gasta-se mais um tempão para se chegar à conclusão de que o erro foi o mais básico de todos: as decisões foram tomadas sem considerar o ponto de vista daquele que é o mais importante: o cliente.

Pesquisas de mercado e perfil do consumidor (imprescindíveis), podem até ditar diretrizes, mas não são capazes de produzir ou revelar o melhor discurso. Os dados não dão o toque mágico necessário ao apaixonante exercício da sedução.

Devemos desenvolver a percepção de que não basta dizer o que queremos dizer. É fundamental procurarmos saber e entender o que as pessoas esperam de nós ou de nossas empresas. O importante é o que elas querem ouvir e não apenas o que temos a dizer. Devemos procurar focar o discurso no benefício e não em nós mesmos ou em nosso produto/serviço.

Com um pouco mais de atenção, conseguiremos "enxergar" as necessidades e expectativas que motivam as pessoas a determinados comportamentos. Ninguém ou nenhuma empresa pode querer conquistar alguém sem antes procurar refletir e entender seu ponto de vista.

Nestes dias, onde o romance está "no ar", se você ou sua empresa quiserem conquistar alguém, talvez seja interessante que todos assistam antes ao filme Don Juan de Marco. E se você já assistiu, então não custa nada ver o filme de novo mas com outros olhos.... os olhos do Don Juan.

23 de jul de 2009

ama e so 1 vez.,sera

Questão: Gostaria que fosse feito um comentario em relação a três assuntos: paixão, amor e amores. Como isso acontece na vida de uma pessoa: Um ser humano é capaz de amar mais de uma vez?

Muitas coisas são capazes de fazer detonar uma paixão, pode ser um jeito de sorrir ou de falar ou até de calar do outro que primeiro a gente olha, depois a gente gosta do que olha e então a gente quer muito o que olha. A paixão nos faz ficar rente ao descontrole, incendiário(a) e pleno(a) de adrenalina, pronto(a) para um ato heróico onde não é preciso, adolescendo quixotescamente em confrontos com moinhos de vento... Impossível dormir, impossível comer, impossível respirar sem a voz, a lembrança a presença do outro.

Feliz ou infelizmente estórias como esta têm duração relativamente curta, poucas vão além das sensações avassaladoras, principalmente porque na maioria das vezes estamos nos espelhando no outro e uma hora isto cessa. O que isto quer dizer? Significa que aquelas qualidades estonteantes que o outro parece ter estão sendo muitas vezes criadas por nós, não são necessariamente reais já que os príncipes encantados nem sequer resistem mais a um terceiro ou quarto capítulo de novela...

Espelho no outro possibilidades que talvez sejam minhas, qualidades que gostaria de desenvolver ou encontrar em alguém que me remetam a um ideal de vida feliz e quando finalmente me deparo com a realidade... a decepção é inevitável.

Em alguns casos, quando o mito (do príncipe encantado) morre, o amor pode acontecer desde que a paixão tenha dado espaço para tanto. Se adolescente demais, a paixão numa fase um pouco mais madura da vida, quando termina, deixa uma sensação de nudez desconfortável, às vezes mesmo incontornável.Já o amor é menos arroubado, romântico sim, mas menos impulsivo e mais compreensivo, deixa sempre um pouco mais de espaço, é menos ciumento e se importa muito mais com a felicidade que possa proporcionar ao ser amado do que em receber recompensas.

A paixão necessita manter-se acesa quando o amor é a própria luz. Durante uma vida teremos várias paixões, se tivermos sorte um amor e se tivermos muita sorte poderemos até encontrar um grande amor, mas é preciso semearmos o solo de nossa existência de forma positiva para termos boa colheita.

Precisamos conhecer qual é nosso lugar no mundo ao invés de tomarmos o lugar de alguma personagem qualquer que acreditamos ser e resolvemos adotar porque personagens têm como parceiros personagens que fingem ser quem não são.

Acredito que quando andamos na vida sem medo do azar podemos amar muitas vezes e amar significa continuar querendo bem mesmo que em algum momento seja necessário romper, romper pode muitas vezes ser um ato de profundo amor embora as aparências digam que não.

voce é refem dos seus relacionamentos ?

Temos por hábito achar que abusos entre parceiros ocorrem apenas fisicamente, no entanto os abusos emocionais são mais freqüentes do que se imagina e muitas vezes são confundidos por ciúmes ou possessividade apenas, emoções relativamente aceitáveis num relacionamento. O abuso emocional não identificado pode literalmente destruir pessoas, levando-as a depressão, alcoolismo, abuso de drogas e às vezes até mesmo ao suicídio.

Quando um parceiro nega ao outro a chance de conversar sobre alguma coisa que o incomoda ou quando é subestimado, humilhado ou ridicularizado ao expor uma opinião, as chances de se tornar uma vítima de abuso emocional são grandes e aos poucos a auto-estima vai sendo minada até que seja sorrateiramente subtraído do convívio de amigos e família, talvez mesmo alijado da administração de seus recursos materiais contraindo muitas vezes dívidas e responsabilidades que não suas.

Nem sempre é simples detectar um “abusador”e mais difícil ainda é se ver livre dele porque em geral são pessoas muito envolventes.As formas de abuso variam em grau, mas a prática é sempre perversa e quanto mais cedo identificada tanto melhor.

Numa situação de abuso as emoções são sempre levadas a extremos, de forma a criar dúvidas e insegurança, confundindo a pessoa que muitas vezes a fim de evitar uma discussão maior e de conseqüências imprevisíveis é impelida a manter relações sexuais a força, se sentindo cada vez mais emboscada numa relação que não consegue administrar. Aos poucos com a auto-estima minada se torna refém emocional de um relacionamento truculento e desajustado, sem forças para qualquer questionamento. A partir daí, numa escalada, diversas formas de abuso vão fazer as vezes de relacionamento: amor > agressão > conciliação > agressão... Uma vez vítima desse tipo de comportamento, a pessoa se torna presa fácil e absolutamente indefesa.

De acordo com pesquisas sobre o assunto, os “abusadores emocionais” são pessoas que sofreram abuso verbal ou físico, ou estiveram próximos de quem sofria quando crianças. Geralmente têm pavio curto não suportando qualquer tipo de frustração. Frequentemente possessivos e ciumentos se relacionam sempre de forma a subjugar o outro, têm baixa auto-estima e esperam sempre que o parceiro mude seu estilo de vida de forma a acomodar suas expectativas. Muitas vezes são descritos como pessoas de dupla personalidade, num momento sendo encantadores e no próximo frios, calculistas e cruéis.
Muitas vezes, apesar de nos vários setores de sua vida uma pessoa se desenvolver bem e com relativa segurança, nem sempre seu emocional segue pelo mesmo caminho e infelizmente, ninguém melhor do que o “abusador” para perceber uma vítima potencial à distância.

20 de jul de 2009

veja como seu corpo se comunica com voce

Abdome -> Gordura --> O ventre está localizado no centro de equilíbrio de nosso corpo, onde estão os órgãos geradores e controladores da eliminação das toxinas: intestinos, bexiga e útero. O abdome simboliza o equilíbrio e a harmonia. Se há descontentamento, críticas ou revolta contra alguém ou alguma situação, acabam surgindo gordura e doenças nesse local. Toda mente rebelde e teimosa, aparentemente passiva ao extremo, que não acolhe com gratidão as pessoas e as coisas e não liberta a vida, provoca o desequilíbrio estético na região abdominal.

Braço -> Gordura --> Braços simbolizam suas conquistas, suas ambições, seus afetos, a busca do amor e do trabalho realizador. Problemas nesta área simbolizam frustração em relação às ambições, realizações e conquistas, limitadas por alguém ou alguma situação/ raiva por não ter conquistado algo ou alguém, ou de não estar se realizando em algum trabalho.

Cintura --> Os pneus nesta área denunciam pessoas de comportamento negligente, relapsas no sentido psíquico e espiritual, que não encontram equilíbrio nas suas emoções agindo, muitas vezes, com agressividade ou prepotência para protegerem sua individualidade. Simbolizam também o excesso de contrariedade que você acumula e de que não se desapega.

Culote -> Gordura --> Simbolizam o pai e todo relacionamento amoroso e quando ocorrem conflitos, mágoas, ressentimentos, aparecem os culotes.

Glúteos --> Os músculos dos glúteos representam o poder de tomar as próprias decisões, de ter coragem e determinação para caminhar com as próprias pernas sem depender emocional e financeiramente de ninguém. Nádegas murchas ou caídas simbolizam o medo inconsciente da solidão e de perder o controle, demonstrando o quanto se está vivendo sob a influência de terceiros, muitas vezes abrindo mão de seus prazeres pessoais. Nádegas grandes demonstram poder de decisão, pessoas que sentem mais os prazeres físicos, não aceitam ser comandadas nem controladas, gostam de mandar, muitas vezes são autoritárias.

Obesidade/ Gordura Localizada --> forma inconsciente de proteção contra problemas externos, um casulo no qual se esconde os medos, aborrecimentos, perdas, raivas, mágoas e inseguranças. É o mecanismo de defesa que o inconsciente cria para proteger-se daquilo com que o consciente não sabe lidar. A gordura localizada, dependendo de que região está, tem um significado específico (veja outros itens nessa relação de problemas estéticos).

Panturrilha --> a perna simboliza a impulsão para o futuro e é o músculo da panturrilha (gastrocnêmio) que impulsiona a coxa e, consequentemente, o corpo para a frente. Panturrilha fina indica que a pessoa não tem impulsão própria para seus ideais, falta-lhe determinação e coragem para, sozinha, ir em busca de seus sonhos. Panturrilhas tonificadas simbolizam pessoa ativa, autoconfiante, dona de suas próprias opiniões e desejos.

Papeira debaixo do queixo --> pessoas que odeiam críticas e sentem-se carentes e agressivas quando lhe apontam algum defeito. Quanto mais reagem às críticas, mais sua papeira aumenta.

Peitos e Mamas (Flacidez) --> Toda flacidez simboliza a falta de iniciativa e força de vontade para vencer. O peitoral e as mamas expressam a coragem, a ousadia, a força interior. Se há gordura localizada nos músculos peitorais e flacidez nas mamas, isso significa que a pessoa está guardando ressentimentos e que desistiu de lutar pelos seus objetivos, por sentir-se oprimida ou por acreditar que não pode mudar o destino.

Mamas (Tamanho) --> Quando as mamas são pequenas, isso denota uma mulher Yang, ou seja, que não admite autoridade sobre ela e que repudia a idéia de ficar presa ou ser comandada por alguém ou alguma situação. Quando as mamas são grandes, a mulher é Yin, ou seja, tem tendência a anular-se devido a um instinto maternal exagerado.

Quadris e Ombros --> Quadris largos simbolizam princípio feminino predominante, ou seja, são pessoas sensíveis, que se magoam com facilidade, porém revelam-se ótimas para cuidar do lar e dos filhos. Ombros largos representam coragem para enfrentar as adversidades da vida. Ombros estreitos indicam ausência de ousadia e coragem, geralmente pessoas que se colocam em posição de vítimas, acusando outras pessoas pelos seus fracassos na vida.

17 de jul de 2009

Ponto cego

Matérias
Ponto cego
categoria: Autoconhecimento
08/07/2009 - por Miriam Cristina


Nosso olhar é limitado, pois existe um “ponto cego”, isto é “um fenômeno da visão que nos impede de enxergar determinados objetos, há uma mancha no campo visual em que os objetos não são vistos. Apesar de o olho ser o órgão responsável pela visão, possui uma zona de não visão”.

Em nossas vidas, a “não visão”, se apresenta sob os mais diferentes tipos de “cegueiras”, sejam elas mentais ou espirituais, são aqueles pontos que não conseguimos ver em nós, que nos impede de enxergar realmente quem somos, temos uma visão distorcida, pois como não podemos enxergar o todo, ficamos com uma visão parcial de quem somos, o que nos leva muitas vezes a tristeza, a relacionamentos insatisfatórios, a comportamentos destrutivos, a insatisfação conosco, a depressão.

Mas é possível ultrapassar esse “ponto” cego “? Segundo um adágio popular, o” olhar é a janela da “alma”, isto é ele reflete o que carregamos dentro de nós, nossos sentimentos e paixões aqui entendidas, como a ira, a inveja, ódio, etc., isto é dizer que o olhar reflete o que vai dentro de nós, ao mesmo tempo em que ele exterioriza o que vai dentro, ele também interioriza o que está fora de si.

Podemos concordar em parte, e dizer que ele o olhar, é também a “porta da alma”, poder-se-ia por analogia dizer, que aquilo que entra pela janela é o ladrão, pois o dono da casa entra pela porta, assim eles podem entrar através dos nossos 05 sentidos (olfato, paladar, tato, visão e audição), ou 06 se considerarmos a mente como mais um deles, são “ladrões”, pois entram por vias laterais, e não pela a porta principal e nos roubam o “olhar correto”.

Mas o que seria essa porta de entrada? A porta seria aquele ponto que liga nosso mental ao espiritual, ou seja, é o elo de ligação do homem entre a terra e o céu, o ponto de equilíbrio, a fonte de onde emana nossa natureza sagrada. Está presente, em todas as religiões, filosofias espirituais, no ocultismo e na yoga, é muito conhecido por terceira visão, o olho que tudo vê, ou mais precisamente o “olho espiritual”. Onde ela se localiza? No chacra frontal, isto é fica no meio do cérebro, na altura dos olhos. Quem seria o dono da casa? O dono da casa é nossa “alma”, nossa essência.

Para Descartes, esta “porta”, isto é a ligação da alma ao corpo, é a glândula pineal, isto é, a epífise, conhecida como a glândula secreta, onde se encontra a sede da alma. Descartes separou, a alma e corpo, para ele a essência da alma é pensar, a do corpo é ser um objeto no espaço. E no entanto, o pensamento está preso a esse fragmento de extensão. A alma age sobre o corpo e este age sobre ela.

Através de práticas como meditação, yoga, orações, filosofia, religião, astrologia, tarô, etc. vamos desenvolvendo nossa percepção, abrindo portais, refinando nossa alma, ampliando nosso estado de consciência, estas podem nos levar a ver o “mundo exterior” com mais clareza e, deixar entrar em nosso “mundo interior” aquilo que realmente é relevante e verdadeiro, e não o que é falso e superficial, que só ocupa nosso tempo e energia, e as vezes destrói nossa maiores esperanças.

Dizer ponto cego é dizer que, talvez essa imperfeição, esse fenômeno que ocorre em nossa visão, seja somente um pretexto, para que o homem busque o olhar correto, isto é retorne a fonte, volte a origem, através da porta da alma. Por que nossa visão pode ser cega, mas nossa alma não.

Miriam Cristina
Filósofa
miriamzarst@yahoo.com.br

As suas emoções estão sob controle?

As suas emoções estão sob controle?
Você se pega reagindo a situações na vida de maneira contrária ao seu modo habitual de pensar? Os fatores externos afetam o seu humor? Ou quem sabe você tem a capacidade de controlar as suas emoções, mantendo uma aparência calma e despreocupada, apesar da tempestade rugindo ao seu redor.
Faça o teste!
As suas emoções estão sob controle?

Responda estas questões o mais sincero possível. Se você achar que mais que uma resposta pode ser aplicada a você, tente apenas selecionar aquela que mais você se identifica.

Acha que os outros dizem que o consideram muito equilibrado?
Sim
Não
Às vezes
Gosta de Planejar o tempo livre para saber o que vai fazer?
Sim
Não
Às vezes
Às vezes gostaria de experimentar os altos e baixos emocionais que os outros parecem ter?
Sim
Não
Às vezes
Tenta não pensar muito nas suas emoções?
Sim
Não
Às vezes
Acha difícil perder a calma?
Sim
Não
Às vezes
Sente-se no controle da sua vida?
Sim
Não
Às vezes
Gostaria que as pessoas mantivessem as emoções sob controle?
Sim
Não
Às vezes
Acha que as pessoas procuram você em momentos de crise?
Sim
Não
Às vezes
É acusado de ser emocionalmente frio ou reprimido?
Sim
Não
Às vezes
Geralmente se sente calmo e relaxado?
Sim
Não
Às vezes


7 de jul de 2009

ciumes e prova de amor ? o que voce acha


O Ciúme é prova de amor? Na realidade não é. Não há relação entre a intensidade sentimental e a intensidade do ciúme. Existem algumas pessoas que até amam pouco, amam mal, são os tipos mais egoístas, mais estourados, os mais inseguros, mais incompetentes em relação à tolerância a frustração, costumam ser as pessoas menos confiáveis, e curiosamente, são os mais ciumentos.

Então parece que eles assumem ou supõem que seu parceiro vai agir ou vai funcionar da mesma maneira que eles eventualmente poderiam fazer. Quer dizer, não confiam no discernimento, nos freios morais da pessoa com a qual eles estão se envolvendo.

Na realidade, existem dois tipos de ciúme, por isso que, talvez a palavra certa seja ciúmes. Existe um ciúme de natureza basicamente sexual, que é esse que tem relação com o medo de perder o parceiro para um outro parceiro sexual, ou seja, que o indivíduo possa ser trocado, ciúme que implica em risco de rejeição, implica, portanto em sofrimento muito grande e forte tendência controladora daquele que é o mais ciumento.
Ele tenta dominar, controlar, tentar saber tudo sobre o outro, às vezes com condicionamentos parecidos com o Sherlock Homes, e tentar controlar todas as variáveis e todas as nuances do comportamento do outro, mapear a sua vida e sua conduta, tentando evitar essa dor terrível que é a dor da rejeição e a humilhação de ser trocado. Que evidentemente é muito desagradável mesmo. Este é o ciúme claramente sexual.

Mas existe um outro, tão importante quanto esse, que é o ciúme sentimental. Aquele que se manifesta sem risco de perda, quer dizer, duas pessoas que tem uma relação afetiva muito intensa costumam ter ciúme, por exemplo, do próprio filho. Casais que se dão muito bem, às vezes tem dificuldade de lidar com o filho. Pois se um dos dois for mais apegado ao filho do que o outro, aquele que fica meio de fora da relação tão intensa pode se sentir enciumado, nestes triângulos sentimentais da infância é que se basearam as primeiras idéias de Freud para a constituição da própria psicanálise.
O ciúme sentimental não envolve risco de perda, o indivíduo pode morrer de ciúme de sua esposa, ou namorada com a mãe dela, com algum irmão muito querido, ou seja, sempre esse ciúme é em relação a algum outro individuo muito querido que definitivamente não tem com o risco de perda, mas a sensação de exclusão, de não ser em algum momento a figura numero um na vida do outro, todo individuo que é muito intensamente ligado sentimentalmente, sempre quer ser a prioridade, no mínimo o número um. Se pudesse, ser um, dois, três melhor, do quarto em diante tudo bem que existam outras pessoas, mas esse gosto de não ser excluído de jeito nenhum da prioridade da pessoa amada, acaba por definir assim um ciúme.

Mas é um ciúme que não envolve possessividade, só envolve desconforto, irritação, tristeza, revolta e muitas vezes algumas retaliações que tem que se manifestar sempre de forma sutil, pois o individuo não tem muita razão para manifestar ciúme. Como por exemplo, da moça com a mãe dela, e assim por diante. Mas o ciúme se manifesta da mesma maneira e às vezes de um modo muito intenso.

Então os ciúmes existem múltiplos, e não obrigatoriamente só com o risco de perder e não é prova de amor, e sim prova de insegurança ou de um tipo de exigência excessivamente exclusiva que se manifesta nas relações muito intensas.
Texto extraído do Programa do Gikovate

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Marcadores

Follow by Email

Recent Posts

Postagens populares

Minha lista de blogs